sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Mudanças pra vencer o Santos


Juntando os cacos da fatídica derrota de quarta, Mancini deve promover algumas mudanças para time voltar a vencer




Na última partida pelo Brasileirão, o Botafogo venceu a Chapecoense no Maracanã, por 1 a 0. Cachito Ramíres meteu uma bola de rosca pelo alto que entrou no ângulo fora do alcance do goleiro Danilo. Foi um golaço que deixou o narrador e o comentarista do PFC incrédulos com a perfeição do chute a ponto de duvidarem de que o meia alvinegro tivesse a real intenção de fazer o gol. Preferiram achar que a intenção do jogador foi cruzar a bola para o meio da área.

Veja o post http://felipaodf.blogspot.com.br/2014/08/um-golaco-que-animou-galera-e-revoltou.html

Mesmo com a vitória, ainda não foi dessa vez que o bom futebol apresentado pela equipe contra o Flu, em Brasília - um time aguerrido e consistente - se repetiu. Em compensação, não foi o time omisso e descoordenado da rodada anterior que foi derrotado (0 a 2) pelo o Figueira. Vencemos a Chape - um concorrente direto, mesmo sem jogar bem. Mas o mais importante nessa fase é pontuar e subir na tabela.

O Botafogo vem oscilando muito na temporada em razão da gama de problemas que assola o clube desde que foi abandonado pelo Sr. Omissão. O time ainda não conseguiu emplacar duas vitórias consecutivas no campeonato e vem de uma derrota desastrosa (1 a 2), mesmo jogando em casa, diante do time misto do Ceará, pela Copa do Brasil.

Contra a Chape, a torcida compareceu em bom número (18,4 mil) e incentivou o time em tempo integral. Não lotou o Maraca mas fez ecoar o seu canto forte pelas arquibancadas empurrando os jogadores até a vitória. O mesmo não aconteceu no jogo de quarta (22h) e ninguém sabe se comparecerá no jogo de domingo (16h).

É preciso que a torcida entenda que o elenco é fraco, está desanimado e só a presença dela, apoiando o tempo todo e em todos os jogos, pode impedir o fracasso. Somamos apenas 19 pontos em 17 rodadas. Subimos da 16a. para a 14a posição, ainda muito próximo da zona da degola.




A próxima batalha é contra o Santos de Oswaldo de Oliveira, com Robinho e tudo. O Peixe venceu o Grêmio ontem no sul, pela Copa do Brasil, e está em uma posição bem mais confortável do que o Glorioso no Brasileirão. Somou 23 pontos até aqui e ocupa a 10a. posição na tabela.

Juntando os cacos da fatídica derrota de quarta, Mancini deve promover algumas mudanças para time voltar a vencer. O desanimado Zeballos (mais lento que Felipe Menezes) foi barrado e vai dar lugar a Daniel, recuperado. Airton sentindo a coxa não treinou e deve ser substituído por Bolatti. Na frente, no lugar do El Tanque suspenso, o novato Bruno Correia que estreou contra o Ceará e foi bem, deve ser escalado como homem mais avançado. O restante do time deve ser o mesmo que perdeu para o Vozão.

Precisamos vencer de qualquer jeito!

Por @Felipaodf/Botafogodeprimeira.com