terça-feira, 26 de março de 2013

PARABÉNS, LUCAS!


Hoje é aniversário do lateral-direito Lucas, autor do gol do título da Taça Guanabara 2013. O jogador está completando 25 anos



Revelado pelo Figueirense, Lucas teve ótimas atuações e foi um dos destaques do time catarinense que conseguiu o acesso à Série A em 2010. Em 2011, o promissor lateral-direito foi contratado pelo Botafogo, no qual se consolidou como titular.

Lucas foi convocado pelo treinador Mano Menezes para a disputa dos dois jogos da Seleção Brasileira pelo Superclássico das Américas, contra a Argentina. O jogador ainda vive a expectativa de ter uma nova oportunidade, agora com Felipão, nos amistosos contra Bolívia e Chile, que acontecem nos dias 06 e 24 de abril, respectivamente.

Desde a estreia no Campeonato Carioca, o jogador vem oscilando muito com atuações ruins e momentos de glória.

Lucas começou a temporada fora do time se queixando de cansaço muscular em razão da puxada preparação, em Saquarema. Assim como Seedorf, o lateral estreou somente na 5a. rodada,  diante do Macaé. Assumiu a posição na vaga de Gilberto, que sofrera uma lesão na coxa direita e encontra-se em fase final de recuperação.

Na ocasião, disse que vinha acompanhando os jogos, que o time estava indo bem e que já dispunha de uma boa base. Quero jogar, estou preparado, venho fazendo uma boa preparação física. O que vai pesar mais é o ritmo, pois estou abaixo dos meus companheiros, concluiu.

Lucas, como ele próprio havia previsto, não foi tão bem nesse primeiro jogo. Teve uma boa participação na parte defensiva, mas deixou muito a desejar no ataque, errando muitos cruzamentos. 

O mesmo aconteceu contra o Resende, pecou muito na hora de fazer os cruzamentos e acabou sendo o jogador mais vaiado pela torcida alvinegra com um péssimo 1o. tempo. Cresceu de produção com o time na segunda etapa e conseguiu manter a média na vitória de 4 a 2.  

Contra o Flamengo, o Botafogo jogou bem mas acabou derrotado por 1 a 0. Lucas teve desempenho regular na defesa, sem comprometer, mas ficou um pouco apagado no apoio quando o time precisou atacar.

Mais bem preparado, o lateral-direito teve uma excelente atuação no empate por 2 a 2 com o Boavista. Fez um belo gol em chute de fora da área e deu o passe para Lodeiro marcar o segundo. Foi o melhor do Bota, na partida.
Atuando de forma ofensiva, o lateral marcou o único gol do clássico contra o Vasco na final, comprovando a boa fase. Sua vocação ofensiva foi importante em um jogo em que o Botafogo martelou o adversário por quase toda a partida. Fez o gol do título e teve uma atuação consciente todo o tempo. 

Já na vitória da estreia do returno, contra o Quissamã, Lucas apresentou-se bastante para o jogo, mas teve uma participação discreta. No último jogo contra o Madureira, o lateral teve mais uma atuação apagada, cumprindo sua função tática de forma burocrática. Melhorou na parte ofensiva no segundo tempo. Participou do gol de Seedorf, mas deu condição de jogo a Jean no gol do Madureira.

Veja o gol de Lucas diante do Vasco e os melhores momentos da conquista da Taça Guanabara





Por Felipaodf/Botafogodeprimeira.com