segunda-feira, 9 de novembro de 2015

É hoje...Botafogo bate na trave e adia o acesso para o jogo contra o Luverdense




Montagem do Seleção SporTV
Literalmente batemos na trave contra o Criciúma e vamos ter que buscar o resultado que nos interessa contra o Luverdense, nessa terça-feira. Não cumprimos o primeiro objetivo e teremos que adiar o próximo: a busca pelo título da competição que chegaria antecipadamente (sem depender de outros resultados) caso o Botafogo vencesse os três jogos na sequência, contando com o do Criciúma, e que agora terá que ficar para as próximas rodadas.


Caso a vitória viesse, o jogo do título poderia ser diante da torcida, no Nilton Santos, contra o Santa Cruz (14/11), pela 36ª rodada. Agora, com a derrota inesperada para o Criciúma, poderá ser contra o ABC (21/11), pela 37ª rodada, em Brasília, local escolhido pelo time potiguar para mandar o jogo (dependendo de confirmação), possivelmente já com a presença de Jefferson.


Alertávamos, no post de pré-jogo que não seria fácil manter o alto rendimento nessa reta final de campeonato em razão da ansiedade natural dos jogadores mas, sendo um objetivo possível, deveria ser perseguido com afinco por eles, o que acabou não acontecendo. Em certos momentos contra o Criciúma, o time mostrou uma apatia inexplicável que acabou por irritar a torcida. Veja no post: Blog do Felipaodf: Tô voltando: Botafogo enfrenta o Criciúma pra conf...


Tabela atualizada com os jogos da 34ª rodada

O certo é que o Botafogo não pontuou (65), adiou o acesso para o próximo jogo mas manteve uma frente razoável sobre os adversários diretos do G-4.


Terminada a 34ª rodada, temos cinco pontos de diferença para o América-MG que ocupa a vice-liderança e para o Vitória, 3o. colocado, que venceram os seus jogos e somam 60 pontos. O 4o. colocado agora é o Santa Cruz com 55 pontos, após a vitória sobre o Bahia de virada por 2 a 1, na Fonte Nova e subir três posições.


O primeiro time fora do G-4 agora é o Náutico que venceu o Paraná por 2 a 1, somou os mesmos 55 pontos do Santinha mas é o 5o. pelo critério de desempate - o saldo de gols. Já são dez pontos de diferença em relação ao líder Botafogo restando doze pontos em disputa. Uma vitória nessa rodada sacramenta o nosso acesso, com sobras.


A disputa por uma vaga na elite em 2016 continua acirrada. Além dos quatro primeiros colocados, mais seis equipes continuam na briga: o Náutico, quinto colocado com 55 pontos; o Bragantino, sexto com 54 pontos; o Bahia, sétimo também com 54 pontos; o Sampaio Corrêa, oitavo com 53 pontos; o Paysandu, nono com 52 pontos; e o nosso adversário de terça-feira, o Luverdense, décimo com 51 pontos.


No 1o. turno, só empatamos no Nilton Santos (0 a 0), no jogo de estreia do técnico Ricardo Gomes. Vivíamos o momento mais conturbado do clube no ano depois da demissão do técnico-filósofo René Simões. Veja como foi o jogo e as dúvidas que pairavam sobre o elenco quanto à sua capacidade de chegar aos objetivos na temporada : Blog do Felipaodf: Abre o olho, Botafogo!


Confira a tabela completa e os próximos jogos do Botafogo e de todos os concorrentes em>http://felipaodf.blogspot.com.br/p/carregando-tabela-do-brasileirao_21.html


Veja a rodada completa de hoje e que, certamente, vai mexer no G-4:






Depois de perder para o Criciúma (15o.), jogo que deu uma sobre-vida ao adversário que se afastou da zona da degola, o Botafogo segue sua excursão por terrenos alheios chegando ao Centro-Oeste Brasileiro onde enfrenta o bom time do Luverdense (10o.) no Parque das Emas, em Lucas do Rio Verde. A delegação só chegou à cidade mato grossense nove horas depois de deixar as terras catarinenses.


Depois desse compromisso, o time volta ao Rio para receber o Santa Cruz (4º) no Nilton Santos, sábado, às 17h30, numa disputa direta por posições no G-4 provavelmente com o time carioca já com o acesso assegurado. Já na penúltima rodada, o Bota vai à Natal (ou seria Brasília?) para enfrentar o ABC (18º), com o adversário virtualmente rebaixado. Depois dessa maratona, o time encerra a sua participação dentro de casa, contra o América-MG (2º) provavelmente já classificado, naquele que pode ser o jogo do título.


Situação do Botafogo na competição após a 34ª rodada
Veja na tabela ao lado, os números do Alvinegro na competição. Quase classificado, líder de tudo com um aproveitamento de 63%.

O Botafogo já está em Lucas do Rio Verde e deve passar o dia se recuperando da exaustiva viagem até o local. Quanto ao time que perdeu para o Criciúma, poderemos ter mudanças em posições em que o time não se houve bem. Jogamos muito bem o primeiro tempo e entregamos o segundo ao chamar o adversário para jogar em nosso próprio campo até levar o gol.


Os laterais tiveram atuação abaixo do esperado e pelo meio, Daniel Carvalho decepcionou os torcedores e os próprios familiares que levou para assistirem ao jogo. O meia não reeditou as boas atuações das vitórias sobre Náutico e Bahia quando comandou às ações em campo e foi um dos destaques das partidas.


Camacho e Arão estiveram dispersos e Neilton, muito marcado, jogou abaixo do que era esperado. O destaque ficou por conta do atacante Ronaldo que fazia sua estreia como titular e teve boa participação na partida até cansar e ser substituído por Vinícius Tanque aos 30' do 2° tempo.


O atacante mandou um tirambaço na trave logo aos cinco minutos de jogo, mostrando a que veio. Recebeu de Neilton entre os zagueiros e mandou o pé. Um pecado a bola não ter entrado. Seria o seu primeiro gol pelo Alvinegro. Aos 17, chegou bem perto disso num lance incrível. Ronaldo recebeu na área em assistência de Carleto e completou de primeira acertando novamente o poste direito. A bola correu caprichosamente sobre a linha de gol, tocou no poste esquerdo e voltou nas mãos do goleiro. Faltou o "confere", típico de todo grande artilheiro, pra marcar. Ao invés disso, o atacante acompanhou o lance sem ir de encontro a bola e se desesperou quando viu que ela não estrou.


Como não fez o gol, o Botafogo, meio conformado com o acaso, recuou e deu campo ao adversário que passou a levar perigo ao gol de Jefferson. Mas o pior estava por vir. Roberto Cavalo mexeu no time na volta do intervalo e o Tigre passou a dominar o jogo diante de uma passividade irritante do time de Ricardo Gomes. Resultado, os caras fizeram um gol nas costas de Carleto que deu todo o espaço do mundo ao adversário (como sempre), que dominou a bola, evoluiu em direção à área e faz um cruzamento para Maurinho, que havia entrado a pouco na partida, marcar. Era 24' do 2º tempo, tempo suficiente para que o Botafogo buscasse um melhor resultado. O time tentou mas, sem muita convicção, nada conseguiu. As entradas de Diego Jardel no lugar do inoperante Camacho (18'/2ºT) quando se espera Fernandes e de Lulinha no de Daniel Carvalho (33'/2°T) não mudaram o panorama do jogo. Sem Navarro, Sassá e Luis Henrique, a aposta de RG foi em Vinícius Tanque, que entrou no lugar de Ronaldo mas não tem a mínima condição de jogar no Botafogo.


Durante a partida e a cada oportunidade de gol perdida, subia nas redes sociais o nome de Navarro, ausência muito lamentada pela torcida. Sassá está no estaleiro aguardando a marcação da cirurgia no joelho e Luis Henrique sentiu um desconforto na coxa após voltar da Seleção Sub-17 e ficou no Rio se recuperando.

Agora é aguardar a decisão de R. Gomes sobre a melhor formação para encarar o Luverdense e torcer para que os escolhidos se empenhem um pouco mais do que no jogo contra o Criciúma. Precisamos urgentemente dessa vitória para garantir a nossa sonhada volta a Série A. Será o fim da agonia.


As escalações mais prováveis são:

LUVERDENSE: Edson; Raul, Luiz Otávio, Everton e Paulinho; Muralha, Da Matta e Alípio; Osman, Lucas Fernandes e Tozin. Técnico: Júnior Rocha.

BOTAFOGO: Helton Leite, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Carleto; Rodrigo Lindoso, Willian Arão, Camacho e Daniel Carvalho; Neilton e Ronaldo. Técnico: Ricardo Gomes.

Vamos que vamos Fogão!