quarta-feira, 28 de maio de 2014

O Clássico dos cansados



O Botafogo faz, diante do Palmeiras, hoje à noite (19h30) em Presidente Prudente-SP, o "clássico dos cansados".

Montagem de Marciú Paixão (internet)
O técnico Vagner Mancini passou os últimos dias reclamando do preparo físico do seu time, atribuindo a péssima campanha que o Alvinegro faz no Brasileirão - o Bota ocupa a 17a. posição na tabela - a essa condição (ou falta dela). 

Segundo a avaliação do treinador, o time cai muito de produção após 20 minutos do 2o. tempo das partidas. Com isso, aumentam consideravelmente as falhas de marcação, o número de passes errados e o time acaba cedendo terreno aos adversários como ocorreu no empate contra o Vitória (1 a 1) depois de estar vencendo até os 23' da etapa final. Nesse jogo o volante Airton nem voltou do intervalo e Bolatti e Zeballos foram substituídos por exaustão, o que não é aceitável nessa altura da temporada.




Sem poder contar com Jefferson, Dória, Daniel e Carlos Alberto - jogadores considerados titulares - Mancini deve repetir a equipe que iniciou o jogo contra o Vitória com Renan, Edílson, Bolívar, André Bahia e Junior Cesar; Aírton, Bolatti; Edilson e Zeballos; Emerson e Wallyson.

Já o Palmeiras, reclama horrores de cansaço e da falta de tempo pra treinar por ter ficado retido em Chapecó-SC por causa das más condições meteorológicas locais, de domingo a terça-feira, onde jogou e perdeu para a Chapecoense (2 a 0). 

Sem conseguir adiar o confronto contra o Botafogo, o time paulista foi obrigado a seguir viagem de ônibus de Campinas até Presidente Prudente (530 km), local do jogo de hoje. O  treinador interino Alberto Valentim deve mandar a campo: Fábio, Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira e William Matheus; Renato, Wesley, Marquinhos Gabriel e Felipe Menezes (Bernardo); Diogo e Henrique.

Difícil saber qual dos dois times vai levar vantagem dessas condições. Esperamos que seja o Botafogo. Precisamos vencer pra sair dessa incômoda zona de rebaixamento de uma vez.

Pra cima deles Fogão!