sábado, 16 de fevereiro de 2013

Seedorf, O Exterminador volta a atacar


A saga continua e domingo é a vez do rubro-negro carioca


Clarence Seedorf começava em agosto do ano passado, contra o Atlético-GO, uma saga rumo ao título do Brasileirão o que naquela oportunidade parecia uma missão perfeitamente possível.

Foi nessa ocasião que criamos um evento para marcar a chegada do craque holandês ao Glorioso. A iniciativa deu tão certo que o título “Seedorf, O Exterminador de rubro-negro" rapidamente foi adotado pela galera para a criação de grupos de discussão no facebook por iniciativa de outros botafoguenses.

Para cumprir seus objetivos naquele campeonato, o Botafogo de Seedorf teria que passar por três adversários rubro-negros, em turno e returno, conforme programado na tabela.

Enfrentou o Atlético-GO e venceu por 2 a 1, de virada, mesmo jogando fora de seus domínios. Seedorf fez o seu 1o. gol com a camisa 10 do Botafogo. Foi um golaço de falta da entrada da área. O meia começava a mostrar o seu conhecido talento e um faro de gol aguçado que utilizaria ao longo do campeonato para se destacar a cada rodada. 

E veio o Sport Recife, no Engenhão. Melhor ambientado com o time, o meia repetiria a dose. Já no segundo tempo, com a vantagem no placar - gol de Elkeson, a estrela de Seedorf voltou a brilhar. Retomando uma bola na intermediaria, partiu decidido em direção ao gol e desferiu um golpe mortal contra o Leão, estabelecendo assim, o placar de 2 a 0 para o Fogão. 

Na sequência, chegou a vez do Urubu. Foi uma partida de muito equilíbrio e correria de lado a lado. Respeitou-se muito o adversário e nenhum dos lados se mostrou inspirado o bastante pra decidir a partida. O resultado só poderia ser um empate em 0 a 0.

Terminava assim o primeiro ciclo de adversários rubro-negros contra os quais Seedorf, O Exterminador levou grande vantagem. Foram duas vitórias e um empate sem gols. 

Iniciado o returno, era hora de receber o Dragão em nossa casa. Nessa altura do campeonato já não era mais possível ser campeão e as chances de vaga na Libertadores eram reduzidíssimas.

Conseguimos mais uma vitória contra o já rebaixado Atlético-GO, pelo placar de 4 a 0. Novamente Seedorf marcou. Foi dele o primeiro gol da partida concluindo de dentro da área uma bela trama do ataque alvinegro. A nota triste ficou por conta de uma fisgada na coxa que o tiraria de combate por duas rodadas. 

O jogador voltou como titular no jogo contra o Sport, na Ilha. Nessa ocasião, um tanto quanto desmotivado, o time não mostrou força suficiente  para buscar um melhor resultado e saiu derrotado. Acabavam ali, as últimas chances de jogar a Libertadores nessa temporada. O atacante Henrique, hoje no Bota, foi decisivo nessa partida. Entrou no segundo tempo, deu o passe para o primeiro gol e ainda deixou o seu, decretando o placar de 2 a 0 para o time da casa.

Chegou a vez do Flamengo. Novamente tivemos um clássico disputadíssimo, marcado por muita disposição e empenho dos rivais, que encerravam suas participações no Brasileirão. Pra variar, novo empate, mas dessa vez pelo placar de 2 a 2.

Liderado por Seedorf, que tinha o dobro da idade do estreante Sassá, o Botafogo era melhor em campo mesmo escalado com sete reservas. Porém, o primeiro tempo terminou com uma preocupação. Seedorf desceu para o vestiário sentindo um incômodo na coxa. Voltou para o segundo tempo, mas não aguentou nenhum minuto sendo substituído por Vítor Júnior. Ao deixar o campo muito emocionado, o meia foi ovacionado pela torcida, encerrando assim sua primeira (meia) temporada pelo Fogão.

Começando 2013, Seedorf fez uma preparação especial e só se integrou ao grupo uma semana depois da pré-temporada iniciada. Está readquirindo o ritmo aos poucos e certamente estará em campo nesse domingo para desempatar essa parada a seu favor.

Vontade não vai faltar a ele e ao grupo. O craque fez excelentes apresentações nas últimas duas partidas do campeonato, saindo de campo consagrado ao marcar os três gols da vitória alvinegra sobre o Macaé. Foi o melhor em campo e comandou o time na virada contra o Resende por 4 a 2, voltando a marcar.

Gols de Clarence Seedorf em 2012



É aguardar e ver como será o fim de semana do líder Botafogo e de Seedorf, O exterminador de rubro-negros.