domingo, 3 de março de 2013

Seedorf, o Exterminador, está calado



A saga continua e nesse domingo é decisivo 


Clarence Seedorf chegou ao Botafogo em agosto do ano passado e desde então, vem se destacando nas competições que teve pela frente.

Para marcar sua vinda para o Alvinegro criamos um evento fictício com a intenção de descrever a trajetória do craque nos gramados brasileiros, tendo como tema os confrontos com os times rubro-negros do país.

Na primeira oportunidade, por ocasião do Brasileirão 2012, três desses times cruzaram seu caminho em turmo e returno conforme determinava a tabela: o Atlético-GO, o Sport de Recife e o Flamengo.

O Botafogo de Seedorf venceu o Atlético-GO por 2 a 1, de virada, no Serra Dourada com gol dele. Era o primeiro gol do meia holandês com a camisa 10 alvinegra batendo uma falta com categoria no ângulo esquerdo do goleiro do Dragão.

Seedorf voltou a marcar na vitória por 2 a 0 sobre o Sport, no Engenhão. Já contra o Urubu, houve equilíbrio de forças e nenhum dos lados saiu vencedor. Seedorf foi bem mas o resultado não passou de 0 a 0.

No saldo do primeiro turno, Seedorf, O Exterminador levou grande vantagem sobre os adversários com duas vitórias e um empate, sem gols.

Iniciado o returno, recebemos o Dragão em nossa casa. Foi mais uma vitória, dessa vez por 4 a 0. Novamente Seedorf deixou o seu, concluindo de dentro da área uma bela trama do ataque alvinegro. Nesse jogo o craque  sentiu  a coxa que o tiraria de combate por duas rodadas.

O meia voltava como titular justamente contra o Sport, na Ilha. O time não foi bem e saiu de Recife derrotado por 2 a 0. O atacante Henrique, hoje no Botafogo, foi quem brilhou. Entrou no segundo tempo, deu o passe para o primeiro gol e ainda deixou o seu.

Chegava a vez do Flamengo. Novamente tivemos um clássico disputadíssimo, encerrando a participação dos dois times no Brasileirão. Pra variar, novo empate e dessa vez pelo placar de 2 a 2. Nesse jogo, Seedorf sofreu um estiramento que o fez deixar o campo muito emocionado. Pela dedicação em campo, o meia saiu ovacionado pela torcida, encerrando assim sua primeira (meia) temporada pelo Fogão.

Começando 2013, o jogador fez uma preparação especial e só se integrou ao grupo uma semana depois da pré-temporada iniciada. Voltou ao time aos poucos e vem fazendo grandes exibições no campeonato.

Contra o único rubro-negro carioca, já melhor condicionado, Seedorf fez uma boa exibição. Foi dele a maior nota do time no clássico. O meia fez grande jogada no início da partida, deixando Vitinho livre para perder a chance do empate. Foi o principal articulador da equipe e sentiu a falta de alguém com quem dialogar. Caiu de produção no segundo tempo e o time amargou sua única derrota no campeonato.


Na partida de classificação para as semi finais da Taça Guanabara - que será justamente contra o rubro-negro - o Botafogo não passou de um empate contra o Boavista depois de estar perdendo por 2 a 0. Lucas foi o destaque dessa partida ao lado de Lodeiro, numa tarde de atuação fraca de Seedorf. O meia foi muito bem marcado pelo adversário e não conseguiu desenvolver seu jogo. Ainda assim, teve alguns lampejos em jogadas de alta categoria.

Nessa semana de preparação que antecede o clássico, o meia nada falou e pouco apareceu. Mostrou estar concentrado para o compromisso contra o rival que é a melhor postura a ser adotada nessas ocasiões.


Gols de Clarence Seedorf em 2012



Que venha o rubro-negro carioca. Boas coisas nos esperam, palavra de Seedorf, o Exterminador.

Acessem e participem... https://www.facebook.com/events/114564862034572/

Por Felipaodf/BotafogoDePrimeira.com