sábado, 30 de novembro de 2013

Bota busca vitória em Curitiba por vaga no G-4


GUIA DA RODADA #37: tempos de esperança e desespero no Brasileirão. Todos os jogos envolvem ao menos um clube com objetivos a serem cumpridos: ou o sonho com a Libertadores, ou o medo da queda




Campeonatos de pontos corridos carregam a tiracolo o risco de produzir um ou outro jogo desinteressante em sua reta final, dependendo do desenho da tabela. Não é o caso deste fim de semana. Absolutamente todas as partidas serão determinantes para o futuro do campeonato - algumas mais, caso de Coritiba x Botafogo, decisiva para rebaixamento e Libertadores, e outras menos, vide Vitória x Flamengo. Mas todas terão algo em jogo.

É uma rodada de esperanças e tormentos. Atlético-PR e Grêmio já podem garantir classificação para a Libertadores. Ponte Preta, Vasco e Coritiba correm o risco de já serem rebaixados (...). Pelo menos seis jogos envolvem clubes temerosos de queda. E quatro têm relação com equipes que sonham com o G-4 (...)


Comentários do blogueiro: Essa é a proposta do site da globo para os jogos da rodada e a cada semana destacamos aqui apenas a análise relativa ao do Botafogo que é o que nos interessa.


CORITIBA x BOTAFOGO
DOMINGO, 17H - COUTO PEREIRA


Talvez o jogo mais importante da rodada, por envolver as duas pontas da tabela. O Coritiba se afastar do rebaixamento significa também afastar o Botafogo da Libertadores. O Botafogo se aproximar da Libertadores significa também aproximar o Coritiba do rebaixamento.

As duas equipes irão a campo para uma final em que o concorrente está mais em outros jogos do que do outro lado do gramado. O Coxa vem de trajetória pavorosa nas últimas rodadas. São cinco jogos sem vencer. Consequência: entrou na zona de rebaixamento. E pior, já pode cair nesta rodada, caso perca para o Botafogo e veja seus concorrentes vencerem. O Botafogo não tem margens maiores de resultado: também precisa ganhar ou ganhar, sob pena de ficar sem vaga na Libertadores. É o quinto, com três pontos a menos que o Grêmio, atual terceiro colocado e último garantido no torneio continental. Mesmo o empate tende a ser um resultado ruim para os cariocas, que só venceram um dos últimos cinco jogos.

Na TV: Premiere FC, com Julio Oliveira e André Loffredo.

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (MG), com Janette Mara Arcanjo (MG) e Pablo Almeida da Costa (MG).

Você sabia que... das quatro derrotas do Coritiba em casa neste Brasileirão, duas foram para cariocas? O Coxa perdeu como mandante para Vasco (1 a 0) e Flamengo (2 a 0). Por outro lado, venceu o Fluminense (2 a 1).


Comentários do blogueiro: A luta do Botafogo (58) por uma vaga na Libertadores continua e ela passa pelo confronto contra o Coxa, em Curitiba. Os concorrentes são os mesmos das últimas rodadas: Atlético-PR (61), Grêmio (61) e Goiás (59) ocupam, respectivamente, a 2a., 3a. e 4a. posições e a missão é torcer por uma vitória do Fogão e secar os adversários, lembrando que Grêmio e Goiás se enfrentam num confronto direto.

Na rodada passada o Bota enfrentou um São Paulo "hiper-motivado" apesar do time paulista não ter mais pretensões no campeonato. Apesar de ter um compromisso decisivo na quarta seguinte diante da Macaca pela Sul-Americana, com a obrigação de reverter o resultado desfavorável (3 a1), estranhamente o time de Murici veio pra cima do Alvinegro com força e fez 1 a 0 logo no começo da partida, em jogada de bola parada.

Mesmo com dificuldades na saída de bola, o Bota conseguiu equilibrar o jogo e empatou ainda no 1o. tempo, também em jogada de bola parada. Elias, com oportunismo, completou para o gol uma escorada de cabeça de Rafael Marques em cobrança de falta por Seedorf. No começo do 2o. tempo o Botafogo passou um verdadeiro sufoco, levando 3 bolas na trave em menos de 5 minutos. Ao final, o resultado da partida (1 a 1) não foi alterado e o objetivo de chegar ao G-4 já nessa rodada foi adiado. O Bota permaneceu na 5a. colocação com um ponto a menos do que o Goiás (59) que está em 4o.

Hoje, às vésperas de enfrentar o Coxa, em Curitiba, nessa penúltima rodada, o Botafogo precisa de uma vitória para continuar sonhando com uma das vagas para a Libertadores, via Brasileirão, único objetivo que lhe resta na temporada enquanto o adversário luta pra escapar do Z-4.

Os treinamentos da semana serviram pra descartar a presença de Renato no jogo e confirmar Gilberto na lateral direita na vaga de Edilson que cumpre suspensão. Elias segue como dúvida mas viaja para Curitiba e caso não tenha condições, Bruno Mendes entrará no time titular.

No Coritiba, o treinador interino Tcheco quer que o time use a inteligência em casa, evitando a ansiedade e o desespero, para vencer o Alvinegro e respirar na luta contra o rebaixamento.

Escalações:

Botafogo: A equipe deve entrar em campo com a seguinte formação: Jefferson, Gilberto, Bolíver, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Hyuri, Seedorf e Rafael Marques; Bruno Mendes (Elias).

Cotitiba: A provável formação deve ser: Vanderlei; Gil, Luccas Claro, Chico e Carlinhos; Júnior Urso, Willian, Thiago Primão e Lincoln; Alex e Deivid.

Por @Felipaodf/Botafogodeprimeira.com