quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Seedorf, O Usain Bolt do Fogão


Seedorf comemora o seu gol contra o Figueirense com Antônio Carlos (Foto: Cristiano Andujar)

Seedorf, 36 anos, jogando no Orlando Scarpelli contra o Figueirense pelo Brasileirão, deu um tiro de mais de 50 metros pelo flanco esquerdo como se fosse um fundista deixando quatro “jovens” adversários pra trás antes de cruzar sobre a área do time catarinense. Isso aos 30 minutos do 2º Tempo quando o Botafogo já vencia o bravo Figueira por 2 a 0, placar construído na etapa inicial.

Ele próprio fez um dos gols da partida, escorando de chapa, de fora da área, com precisão, um rebote de bola proporcionado pelo goleiro Wilson. O outro, foi marcado pelo garoto Bruno Mendes, o novo xodó do Fogão.

Seedorf, apesar da idade, vem surpreendendo a todos pela excelência de sua técnica, pelos belos gols - já são sete desde que chegou ao Bota, e principalmente pelo vigor físico e disposição demonstrada em campo. O lance que resultou em gol nessa partida fez lembrar outro muito parecido ocorrido no jogo contra o Cruzeiro que deu origem ao gol de Jadson, o seu primeiro com a camisa alvinegra. O jovem volante botafoguenses aproveitou o cruzamento primoroso do nosso Camisa 10 após deixar Leandro Guerreiro, seu pretenso marcador, a ver navios. Seedorf, além dessa assistência cinematográfica ainda marcou dois gols na virada de 3 a 1 sobre a Raposa, no Independência e foi o destaque da rodada do Brasileirão.

Esse lance foi relembrado com risos por Antônio Carlos, que formou com Dória a zaga invicta e vitoriosa do Botafogo contra o Figueira. O zagueiro se mostrou admirado com a boa forma de Seedão. Veja o vídeo:





Paralelo aos acontecimentos da semana, o recordista mundial dos 100 metros rasos Usain Bolt visitou o Rio de Janeiro cumprindo agendada da Puma, sua patrocinadora de material esportivo, a mesma patrocinadora do Botafogo. O velocista visitou o Pão de Açúcar, o Cristo Redentor onde posou pra fotos, e o Engenhão, palco do atletismo das Olimpíadas de 2016, onde o atleta deverá defender seu título.

Em outra oportunidade o astro das pistas foi presenteado pelo clube alvinegro com uma camisa oficial com a inscrição 9.58 em homenagem ao recorde mundial que lhe pertence. O velocista já manifestou o desejo de um dia se tornar jogador de futebol, preferindo atuar como meia ofensivo, justamente a posição em que atua nosso astro Seedorf.

Enquanto isso não acontece, nada melhor do que aproveitar a oportunidade para  homenagear o ídolo Clarense Seedorf, o nosso velocista, recordista de disposição do Glorioso.

Por BotafogoDePrimeira