terça-feira, 2 de julho de 2013

Bota pega o Figueira pensando em "garantir" classificação



Seedorf lidera o Botafogo diante do Figueirense
(Foto: Satiro Sodre/Agência Estado)
Depois de quase um mês de paralisação para a disputa da Copa das Confederações, os clubes brasileiros voltam a campo para a alegria de suas torcidas e retomada das competições. 

Nessa terça já teremos jogos pela Serie B. Amanhã as emoções ficam por conta  da Taça Libertadores, com Newell's Old Boys x Galo; da Recopa Sul-Americana, com a clássico paulista entre Corinthians x São Paulo e; da Copa do Brasil, com Botafogo x Figueirense. Jogos pelo Brasileirão, somente no sábado quando terá início a sexta rodada do campeonato.


Sem opções para jogar na cidade do Rio, o Botafogo exercerá seu mando de campo contra o Figueira no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. A partida está programada para às 21h50 e deverá receber poucos torcedores, apesar da importância do jogo para as pretensões do clube carioca na competição. O Bota venceu todas as partidas mandadas no Raulino e quer manter a série invicta no estádio. 

Veja o nosso post sobre o Raulino de Oliveira e entenda o porque: http://felipaodf.blogspot.com.br/2013/06/o-caldeirao-sem-fogo.html 

Nesse período sem jogos o Botafogo teve baixas no elenco. Perdeu os meias Fellype Gabriel - titular absoluto do time, e está em vistas de perder também Andrezinho, que vinha readquirindo ritmo de jogo após longo período afastado por contusão e era, ao lado de Renato, a melhor opção na reserva, para a posição. Com isso, o técnico Oswaldo de Oliveira terá que fazer ajustes no time para manter o bom nível alcançado nesse início de temporada.

Por ora, com a volta de Lodeiro a tarefa não parece tão difícil já que Vitinho foi efetivado como titular e vinha fazendo boas partidas antes da paralisação. Mesmo que seu estilo de jogo mais ofensivo interfira na forma do time marcar, essa opção já foi testada nas partidas iniciais do campeonato e não deve gerar maiores preocupações. 

Se não houver problemas de última hora, o Bota deve entrar em campo com Jefferson, que retorna ao time após servir à seleção; Lucas, Bolívar, Dória, que retoma sua posição e Julio Cesar; Marcelo Mattos e Gabriel na proteção à zaga; os meias Seedorf, Lodeiro na armação e; na frente, Rafael Marques e Vitinho.