terça-feira, 1 de outubro de 2013

Tá na hora da virada


GUIA DA RODADA #25: Grêmio e Atlético-PR fazem briga pela vice-liderança, enquanto Botafogo tem clássico com o Fluminense e Santos recebe o São Paulo


Botafogo e Fluminense fazem clássico no
Maracanã
(Foto: Allan Torres / Ag. Estado)
É uma rodada atípica. A 25ª série de partidas do Brasileirão já começou na semana passada, com jogo antecipado entre Criciúma e Atlético-MG (empate por 1 a 1). O complemento, também excepcionalmente, começa nesta terça-feira, com o jogo entre os dois últimos colocados do Brasileirão, Ponte Preta e Náutico, já que a Macaca volta a jogar na quinta, para recuperar partida atrasada contra o Galo. A quarta-feira será marcada por clássicos regionais e duelos entre concorrentes diretos.

Destaque para o jogão entre Grêmio e Atlético-PR na Arena. O encontro é determinante na briga pela vice-liderança - e, quem sabe, por uma eventual caça ao Cruzeiro, cada vez mais líder. Fluminense e Botafogo fazem jogo muito importante no Maracanã, entre uma equipe em queda e outra em ascensão. Na Vila Belmiro, o Santos, ainda esperançoso de Libertadores, recebe o São Paulo, que não consegue se livrar das ameaças de queda.

Enquanto isso, o Cruzeiro tem chance de abrir ainda mais a distância latifundiária que o separa dos concorrentes. Já são 11 pontos de vantagem sobre o Grêmio, que pulou para o segundo lugar no fim de semana. A Raposa recebe a Portuguesa.

Comentários do blogueiro: Essa é a proposta do site da globo para os jogos da rodada e a cada semana destacamos aqui apenas a análise relativa ao do Botafogo que é o que nos interessa.
FLUMINENSE x BOTAFOGO
QUARTA, 21H - MARACANÃ


Os vetores de Fluminense e Botafogo vêm apontando para direções opostas na tabela: o tricolor para cima, o alvinegro para baixo. A inversão de perspectiva das duas equipes torna o clássico desta quarta-feira ainda mais interessante. Em bom momento, o Fluminense se permite sonhar com uma vaga na Libertadores, justamente aquilo que começa a preocupar o Botafogo, abalado por três derrotas consecutivas no campeonato. A distância entre as duas equipes, porém, ainda é considerável: nove pontos.

O Botafogo precisa vencer para não entrar na velha paranoia de ver tudo ir por água abaixo na reta final. O título, antes tão vivo, começa a parecer utopia - nas últimas três rodadas, a distância para o Cruzeiro aumentou em sete pontos. É um momento de questionamento interno, especialmente graças à queda de rendimento de atletas como Seedorf e Lodeiro.

No Flu, acontece o contrário. Já são sete partidas sem derrotas. Na 20ª rodada, a equipe estava em 16º, e agora já pulou para o oitavo posto. O time parece ter se encaixado na proposta de Vanderlei Luxemburgo, mas ainda precisa parar de sair atrás no placar, como vem acontecendo sistematicamente.

Na TV: Premiere FC, com Eduardo Moreno e Edinho.

Arbitragem: Sandro Meira Ricci (PE), com Alessandro Rocha de Matos (BA) e Emerson Augusto de Carvalho (SP).

Você sabia que... este é o quarto duelo entre as equipes em 2013? E o Fluminense não venceu. Foram duas vitórias do Botafogo (1 a 0 na final da Taça Rio e outro 1 a 0 pelo Brasileirão) e um empate (1 a 1 pelo Carioca).
Comentários do blogueiro: A rodada passada era propícia para o time carioca diminuir a diferença para o líder e deu no que deu. De novo o Botafogo escorregou feio em casa. Dessa vez caiu pra Ponte e ainda viu o Grêmio chegar junto pra assumir a 2a. colocação depois de vencer o São Paulo, no Morumbi. O Cruzeiro deslanchou ao vencer o Inter, lá no sul, e colocou 11 pontos de diferença para o segundo colocado.

O Bota precisava vencer esse jogo principalmente pra interromper o ciclo de maus resultados que engatou no returno do campeonato. A derrota de sábado por 1 a 0 pra Macaca foi a terceira seguida dessa fase, fato inédito em toda a temporada. Vários são os fatores alegados para a baixa produção do time como o cansaço e falta de tempo pra treinar, mas a queda de rendimento de jogadores importantes como Lodeiro e Seedorf e notória e parece que não tem data para acabar. Mesmos os jovens que vinham se destacando na campanha caíram de produção, como é o caso de Dória, Gabriel e Hyuri.

Vamos seguir em busca da recuperação e quem se põe à nossa frente é o Tricolor carioca a quem vencemos no turno (1 a 0) e também no estadual. Os jogadores alvinegros elegeram o clássico como a partida ideal pra iniciar uma virada mesmo com o Flu estando a sete jogos sem perder e ocupar a parte alta da tabela (8o.). Vai ser um jogo franco com possibilidades para os dois lados.

Elias continua de fora se recuperando de lesão. Hyuri, que o substituiu no último jogo, cumpre suspensão. Essas baixas renovam as chances de Henrique pintar como titular e justificar sua contratação. Nesse caso, R. Marques volta a atuar mais recuado. Renato também continua de fora e Julio Cesar deve voltar ao time no lugar de Lima que foi muito mal substituindo o titular. O restante da equipe deve ser a mesma que perdeu para a Ponte na rodada passada.

Escalações:

Botafogo: Jefferson, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Lodeiro, Seedorf e Rafael Marques; Henrique.

Fluminense: Diego Cavalieri, Rafinha, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean, Wágner e Felipe; Biro Biro e Sobis.

Boa sorte Fogão!


Por @Felipaodf/Botafogodeprimeira.com