quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Loco, mas nem tanto



Segundo o blog De Prima/Lancenet, a chegada de Seedorf foi a principal razão para a saída de Loco Abreu do Botafogo. 

Recebendo R$ 220 mil, o uruguaio não se conformou ao ver o holandês Seedorf chegar ganhando mais do que o triplo do seu salário, quase R$ 700 mil. Por isso, foi para o Figueirense, com o Bota arcando com parte de seu salário.

A questão envolvendo a incompatibilidade do seu estilo de jogo e o esquema do treinador Oswaldo de Oliveira que chegava pra comandar o time na temporada 2012, versão utilizada pelo jogador pra justificar sua transferência para o time de Florianópolis, não foi comentado pelo blogueiro Bruno Braga, autor da matéria.

Ainda segundo o blog, a cúpula do Botafogo tem marcada uma reunião para semana que vem com o vice de futebol Francisco Fonseca para definir o planejamento do futebol para 2013. Como não poderia deixar de ser, estarão em pauta a permanência do técnico Oswaldo de Oliveira, e reforços, principalmente o de um centroavante, maior carência do time neste Brasileiro.

Fala-se na existência de negociações envolvendo o atacante Guilherme do Atlético Mineiro e Aloísio do Figueirense, no esquema troca-troca, além da confirmação de Bruno Mendes para a próxima temporada por empréstimo direto do Guarani, caso a justiça não dê parecer favorável a reativação da vinculação do atleta ao Macaé.

Quanto à permanência do técnico, notícias veiculadas na imprensa dão conta de que ele já concordou com os termos da renovação proposta pela direção do clube, faltando apenas a assinatura do contrato, apesar da rejeição manifestada por grande parte da torcida em relação ao treinador, tanto nos estádios como nas redes sociais.

Por BotafogoDePrimeira