sábado, 14 de setembro de 2013

Em semana decisiva, Bota encara o Peixe na Vila


GUIA DA RODADA #21: Fim de semana tem jogos importantes na disputa pela liderança na tabela e também na luta para escapar da zona de rebaixamento



Fogão vence Corinthians no fim e segue em segundo
 lugar (Foto: Wagner Meier/LANCE!Press)
O título brasileiro passa pelas próximas rodadas, a começar pela 21ª, neste fim de semana. Cabe o raciocínio de que todos os jogos valem três pontos, mas alguns três pontos pesam mais do que outros. O Cruzeiro, inabalável na caminhada rumo ao título, sentirá na pele que um campeonato de pontos corridos também pode ter finais. Os líderes terão, nas próximas quatro rodadas, confrontos diretos com alguns de seus principais concorrentes ao título. Enfrentam, na sequência, Atlético-PR (quarto colocado), Botafogo (segundo), Corinthians (sexto) e Inter (quinto). Se passar bem por este período, a Raposa poderá encaminhar a conquista do Campeonato Brasileiro de 2013.

A rodada já começa com seu jogo mais determinante, Cruzeiro x Atlético-PR, às 18h30m de sábado, no Mineirão.


Comentários do blogueiro: Essa é a proposta do site da globo para os jogos da rodada e a cada semana destacamos aqui apenas a análise relativa ao do Botafogo que é o que nos interessa.


SANTOS x BOTAFOGO
DOMINGO, 18H30M - VILA BELMIRO

A rodada termina com um jogo importantíssimo. A boa sequência do Botafogo no campeonato tem forte teste contra o Santos na Vila Belmiro. Como o Cruzeiro também tem partida bastante complicada (contra o Atlético-PR, mas em casa), as primeiras colocações sofrerão aproximação ou distanciamento - processo que pode ser decisivo lá na frente.

O time alvinegro vem dando sinais de que a perda de jogadores importantes, caso de Vitinho, não foi exatamente o fim do mundo. Com o surgimento de atletas como Hyuri, a equipe de Oswaldo de Oliveira acumula três vitórias nas últimas três rodadas. E com boa dose de superação, como na virada contra o Criciúma e no triunfo diante do Corinthians, com gol nos últimos minutos.

Jefferson retorna ao time contra o Santos, para quem a partida também tem muito valor. Aos poucos, sem chamar a atenção, o Peixe se aproximou da briga por vaga na Libertadores. Está sete pontos distante do G-4, mas tem um jogo atrasado a recuperar. A caminhada, porém, foi freada pela derrota para o Flamengo nesta quinta-feira, no Maracanã - resultado justificável, visto que o time havia jogado dois dias antes, também fora de casa, com vitória sobre o Inter. O desgaste tende a ser problema novamente, mas agora há um dia a mais de preparação - além do conforto de jogar como mandante.

Na TV: Premiere FC, com Jorge Vinícius e Rivelino Teixeira.

Arbitragem: André Luiz de Freitas Castro (GO), com Cristhian Passos Sorence (GO) e Nadine Schramm Câmara Bastos (SC).

Você sabia que... o Santos ainda não perdeu como mandante no Brasileirão 2013? São nove jogos, com quatro vitórias e cinco empates.

Comentários do blogueiro:
 Se a expectativa pra essa rodada é pelo confronto do líder Cruzeiro contra o Atlético-PR, 4o. colocado, na rodada passada era por Botafogo x Corinthians, dois candidatos naturais ao título pelas posições que ocupavam na tabela. Tecnicamente não foi um bom jogo já que os paulistas vieram ao Rio apenas pra se defender. Mas emoção não faltou com muitas chances perdidas pelos cariocas no começo do jogo e golaço decisivo no minuto final.

O Botafogo precisava fazer um bom jogo e conseguir a vitória pra manter a posição na tabela e o clima de comunhão com a torcida que se fazia presente em bom número no Maraca. Estávamos invictos na "nossa nova casa" - sete partidas, com quatro vitórias e três empates - e precisávamos manter essa condição.

Veja nosso post de antes do jogo, cercado de grande expectativa pela volta de Lodeiro e Seedorf http://felipaodf.blogspot.com.br/2013/09/em-mais-um-jogo-de-seis-pontos-sou-mais.html

Todos os times do G-4 - Cruzeiro, Botafogo, Atlético-PR e Grêmio - estiveram em ação na quarta-feira abrindo a 20a. rodada. O Cruzeiro seguiu firme na ponta sem dar chances pro azar. Venceu o Goiás sem Walter no Serra Dourada e somou mais 3 pontos na tabela (43), mantendo os quatro de vantagem para o Botafogo (39), segundo colocado. O Grêmio venceu o Timbu na Arena Pernambuco (37) e trocou de posição com o Atlético-PR (35) que recebeu o Fluminense em casa e não passou de um empate. A onda azul continua e dos quatro, só o Furacão não venceu.

Com a vitória da Raposa mais cedo, restava ao Botafogo vencer o Corinthians, em casa, no complemento da rodada. Apesar da incerteza que perdurou por quase 90 minutos, ela veio no finalzinho com um gol salvador do garoto Hyuri, o Rei do novo Maraca. O jogador fez apenas dois jogos no estádio e já tem três gols marcados, todos com a categoria de quem não tem medo de ousar.

O Bota perdeu muitas chances no primeiro tempo, duas delas incríveis nos pés de Seedorf e Cássio tirou outras tantas na etapa complementar. O jogo caminhava para um empate até que aos 44' o lateral Edilson recebeu de Renan e lançou Hyuri, iniciando um contra-ataque. O jogador invadiu a área em velocidade e deu uma cavadinha sensacional por cima do goleiro que saia desesperado tentando abafar a jogada. Era mais um golaço do "moço" que comemorou junto à galera fazendo gestos de "bigode grosso", sem no entanto subir as escadas que lhe valeram um cartão amarelo no jogo passado.

Para a partida contra o Santos, na Vila, o Bota terá a volta do goleiro Jefferson que esteve três jogos fora servindo a seleção. Em compensação Lodeiro suspenso, não joga e deve ceder a vaga a Hyuri. O restante do time deve ser o mesmo que venceu o Corinthians, com Renato ocupando a posição de 2o. volante já que Gabriel ainda se recupera de lesão.

O Santos vem de uma maratona de jogos na semana e tem feito um revesamento entre seus jogadores pra suportar a situação. Pode contar com as voltas de Montillo e Arouca e seguir tentando subir na tabela. O treinador não poderá contar Giva e Alan Santos, lesionados. Edu Dracena, cumpriu suspensão e deve formar dupla de zaga com Durval.

Escalações:

Botafogo:
Desta maneira, o Botafogo deve encarar o Santos com a seguinte formação: Jefferson, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Renato, Hyuri, Seedorf e Rafael Marques; Elias.

Santos: O provável Santos para o jogo contra o Botafogo terá: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Durval e Mena; Alison, Renê Júnior (Arouca), Cícero e Renato Abreu (Montillo); Thiago Ribeiro e Gabriel (Everton Costa).

Vamos em frente, Fogão!


Por @Felipaodf/Botafogodeprimeira.com