quarta-feira, 15 de maio de 2013

Parabéns Renato e vamos à luta



Hoje é o aniversário do volante Renato e o clube fez uma modesta homenagem ao atleta nas redes sociais. Veja:

Botafogo Oficial

PARABÉNS!
Hoje é aniversário do Renato, camisa 8 do FOGÃO, que completa 34 anos! Cada CURTIDA é um parabéns para ele!


Renato Dirnei Florêncio Santos nasceu em Santa Mercedes-SP, em 15 de maio de 1979.

Revelado pelo Guarani, ganhou projeção mundial jogando pelo Santos onde chegou à Seleção Brasileira. Segundo volante de boa classe, foi um dos destaques da equipe campeã brasileira em 2002, saindo do peixe como ídolo para tentar o sucesso na Espanha, em 2004. 

Em terras espanholas, conquistou títulos importantes pelo Sevilha e se tornou mais um ídolo da torcida. O sucesso inicial, porém, foi diminuindo com o passar do tempo até que o jogador optou por voltar ao Brasil.

Em 26 maio de 2011 assinou com o Botafogo e recebeu a gloriosa camisa 8 das mãos de Gérson em grande recepção da torcida, na sede do clube. Teve um bom começo e realizou ótimas partidas pelo time carioca, sendo classificado como um dos melhores volantes do Brasil, pelo bom domínio de bola e visão de jogo.

Renato foi Bi-campeão Brasileiro (2002, 2004) pelo Santos. Pela Seleção Brasileira, ganhou a Copa América de 2004 e a Copa das Confederações de 2005.

Na Espanha, foi Bi-campeão da Copa da UEFA (2006, 2007), Bi-campeão da Copa do Rei (2006-07, 2009-10), Campeão da Supercopa Europeia (2006) e Campeão da Supercopa da Espanha (2007), pelo Sevilha-ESP.

Iniciando sua terceira temporada no Bota, o volante já conquistou a Taça Rio de 2012 e 2013, a Taça Guanabara desse ano e por conseguinte, o Campeonato Carioca de 2013.

Esse ano, Renato pouco atuou e há muito não consegue retomar a condição de titular, lutando com seguidas contusões. Por esse mesmo motivo, o volante chegou a ficar no banco de reservas de Jadson, no ano passado.

Na estreia da Taça Guanabara desse ano, o camisa 8 se lesionou novamente  e ficou fora por quase dois meses. Retornou ao time contra o CRB pela Copa Brasil (0x0), integrando o time reserva que foi pro jogo, sendo substituído aos 33 minutos do 2o. tempo, por Jadson. 

Hoje, em condições normais, teria que lutar por uma vaga no time principal com Marcelo Mattos e Gabriel, atuais titulares da posição.

Por conta do alto salário e baixo rendimento apresentado, o volante não é mais unanimidade no clube e pode virar moeda de troca, apesar do técnico Oswaldo já ter declarado que conta com o jogador para a sequência da temporada.

Aos torcedores, resta a esperança de que Renato se livre desse ciclo de lesões e possa voltar a ser útil ao clube que tão bem lhe acolheu, como um jogador aplicado e de toque refinado, porque o Botafogo precisa de todos para encarar a maratona de jogos que tem pela frente.

Parabéns Renato, pelo dia. A torcida aguarda seu retorno ao time.