domingo, 7 de dezembro de 2014

O que esperar de 2015?




Depois de uma temporada vexaminosa - fracassos na Libertadores, C. Carioca, Copa do Brasil - que culminou com o rebaixamento do clube para a Série B do Brasileirão e se encerrou melancolicamente nesse domingo diante de poucas testemunhas (3.964) no Mané Garrincha, em Brasília, com o empate sem graça (0 a 0) diante do Galo mineiro, esperamos que 2015 seja um ano de profundas mudanças na administração e no futebol do Botafogo para que possamos voltar a ver em campo um time digno de vestir a gloriosa camisa alvinegra já a partir do Campeonato Carioca, onde vamos estrear contra o bravo Boavista, em 1o. de fevereiro. Com o último jogo do ano, o Botafogo completou 7 jogos sem marcar um gol sequer e terminou o campeonato na penúltima colocação, com 34 pontos, em 38 rodadas. Foram apenas 9 vitórias, 7 empates e 22 derrotas.

Que o novo ano traga um novo técnico, já que Mancini foi contaminado pelo péssimo ambiente. Que o time de 2015 já possa contar com Jefferson, A. Bahia, M. Mattos e Gabriel que, com quatro ou cinco contratações pontuais e mais os que retornam de empréstimo ou contusão, possam formar uma estrutura forte mesclada com as jovens promessas da base. Quanto ao restante do elenco - o pior formado nos últimos tempos, que seja sumariamente dispensado para que, o mais rapidamente possível, possamos esquecer que um dia vestiram a camisa alvinegra.

É o que esperamos... Vamos juntos, torcedor alvinegro, cobrar uma nova postura do time e da direção do clube e quem sabe, vibrar com o Fogão 2015! Não vai ser fácil...

Por @Felipaodf/Botafogodeprimeira.com