quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Tudo pode acontecer, até mesmo uma vitória


GUIA DA RODADA #27:


A quantidade de rodadas que restam no Brasileirão (12) é compatível com a vantagem que o Cruzeiro abriu na liderança do campeonato (11 pontos). Mais do que por uma questão numérica, é pelo desempenho da Raposa que fica a sensação de que os mineiros fazem uma contagem regressiva para o título. Mas a taça ainda não é certeza, e esta quarta-feira é importante justamente por isso. Líder e vice enfrentam equipes que lutam contra o rebaixamento, mas a tarefa do Cruzeiro parece mais difícil. A turma comandada por Marcelo Oliveira recebe o São Paulo, naquele que pode ser o melhor dos dez jogos - enquanto o Grêmio é visitado pelo Criciúma.

A rodada ainda tem dois clássicos regionais importantes. O Bahia tenta bater o Vitória pela primeira vez no ano. E Vasco e Fluminense duelam em Florianópolis - um guerreando contra o rebaixamento, o outro tentando se afastar de vez dele e, quem sabe, brigar pela Libertadores.


Comentários do blogueiro: Essa é a proposta do site da globo para os jogos da rodada e a cada semana destacamos aqui apenas a análise relativa ao do Botafogo que é o que nos interessa.


NÁUTICO x BOTAFOGO
QUARTA, 21H50M - ARENA PERNAMBUCO

O Botafogo desmorona no Campeonato Brasileiro. Os resultados se tornaram muito ruins. E o pior é que são compatíveis com o desempenho. O time alvinegro, dos melhores da competição até o final do turno, vem jogando muito mal - a ponto de Seedorf ser vaiado pela torcida na derrota para o Grêmio. Os cariocas precisam encontrar soluções para uma equipe estática, burocrática, que parece cansada. Oswaldo de Oliveira não poderá ajudar. O técnico ainda se recupera da arritmia cardíaca que assustou a todos no Maracanã depois do jogo do último sábado. Edílson e Bolívar voltam ao time e Elias também é opção, mas o volante Gabriel segue fora. Jefferson, a serviço da seleção brasileira, também é ausência.

No Náutico, a luta contra o rebaixamento segue dura, mas o rendimento recente é mais animador. Nos últimos cinco jogos, o Timbu conquistou oito pontos, contra apenas um do Botafogo. O lanterna está 13 pontos atrás do primeiro time fora da zona de rebaixamento, o São Paulo. Martinez deve voltar à equipe, até porque Dadá está lesionado. Na última rodada, o Alvirrubro levou 4 a 1 do líder Cruzeiro.

Na TV: Premiere FC, com Rembrandt Júnior e Chiquinho.

Arbitragem: Marcos André Gomes da Penha (ES), com Luis Carlos Câmara Bezerra (RN) e Broney Machado (PB).

Você sabia que... o Botafogo não vence o Náutico em Pernambuco há dez anos? Porém, foram apenas quatro jogos no período, com três vitórias do Timbu e um empate.


Comentários do blogueiro: Na rodada passada (26a.), Botafogo e Grêmio (48) brigavam pela vice-liderança e o time gaúcho, mesmo com um jogador a menos desde os 30 minutos do primeiro tempo (Kléber foi expulso), abriu o placar e venceu o jogo fazendo com que o Alvinegro (43) despencasse para a quarta posição já que o Atlético-PR (44) venceu o clássico contra o Coritiba, no domingo, e assumiu o terceiro lugar. Por sua vez, o Cruzeiro (59) não tomou conhecimento do Náutico, em Recife, venceu bem o jogo e segue tranquilo na ponta da tabela.

O Botafogo decepcionou novamente sua torcida e não dá sinais de que pode interromper essa agonia de cinco jogos sem vitória. Mesmo enfrentando o lanterna do campeonato, nesta quarta, não encontrará moleza pela frente e vai ter que suar a camisa se quiser sair da Arena Pernambuco com uma vitória.

O time já não conta com um elenco capaz de suprir as ausências que a disputa dura e longa do Brasileirão impõe aos competidores, depois de ser mutilado mais uma vez no meio da competição pela diretoria. Seus principais artilheiros (R. Marques, Seedorf e Lodeiro) não marcam a muitas rodadas o que deixa o time inseguro pra buscar a reação.

O mistério que envolve essa fase tão negra continua, e ninguém consegue explicar http://felipaodf.blogspot.com.br/2013/10/quem-pode-explicar-ii.html


É uma queda vertiginosa de rendimento que envergonha a torcida e fez com que o treinador Oswaldo de Oliveira deixasse o campo domingo passando mal. A torcida, que já viu esse filme outras vezes, sabe onde tudo isso pode parar. As esperanças de disputar a próxima Libertadores vai se esvaindo numa velocidade espantosa. Jogadores experientes como Seedorf, Lodeiro e Rafael Marques não rendem a contento e o técnico já não tem a quem apelar.

Para o jogo de hoje o Bota não contará com Jefferson e Lodeiro a serviço de suas seleções. Gabriel, lesionado, também fica de fora. Em compensação, Edilson, Bolivar e Elias voltam ao time além de Hyuri que entra na vaga de Lodeiro. Sem Oswaldo, que ficou no Rio, o time será comendado pelo auxiliar-técnico Luiz Alberto. 

Com campanhas que se equivalem no 2o. turno fica difícil prever o que pode acontecer num jogo como esse. Vamos torcer e rezar para que as coisas se encaixem a partir desse jogo e possamos voltar ao Rio, para o clássico contra o rubro-negro no domingo, revigorados por uma vitória.

Escalações:

NÁUTICO: Ricardo Berna; Maranhão, João Filipe (Jean Rolt), William Alves e Bruno Collaço; Elicarlos, Derley, Martinez e Morales; Olivera e Maikon Leite. TÉCNICO: Marcelo Martelotte.

BOTAFOGO: Renan, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Renato, Seedorf, Hyuri e Rafael Marques; Elias. TÉCNICO: Luiz Alberto!



Por @Felipaodf/Botafogodeprimeira.com