quarta-feira, 29 de maio de 2013

GUIA DA RODADA #2: a caça aos pontos em um minicampeonato


Rodada desfalcada de dois jogos pode espichar tabela no microuniverso do Brasileirão pré-Copa das Confederações



É muito, muito, muito cedo. Mas a segunda rodada do Brasileirão, iniciada com sete confrontos nesta quarta-feira, já deixará a tabela mais espichada. Nascerá uma noção mínima de quem é quem nesta largada de competição, neste minicampeonato de cinco jogos para cada time antes da parada de quase um mês para a Copa das Confederações. As diferenças começarão a migrar da teoria das previsões para a prática dos resultados - ou exatamente o contrário.

É uma rodada desfalcada. Dois jogos, por causa dos sobreviventes brasileiros na Libertadores, foram adiados. Atlético-MG x Grêmio será em 9 de junho. Três dias depois, tem Portuguesa x Fluminense. Nos duelos mantidos, porém, há encontros interessantes. Destaque para o primeiro jogo do Santos sem Neymar (contra o Botafogo), para o encontro entre São Paulo e Vasco, ambos saídos de vitórias na rodada inicial, e para a visita do Cruzeiro ao Atlético-PR após a goleada de 5 a 0 sobre o Goiás na estreia.

Comentários do blog: Essa é a proposta do site da globo e a cada semana estaremos postando aqui apenas a análise relativa aos jogos do Botafogo, que é o que nos interessa. Caso você tenha interesses por outros jogos, dicas do cartola e outros mais poderá ir direto no site anunciado.

BOTAFOGO X SANTOS
QUARTA 19H30M - RAULINO DE OLIVEIRA


Existe vida pós-Neymar. Duro é saber como ela será... O Santos começa uma nova etapa de sua história recente nesta quarta-feira. Irá a campo alijado de sua maior referência, de seu norte, de sua bengala. A realidade se apresenta desanimadora aos torcedores praianos. O ataque de Muricy Ramalho terá Patito Rodriguez e Willian José - o último quase catapultado do aeroporto direto para o campo, já que foi apresentado nesta terça-feira pelo Peixe. A ressalva é que o Santos já deu repetidos sinais de que consegue cavucar seu elenco em busca de novas soluções em momentos de dificuldades.

A grande questão é que não há tempo para lamúrias, até porque o adversário é osso um bocado duro de roer. O Botafogo dá provas cada vez maiores de solidez. Ganhou com sobras o Carioca e foi muito bem contra o Corinthians no empate por 1 a 1 da estreia. Mais: tem em figuras como Seedorf e Lodeiro as referências que faltam ao Santos nessa vida pós-Neymar.

Se não vejamos:

Cartola FC: sem Neymar, o ataque do Santos não parece tão assustador, e dois importantes jogadores de defesa do Botafogo caíram de preço: o zagueiro Bolívar (C$ 11.33) e o lateral-direito Lucas (C$ 12.22).

Na TV: SporTV, com Luiz Carlos Jr e Lédio Carmona.

Arbitragem: Jailson Macedo Freitas (BA), com Luiz Carlos Silva Teixeira (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA).

Você sabia que... o Botafogo venceu todos os sete jogos que disputou em Volta Redonda em 2013? Foram 18 gols marcados e nenhum sofrido.

Comentários do blog: Sem Neymar não dá para saber exatamente como vai se portar o Santos na partida de hoje. Apesar do ataque já estar escalado com Patito Rodriguez e Willian José não sabemos se essas opções implica em mudanças na forma do peixe jogar. São dois bons jogadores que ainda buscam afirmação e espero que demorem pra acertar (rsrs). O lado emocional também conta nesse caso, já que Neymar era a mola mestra do time e sua falta é mais abrangente do que possa parecer. O Santos não foi bem na estreia em Brasília, contra o Fla, mesmo com Neymar e pode festejar aquele empate.

Pelo lado do Bota, apenas uma modificação em relação ao time que estreou contra o Corinthians, em São Paulo. Renan assume o posto de Jefferson que está a serviço da Seleção e deve manter o nível de atuação do titular. A defesa se portou muito bem em São Paulo, precisando apenas de uma melhor atuação de nossos laterais no apoio. O time todo foi bem na marcação e chegou a encurralar o adversário em seu próprio campo em grande parte do jogo. Notícias de última hora dão conta de que Seedorf, que foi o melhor jogador em campo, não joga e deve ceder o lugar para Andrezinho, que ainda procura readquirir o ritmo de jogo depois de longa ausência por contusão. Mesmo assim, se Lodeiro e Fellype Gabriel jogarem um pouco mais do que fizeram contra o Timão, creio numa vitória convincente hoje, em Volta Redonda.

O clima ficou mais ameno depois dos jogadores recuarem da posição de não se concentrarem antes dos jogos e a tendência é que tudo dê certo em campo também.

Mesmo assim o técnico Oswaldo de Oliveira está preocupado com a partida de hoje já que no Brasileirão do ano passados perdemos uma e empatamos a outra, contra eles.

Os times deverão entrar em campo com:


Botafogo: as alterações em relação ao time da estreia deve ser a entrada de Renan no lugar de Jefferson, que está com a seleção brasileira e de Andrezinho no lugar de Seedorf, com amigdalite. O técnico Oswaldo de Oliveira deve colocar em campo Renan, Lucas, Bolívar, Antônio Carlos e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Fellype Gabriel, Lodeiro e Andrezinho; Rafael Marques.

Santos: em relação ao time que empatou sem gols com o Flamengo, são quatro novidades. Patito Rodriguez fica com a vaga de Neymar e formará dupla com Willian José, que estreia pelo Peixe. Na zaga, Gustavo Henrique aproveita a série de desfalques do setor e vai atuar ao lado de Durval. Já na esquerda, com Léo poupado, Emerson Palmieri será titular. A equipe que encara o Botafogo terá: Rafael Cabral; Rafael Galhardo; Gustavo Henrique, Durval e Emerson Palmieri; Renê Júnior, Arouca, Cícero e Montillo; Patito Rodriguez e William José.


Boa sorte Fogão!

Matéria base: GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro