quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Bota encara o Coxa no duelo dos desesperados




O Botafogo está escalado para o duelo dos desesperados. Hoje, contra o Coritiba, às 21h, no Couto Pereira, vamos de Jefferson, Regis, Dankler, André Bahia e Junior Cesar; Airton, Gabriel e Ramirez; Rogério, Jobson e Wallyson. 

A novidade na escalação é a volta do André Bahia que, apesar de ser um zagueiro apenas mediano, goza de certo prestígio com a torcida em razão de sua dedicação nas partidas e disciplina tática. Sua volta é saudada principalmente por trazer experiência à zaga já que o jovem Matheus Menezes se mostrou lento e inseguro nas oportunidades que teve no time titular. Jogando ao lado do estabanado Dankler, foi expulso no jogo contra o Santos (5 a 0) e facilmente batido no lance do gol de Diego Souza, do Sport (1 a 1).

Bolatti também está cotado para voltar ao time na vaga de Ramírez que, permanentemente desmotivado, fez uma partida muito apagada contra o Sport. Responsável pelo setor de criação do time, nada fez de relevante na partida, desperdiçando o potencial de Jobson, que reestreava. Com essa inércia, o ataque alvinegro ficou a ver navios e dependente de alguns lampejos do esforçado Wallyson, que marcou o gol de empate em cobrança de falta. De Rogério, não há o que dizer além de ressaltar seu defeito crônico de cavar faltas em todas os lances que tenta e, invariavelmente, brigar com a bola em qualquer parte do campo. 

Com a contusão do Daniel e as saídas de Sheik e Edilson que ainda enganavam como meia, o único armador que restou no elenco chama-se Carlos Alberto, que não entra em forma nunca, vive no departamento médico e quando entra não resolve nada. Fazer o quê? Apostar em Zeballos na posição? Estamos ferrados...

No clássico da crise, quem vencer verá a luz no final do túnel já fora da zona da degola. Ao perdedor (dependendo de outros resultados), resta passar mais uma semana de agonia, vendo as chances cada vez mais reduzidas de conseguir uma reação no campeonato. Lembrando que o Bota desperdiçou a oportunidade de sair da zona ao empatar em casa, contra o Sport, no domingo passado. Veja o que escrevemos na oportunidade Muito-pouco-para-quem-precisava-fazer-o.html

Hoje, o Coxa ocupa a posição de lanterna com 29 pontos e vem de uma goleada por 4 a 0, para o Figueirense no último domingo, a maior da temporada, enquanto o Bota está na 18a. posição, com 30 pontos, e consegui 4 pontos nos últimos 2 jogos.

Está difícil sair do bolo com a baixa qualidade do elenco que sobrou após a operação "sai de baixo" do Assumpção, mas temos que acreditar, sempre!

Por @Felipaodf/Botafogodeprimeira.com