quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Subindo a ladeira com El Tanque, rumo a Quito



No fim da manhã de hoje, o Botafogo deixou o hotel em Guaiaquil e embarcou no vôo que o levará à Quito (2.850m) para o jogo de estreia na (pré) Libertadores 2014, competição da qual o Glorioso esteve ausente por longos 17 anos.

Hoje saberemos se esse grupo montado para a temporada é forte o bastante para aguentar as dificuldades de uma Libertadores, a começar pelo fator altitude e mal tempo do local.

O time escalado para o confronto vai pra guerra desfalcado de Bolatti e com pouca rodagem em campo. Fez dois jogos-treinos contra pequenos do Rio e uma única partida oficial pelo campeonato carioca, contra o Madureira, que venceu, mostrando uma boa movimentação defensiva, muitas dificuldades na armação de jogadas e carências históricas na frente. Em compensação, o atacante Ferreira (30), que vinha treinando no time principal, fará sua estreia na partida o que aumenta a esperança da torcida. A presença de área do jogador deve ser um fator determinante para a busca de um bom resultado. É o que esperamos.


El Tanque, como gosta de ser chamado, é um jogador experiente e acostumado a jogar essa competição (foi vice-campeão da competição no ano passado com o Olímpia-PAR). Está otimista para o jogo de estreia marcado justamente para o Equador onde defendeu vários clubes. Ao lado de Jefferson, é a grande estrela alvinegra para o público local. Já defendeu Deportivo Cuenca, onde foi o artilheiro do Equatoriano (2007), com 17 gols, como o Barcelona de Guaiaquill (2012), onde não correspondeu as expectativas.

A provável escalação alvinegra será: Jefferson; Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel e Rodrigo Souto; Lodeiro e Jorge Wagner; "El Tanque" Ferreyra.

Hoje é dia de El Tanque mostrar seu poder de fogo à torcida alvinegra e dizer a que veio. Vamos com ele...

Por @Felipaodf/Botafogodeprimeira.com