sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Hyuri, o nome do jogo





Após o complemento da rodada, o G-4 continuou preservado com uma pequena movimentação de posições entre seus integrantes. A Raposa que já era líder botou frente ao vencer o Bahia e consolidou sua posição. Mesmo que perca o próximo compromisso terminará como campeão simbólico do primeiro turno já que não pode ser alcançada. O Atlético-PR garantiu a segunda posição ao vencer o Santos, desbancando o Grêmio, vencido pelo Goiás. O Bota jogou na quinta e poderia assumir a segunda posição bastando para isso vencer o adversário, no Maraca, por uma diferença de três gols.

Em certa altura do jogo, o Glorioso conseguiu essa diferença até que o goleiro Renan, num lance mal calculado, fez pênalti sobre Gil e acabou expulso do jogo. O Coxa marcou, tentou uma reação mas não deu. A partida terminou com o placar de 3 a 1 para o Bota depois de dois resultados ruins (derrota para o Atlético-PR, fora e empate sem gols contra o São Paulo, em casa) sem marcar nenhum gol. Empatamos em pontos, vitórias e saldo de gols com o Furacão, perdendo a segunda posição apenas pelos gols marcados. De quarto, no início da rodada, passamos pra terceiro.

Com a ausência de Lodeiro o jovem Hyuri estreou, deu show e foi o nome do jogo. Marcou duas vezes, o segundo num golaço cinematográfico que começou com dribles sucessivas dentro da área até o arremate em gol. Um lance pra ser visto mil vezes até o fim do campeonato. Rafael Marques havia aberto o placar e também foi bem no jogo, inclusive servindo Hyuri no seu primeiro gol.

Parabéns ao jovem Hyuri que arrebentou na sua estreia com a Gloriosa camisa do Fogão, participando com desenvoltura do jogo e marcando dois gols. Parabéns ao técnico Oswaldo (que vai reinventando o Botafogo a cada partida dentro da competição) pela visão e coragem de lançar o garoto num momento tão importante do time que convive com baixas no elenco. E por último, parabéns ao time como um todo que voltou a vencer na competição e se mantem vivo no G-4 a despeito de tudo e de todos pra deleite de sua torcida que não para de cantar.

Por @Felipaodf/Botafogodeprimeira.com