quinta-feira, 25 de abril de 2013

'O TÚLIO É MAU, PEGA UM PEGA GERAL! OI!'


Parabéns ao volante Túlio, ex-jogador do Botafogo, time de quem é torcedor assumido


Hoje o volante Túlio completa 37 anos e o Botafogo fez uma justa homenagem ao seu ex-jogador, parabenizando-o por meio de postagem nas redes sociais.

Veja:

Botafogo Oficial

PARABÉNS!

Hoje é aniversário do Túlio, volante que sempre honrou a camisa do BOTAFOGO e até hoje se declara torcedor do clube! 

Um verdadeiro exemplo de identificação!

Cada CURTIR é um feliz aniversário para o Túlio!

O mesmo aconteceu com um dos patrocinadores, também pelas redes:




PARABÉNS, BOTAFOGUENSE!

Hoje, 25 de abril, é aniversário de Túlio. O volante, torcedor assumido do Botafogo, sempre deixou a 'vida' em campo para honrar nossas cores. 

Com certeza, tem o nosso respeito!

Vamos CURTIR em forma de parabéns!


Para os torcedores que acompanharam a passagem do jogador pelo Botafogo e aprenderam a admirar a garra com que o volante defendia a camisa alvinegra, fizemos um breve relato da carreira do atleta - que continua em atividade, como forma de também homenageá-lo nesse dia. E para os mais jovens, que não tiveram essa oportunidade, tomarem conhecimento de sua trajetória e possam respeitá-la. 

'O TÚLIO É MAU, PEGA UM PEGA GERAL! OI!'

Natural de Brasília-DF, Túlio Lustosa Seixas Pinheiro nasceu em 25 de abril de 1976. Começou sua carreira de jogador de futebol em 1995, no Goiás. Chegou a atuar por um curto período como lateral-direito, mas destacou-se mesmo na posição da cabeça-de-área. 

Com fama de guerreiro, o jogador se transferiu para o Botafogo em 2003 e participou da campanha da série B onde o clube foi vice-campeão, voltando à primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Em 2005, o jogador se transferiu para o Oita Trinita do Japão, declarando amor ao clube da Estrela Solitária. 

Túlio retornou ao Glorioso em 2007, quando foi campeão da Taça Rio, primeiro  título pelo clube alvinegro, jogando ao lado de Leandro Guerreiro. Venceu ainda a Copa Peregrino e, novamente, a Taça Rio em 2008 mas perdeu o título do Carioca desses anos para o Fla.

Túlio sempre foi homem forte do grupo de jogadores do clube, ídolo da torcida e torcedor assumido, porém, ao final daquele ano, deixou o alvinegro alegando desgaste psicológico e assinou com o Corinthians onde foi campeão paulista. Depois disso andou pelo Grêmio, Goiás e Figueirense até se transferir para o Sobradinho do DF, seu atual clube.

Pelo clube candango, Túlio teve a oportunidade de enfrentar seu ex-clube jogando pela Copa do Brasil em duas oportunidades. Na semana passada (17), no Bezerrão, no empate de 0 a e na última quarta-feira (24), em Volta Redonda, quando o Leão da Serra foi derrotado pelo Glorioso por 2 a 0.

Quem sabe Túlio não encontre uma brecha para que faça um jogo festivo de despedida com a camisa do Botafogo quando encerrar sua carreira. Vamos torcer para que isso aconteça!

Por Felipaodf/Botafogodeprimeira.com