sábado, 9 de novembro de 2013

Bota vai ao sul defender sua posição no G-4


GUIA DA RODADA #33: Rodada de possível definição de título nacional também tem jogos importantes que devem movimentar a ferrenha luta contra o rebaixamento



Só uma hecatombe, um motim dos astros, uma revolução cósmica poderia evitar aquilo que é tão óbvio: o Cruzeiro, mais cedo ou mais tarde, será o campeão brasileiro de 2013. Pois o "mais cedo" pode ser já nesta 33ª rodada. Se vencer o Grêmio no domingo e contar com um tropeço do Atlético-PR diante do São Paulo (o empate serve), a Raposa será inalcançável na tabela. Caso aconteça, o feito servirá para coroar uma campanha extraordinária do time mineiro. Jamais um clube conseguiu ser campeão brasileiro com cinco rodadas a serem disputadas na competição.

Mas a disputa vai muito além do possível título do Cruzeiro. A briga pela Libertadores segue forte, e cabe atenção ao grande jogo de Curitiba. O São Paulo, pelo que vem jogando, pode se intrometer nessa batalha na qual o Furacão está tão envolvido.
As partidas do fim de semana também podem embaralhar as cartas da briga contra o rebaixamento. Até o penúltimo, o Criciúma, pode sair do Z-4, bem como a Ponte Preta, que, após a épica classificação para as semifinais da Copa Sul-Americana, tem chance de deixar a zona da degola; em contrapartida, o Bahia, 15º, e o Fluminense, 16º, correm risco de entrar. Destaque para Portuguesa x Coritiba e Corinthians x Fluminense.


Comentários do blogueiro: Essa é a proposta do site da globo para os jogos da rodada e a cada semana destacamos aqui apenas a análise relativa ao do Botafogo que é o que nos interessa.


INTER x BOTAFOGO
DOMINGO, 17H - CENTENÁRIO


O Inter, por mais inacreditável que pareça, chega ao fim do campeonato ameaçado de rebaixamento. Badalado mais uma vez como candidato ao título, o time gaúcho voltou a decepcionar, repetindo a rotina dos últimos Brasileirões, e agora precisa vencer o Botafogo. A situação não chega a ser desesperadora, já que são seis pontos de vantagem para o Z-4, mas a tabela ameaça. Depois de encarar os cariocas, o Colorado visita Atlético-MG e Goiás. Uma sequência negativa pode atormentar o fim de ano vermelho. Clemer lida com desfalques, especialmente na defesa, e volta a apostar em Scocco como centroavante, já que Damião está machucado. Para o Botafogo, o jogo é tão determinante quanto para o Inter, mas com a diferença de que o interesse aponta para o topo da tabela. A aproximação do Goiás é preocupante para os alvinegros, que precisam somar pontos para garantir no mínimo seu atual posto, o quarto lugar - uma vaga para a Libertadores que deixará de existir se um clube brasileiro ganhar a Sul-Americana. Na última rodada, o Bota perdeu justamente para o Goiás. Lodeiro, a serviço da seleção uruguaia, está fora. Dória volta na zaga.

Na TV: TV Globo (para RJ, SC, Curitiba-PR, ES, BA, AL, Petrolina-PE, PB, RN, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR e AP), com Luís Carlos Junior, Junior e Arnaldo Cezar Coelho, e Premiere FC, com Ramiro Ruschel e Batista.

Arbitragem: Heber Roberto Lopes (PR), com Alessandro Rocha Matos (BA) e Neuza Inês Back (SC).

Você sabia que... o Botafogo costuma se dar bem contra o Inter no Rio Grande do Sul? Em 21 jogos pelo Brasileiro em Porto Alegre, foram oito triunfos alvinegros, sete sucessos colorados e seis empates. Desta vez, porém, o jogo será em Caxias do Sul.

GUIA DA RODADA #31: times do Z-4 podem se complicar ainda mais no G-4 a ordem e brigar por posições


Comentários do blogueiro: Botafogo e Internacional fizeram um jogão no 1o. turno, com duas viradas no placar. No final, um empate de 3 a 3 conseguido pelo time gaúcho no último minuto de jogo. Era a 14a. rodada e o Glorioso disputava a liderança do campeonato com Coritiba e Cruzeiro. Vitinho ainda vestia nossa camisa. Marcou 2 vezes e foi o grande destaque da partida. Seedorf, que fez um bom jogo, marcou o outro gol em cobrança de pênalti.

De lá pra cá muita coisa mudou e, apesar do time permanecer no G-4 todo esse tempo, perdeu na semana passada para o Goiás (52) e viu sua posição de 4o. colocado ameaçada pelos esmeraldinos que se aproximaram perigosamente. Esse jogo do Serra Dourada deixou a torcida alvinegra preocupada com o time que vai perdendo forças para segurar essa vaguinha até o final do campeonato - único objetivo que nos resta na temporada.

O Bota entrou em campo pra não levar gol e mostrou pouco empenho pra vencer o jogo que era considerado por todos como mais uma "decisão". Elias se esforçava lá na frente mas o time jogava muito recuado, trocando bolas na intermediária sem muita convicção. A evidente falta de vontade irritou muito a torcida no estádio.

Resultado: o time do Professor Oswaldo, armado covardemente pra empatar, voltou ao Rio derrotado pelo aplicado time goiano (1 a 0) que vinha de uma dura jornada na quarta-feira pela Copa do Brasil enquanto o Botafogo passou a semana descansando e assim permaneceu durante todo o jogo. Enquanto o treinador esmeraldino modificava seu time para buscar a vitória por acreditar nela, nós ficamos aqui torcendo para que Lodeiro, Hyuri e Lucas Zen, que entraram no decorrer da partida, resolvessem nosso problema. Lamentável...

Pois bem, nesse domingo os times voltam a se enfrentar, agora pela 33a. rodada, em Caxias do Sul, casa provisória dos colorados. A promessa de um grande jogo permanece pelos próprios ingredientes que envolvem a partida. O Inter tentando amenizar a frustração de sua torcida com a a posição do time na tabela (11o.), longe da briga pelo G-4 e muito aquém das possibilidades que seu elenco qualificado fazia supor no início do campeonato e o Botafogo que, depois de tantos problemas extra campo ao longo do competição, vem se mantendo na briga pela elite do G-4.

O time gaúcho, agora treinado por Clemer, vem pro jogo com alguns desfalques mas conta com o atacante Scocco que marcou duas vezes no confronto do Maraca, enquanto o Bota vem completo com a volta de Dória à zaga, já que Lodeiro, que está a serviço da seleção uruguaia, havia perdido a condição de titular para o garoto Gegê que depois que entrou no time não saiu mais.

A esperança para a torcida botafoguense é a de que o Bota sempre faz bons jogos contra o adversário, inclusive jogando lá no sul, e pode sonhar com um bom resultado que lhe assegure, no mínimo, a 4a. posição (53). Com um pouco de sorte, pode ainda chegar à vice-liderança em caso de tropeço do Furacão (55) e Grêmio (54), respectivamente 2o. e 3o. colocados.

Escalações

Botafogo: Oswaldo de Oliveira deve mandar a campo os seguintes jogadores: Jefferson, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel; Gegê, Seedorf, Rafael Marques; Elias.

Internacional:
 O Inter de Clemer está confirmado para o jogo deste domingo com Muriel; Ednei, Alan, Jackson e Fabrício; João Afonso, Willians, Jorge Henrique, D’Alessandro e Otávio; Scocco.

Por @Felipaodf/Botafogodeprimeira.com