sábado, 6 de abril de 2013

Parabéns, Sebastião Leônidas!


Parabéns Seu Léo, uma vida inteira dedicada ao Fogão!




O Botafogo publicou nas redes, uma homenagem ao ex-zagueiro Sebastião Leônidas, ídolo como jogador e treinador do Glorioso, e agora, observador técnico das divisões de base do clube, parabenizando-o pela passagem de seu aniversário. 

Com uma vida dedicada ao FOGÃO, Sebastião Leônidas conquistou o Bicampeonato Carioca (1967 e 1968) e o Campeonato Brasileiro de 1968. Aos 75 anos, "Seu Léo", como é conhecido carinhosamente, é a prova viva de amor, reverência e compromisso com o clube da estrela solitária, conclui a nota.

Vamos CURTIR e homenagear nosso eterno ZAGUEIRÃO!


Botafogo no Maracanã em 1968: em pé vemos Moreira, Cao, Zé Carlos, Sebastião Leônidas, Valtencir e Carlos Roberto. Agachados estão Rogério, Gérson, Roberto Miranda, Jairzinho e Paulo Cezar Caju
Conheça um pouco mais da trajetória de Leônidas nessa pequena biografia do Zagueirão registrada no site "Que fim levou", do jornalista Milton Neves, escrita por Marcelo Rozenberg:

Sebastião Leônidas, o ex-zagueiro Leônidas que fez sucesso no Botafogo da década de 1960, é capixaba de Jerônimo Monteiro. Hoje, é coordenador da base do Glorioso. 

Nascido em 06 de abril de 1938, foi bicampeão carioca pelo Fogão em 1967 e 68, além de ter conquistado a Taça Brasil de 1968 com o clube de estrela solitária. Após parar com a bola, tornou-se treinador.

Dirigiu o Botafogo na campanha do vice-campeonato brasileiro de 1972. Também comandou América de Natal, Galícia, Rio Branco (ES), Ceará e Volta Redonda. Atualmente reside no Rio de Janeiro. Casado, tem uma filha e um neto.

Sua carreira teve início no América de Minas Gerais, onde conquistou o Campeonato Mineiro de 1957. No final dos anos 50, se transferiu para outro América, o do Rio de Janeiro. Lá, foi campeão carioca no ano de 1960.

Passou também pela Seleção Brasileira. Leônidas, no início dos anos 60, já sabia como fazer a linha de impedimento que o mundo pensa ter sido inventada por Rinus Michels, grande ex-treinador da Holanda na Copa de 74 na Alemanha. Quem garante isso é nada mais nada menos que Zagallo, um dos homens que mais conhecem futebol no planeta.

O ex-zagueiro quase disputou uma Copa do Mundo. Foi cortado do Mundial de 1970 devido a uma contusão dias antes do embarque para o México. Na época, tinha grandes chances de ter sido escalado como titular por Zagallo.

Considerado um dos maiores zagueiros de sua época, foi um dos pioneiros em fazer linha de impedimento, também foi convocado pelo técnico Zagallo para Copa do Mundo de 1970, porém uma contusão tirou o jogador dias antes do embarque para o México.

Sempre é bom lembrar - até para que os jovens torcedores conheçam a história do Glorioso, que Leônidas esteve presente no famoso jogo da "Selefogo" de 1968, onde a Seleção Brasileira jogou com oito titulares que jogavam no Botafogo e goleou a Argentina por 4 a 1 e também, no famoso jogo Botafogo 6 x 0 Flamengo, em 15/11/1972.

Títulos

Como jogador

Campeonato Mineiro: 1957, America-RJ
Campeonato Carioca: 1960, Botafogo
Troféu Triangular de Caracas: 1967, 1968 e 1970
Torneio Hexagonal do México de 1968
x Torneio Roberto Gomes Pedrosa: 1966
Taça Brasil: 1968
Campeonato Carioca: 1967 e 1968
Taça Guanabara: 1967 e 1968
Torneio Início do Rio de Janeiro: 1967

Como Treinador do Botafogo

Torneio Início do Campeonato Carioca: 1977
Torneio Octávio Pinto Guimarães: 1983
Campeonato Carioca de Juniores: 1998

Pesquisa e montagem Felipaodf/Botafogodeprimeira.com