sábado, 16 de novembro de 2013

A última esperança do Bota


GUIA DA RODADA #35: Libertadores e rebaixamento agitam a reta final. Disputas paralelas ganham força nas últimas partidas do Campeonato Brasileiro de 2013



Montagem de Marciú Paixão Botafogo
O Cruzeiro já é o campeão brasileiro de 2013, mas a competição ainda não acabou. Muitos futuros ainda estão em jogo nas últimas quatro rodadas. E as brigas por vaga na Taça Libertadores da América de 2014 e contra o rebaixamento à Série B vão dar o tom nesta reta final.

Na parte de cima da tabela, Botafogo x Atlético-PR é um jogo que pode ser considerado dos mais importantes da rodada. Assim como as partidas de Grêmio e Goiás. Os dois encaram, respectivamente, Flamengo e Inter, de olho na aproximação da vaga na competição internacional.

Lá embaixo, a briga é ainda mais acirrada. Com o Náutico já rebaixado e a Ponte Preta a caminho, seis times lutam para se afastar desses outros dois postos na Série B. São elas Vasco, que visita o Corinthians, Bahia, que pega o Náutico, Fluminense, que encara time misto do São Paulo, Criciúma e Coritiba, que duelam entre si, e Portuguesa, que recebe o Atlético-MG.

Comentários do blogueiro: Essa é a proposta do site da globo para os jogos da rodada e a cada semana destacamos aqui apenas a análise relativa ao do Botafogo que é o que nos interessa.


BOTAFOGO X ATLÉTICO-PR

SÁBADO, 19H30, MARACANÃ


Pressionado depois de três jogos sem vencer e pela saída do G-4, o Botafogo tem um confronto direto pela vaga na Libertadores da América de 2014. Em baixa, a equipe carioca precisa de uma vitória para sonhar com um retorno à parte de cima da tabela. Mas precisa também torcer por um tropeço do Goiás. Já o Furacão, que não tem mais chances de título, está muito perto de conquistar seu lugar no torneio continental. Por isso, o triunfo fora de casa é fundamental.

Na TV: SporTV Rede (menos RJ), PFCI e PremiereFC 2, com Julio Oliveira e Ledio Carmona.

Arbitragem: Wilson Luiz Seneme (SP), com Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

Você sabia que... Botafogo e Atlético-PR não se enfrentam no Maracanã há sete anos? O último jogo foi em 29 de abril de 2006, e o Furacão goleou por 4 a 0.


Comentários do blogueiro: Às vésperas de encarar o Atlético-PR no Maracanã pelo returno do Brasileirão, o Botafogo está envolto numa nuvem de incertezas quanto ao seu futuro no campeonato. Vem de um empate sem gols, em casa, contra a Portuguesa, depois de duas derrotas seguidas - para Goiás e Inter, o que lhe valeu a saída do G-4. A torcida, descrente na vaga, não dá trégua ao grupo e promove uma onda de protestos para pressionar comissão técnica e jogadores para que lutem em campo por vitórias.

O time alvinegro não mostrou nenhum padrão tático no último confronto e fez um jogo tecnicamente muito fraco. Se valeu apenas da vontade de seus jogadores pra criar algumas oportunidades de gol que não foram convertidas por falta de categoria de seus "atacantes" e pouca convicção nos arremates. A exceção ficou por conta das faltas cobradas por Edilson que levaram perigo ao gol de Lauro.

O Furacão (58), que sustenta a vice-liderança do campeonato e faz o 1o. jogo contra o Flamengo pelas finais da Copa do Brasil, na quarta, anuncia que vem ao Rio com um time cheio de reservas o que poderia facilitar a vida do Bota. Mas, com a draga que o time está vivendo ultimamente, nem sabemos se isso conta como vantagem.

Com essas variáveis, o Alvinegro (54) precisa vencer a qualquer custo o Furacão paranaense - concorrente direto pelo G-4, para afastar de vez essa fase crítica e conturbada que está vivendo no 2o. turno e seguir forte na luta pela vaga. Faltando 4 rodadas para o final do campeonato, não há mais como adiar essa reação.

Escalações

BOTAFOGO: Jefferson, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Gabriel, Renato, Hyuri (Octávio), Seedorf e Rafael Marques; Elias - Técnico: Oswaldo de Oliveira.

ATLÉTICO-PR: Weverton, Jonas, Dráusio, Luiz Alberto e Juninho; Bruno Silva, João Paulo, Zezinho e Fran Mérida; Dellatorre e Roger - Técnico: Guto Ferreira.


Por @Felipaodf/Botafogodeprimeira.com