terça-feira, 2 de setembro de 2014

Atitude pra virar em cima do Vozão




Daniel é um dos destaques do Alvinegro no
 Brasileirão (Foto: Satiro Sodré/SS Press)
O Botafogo volta a campo nesta quarta-feira, no Castelão, para enfrentar o Ceará pela Copa do Brasil, depois de uma vitória convincente no domingo sobre a Santos, pelo Brasileirão.

A Copa do Brasil, título que ainda falta ao Glorioso, é a segunda competição mais importante do calendário brasileiro e dá vaga direta para a Libertadores ao seu campeão. 

Na 1a. partida, disputada no Maracanã com baixa presença de público (8,4 mil), o Bota fez uma jogo muito ruim, principalmente no 1o. tempo, e foi derrotado pelo Vozão, por 2 a 1. Para se classificar agora, precisa vencer por dois gols de diferença. Uma vitória por 2 a 1 leva a decisão para os pênaltis.

Jefferson, que desfalca o time em Fortaleza por estar servindo a seleção e é o destaque do time na temporada, salvou a equipe em várias lances e ainda defendeu um pênalti evitando um mal maior. 
A coisa estava tão feia que Vagner Mancini tirou o apagado Zeballos e pôs Rogério, para tentar dar uma sacudida no time, que não ocorreu. O Bota saiu para o intervalo perdendo por 2 a 0, com gols de Eduardo (15'1ºT) e Bill (48'/1ºT) .

O 2o. tempo começou um pouco melhor para o Bota que conseguiu equilibrar as ações. Descontou com Edilson (35'/2ºT) após passe do estreante Bruno Correa, mas parou por aí. O juiz Bráulio da Silva Machado marcou pênalti duvidoso para os cearenses e expulsou Rogério, com o 2o. amarelo, impedindo a esperada reação.

Apesar do revés no 1o. tempo do jogo de 180 min., o técnico Mancini acredita na reversão do placar e pede "olhar de tigre" ao Bota para superar a situação altamente favorável ao Vozão. Exige atitude e responsabilidade do time para uma vitória no Castelão, que deve estar lotado.

Com muitas baixas no elenco as esperanças de gol do Glorioso estão depositadas no experiente Emerson Sheik - que fez um bom jogo no domingo mas não tem a escalação confirmada, e no jovem Daniel - destaque do time contra o Santos. 

O Botafogo deve ser escalado com a seguinte formação: Andrey, Edílson, Bolívar, André Bahia e Junior Cesar; Gabriel, Bolatti, Ramírez e Daniel; Emerson (Wallyson) e Ferreyra.

Pra cima deles Fogão, com responsabilidade!  

Por @Felipaodf/Botafogodeprimeira.com