quinta-feira, 12 de novembro de 2015

BOTAFOGO de PRIMEIRA: Depois do ACESSO, vamos em busca do TÍTULO



Montagem do Botafogo Oficial
Depois e bater na trave contra o Criciúma no sábado passado, o Botafogo finalmente conseguiu o seu retorno à Série A ao vencer o bravo Luverdense na última terça-feira, com três rodadas de antecedência.


O time de Lucas do Rio Verde (conhecida como a cidade das mariposas) estava invicto em seu campo a 11 jogos e tinha a melhor campanha do 2o. turno. E o Glorioso, impetuoso como (quase) sempre, acabou com a festa dos anfitriões ainda no 1o. tempo.


Depois dessa conquista, não custa lembrar que esse elenco foi montado especialmente para a disputa da Série B com jogadores desconhecidos mas experimentados nesse tipo de competição, com exceção do nosso Jefferson, dos garotos da base e dos que chegaram depois pra recompor o elenco duramente desfalcado de Jobson, Pimpão e Gilberto no início da jornada. Nessa leva chegaram Navarro, Neilton e Lindoso, hoje titulares absolutos do novo time. Até ai, houve acerto nas escolhas, com raríssimas exceções.


Montagem do RodrigoPimpãoOficial.
 Mesmo de longe, o jogador 
comemorou o acesso
Uma vez cumprido o primeiro e mais importante objetivo que era a volta à elite, podemos voltar nossas vistas para o título que ficou mais perto depois da vitória de terça, lembrando que a premiação prometida aos jogadores e comissão técnica pelo acesso tem origem no prêmio em dinheiro da CBF. A Taça em si não terá a importância devida em razão da auto-estima do torcedor alvinegro estar profundamente ferida pela queda do ano passado patrocinada que foi pelo irresponsável que um dia ousou sentar e permanecer por dois mandatos na cadeira de presidente da Instituição sob o olhar complacente do seu Conselho. Título da Série B não é coisa que se comemore... Será? Com a palavra, os jogadores...


Faltando três rodadas para o final da competição, o que corresponde a 9 pontos em disputa, e tendo somado 68 pontos contra 63 do 2o. colocado, o América-MG, o título viria para General Severiano com mais 6 pontos (2 vitórias, sem precisar secar os adversários), considerando que temos uma vitória a mais do que o time mineiro. Chegaríamos a 74 pontos enquanto o Coelho só poderia chegar aos 72, caso vencesse os seus três jogos contra o desinteressado Paraná (13o.), fora; o poderoso Ceará (16o.) querendo permanecer fora do Z-4 , em casa; e o próprio Botafogo que lidera a competição e quer o título podendo ser esse o jogo das faixas.


Veja os resultados da 34a. rodada e as implicações na briga pelo G-4:



O próximo compromisso do Glorioso será no próximo sábado, no Nilton Santos, contra o Santa Cruz (58), numa briga direta por posições no G-4. Um jogo na medida para a torcida alvinegra do Rio que deverá comparecer em grande número ao nosso estádio e comemorar com os jogadores o merecido acesso. Eles merecem esse reconhecimento e a torcida, a festa - que estava prometida desde a virada do ano quando a história do clube foi manchada com mais esse rebaixamento.


Contudo, suportamos as humilhações com hombridade e hoje voltamos ao nosso lugar brigando no campo, sem salamaleques, encurtamento de caminhos, manobras escusas ou maracutaias com qualquer seguimento que seja.


Caso consiga a vitória contra os pernambucanos no Nilton Santos, quem pode ver a volta olímpica da conquista do título é a torcida de Brasília já que o próximo jogo está confirmado para o Estádio Mané Garrincha, local escolhido pelo mandante para amargar o seu descenso - o ABC, 18o. colocado com 29 pontos já está rebaixado para a Série C de 2016.


No nosso post de pré-jogo, mostrávamos as possibilidades do acesso se dar contra o Luverdense apesar da boa campanha do adversário jogando em casa e no 2o. turno. Veja a matéria: Blog do Felipaodf: É hoje...Botafogo bate na trave e adia o acesso pa..


Tabela atualizada com os jogos
 da 35ª rodada
O certo é que, com mais essa vitória fora de casa, o Botafogo chegou a expressivos 68 pontos, manteve a liderança isolada com uma frente confortável de cinco pontos para o vice-líder América-MG que tem 63, garantiu o acesso e parte com tudo em busca do título da competição.


Os outros dois times do G-4 são o Vitória com 60 pontos, que manteve a terceira posição mesmo depois de ser goleado pelo Coelho por 4 a 0, e o Santa Cruz, que permaneceu em quarto com 58 pontos, depois de vencer o Oeste em Recife por 3 a 1.


O primeiro time fora do G-4 agora é o Sampaio Corrêa com 57 pontos, que venceu o Atlético-GO por 2 a 0 e pulou da sétima para a quinta posição. A seguir, temos o Náutico que só empatou com o Macaé por 1 a 1 e caiu para a sexta posição com 56 pontos; o Bahia que decepcionou sua torcida ao empatar com o ABC na Fonte Nova por 2 a 2 e soma 55 pontos, na sétima posição; o Bragantino que foi facilmente batido pelo Ceará por 3 a 0, permaneceu com 54 pontos e caiu da sexta para a oitava posição; o Paysandu que perdeu forças na reta final, só empatou em 1 a 1 com o rebaixado Mogi Mirim, soma 52 pontos e manteve a nona posição e; finalmente o Luverdense que foi derrotado em casa pelo líder Botafogo, manteve os 51 pontos e permaneceu em décimo.


Confira a tabela completa e os próximos jogos do Botafogo e de todos os concorrentes em>http://felipaodf.blogspot.com.br/p/carregando-tabela-do-brasileirao_21.html


No 1o. turno, perdemos para o Santinha por 1 a 0 jogando diante de grande público no Arruda, com gol do estreante Grafitte que fez festa em cima do Líder. Veja como foi o jogo e as incertezas que pairavam sobre o time de Ricardo Gomes depois de dois empates em 0 a 0 em casa, contra Criciúma e Luverdense: Blog do Felipaodf: Tudo por um gol... Tudo por uma vitória pra espant...



Situação do Botafogo na competição
 após a 34ª rodada
Veja os números do Alvinegro na na tabela ao lado. Já com o acesso garantido, líder de tudo com um aproveitamento de 64,8%, resultado de 20 vitórias, 8 empates e 7 derrotas. Temos ainda o melhor ataque, com 58 gols e a melhor defesa, com 26 gols contra, o que dá um saldo de de 32 gols.

O Botafogo retornou ontem ao Rio e foi recepcionado com festa no aeroporto pela torcida. Nesta quinta-feira, já volta aos treinamentos normais em campo.


Quanto ao time que venceu o Luverdense, deveremos ter uma única modificações já que Ricardo Gomes ficou satisfeito com o rendimento. Com o terceiro cartão amarelo na partida, o zagueiro Renan Fonseca, que jogou todas as partidas do ano, ficará fora dessa.

No jogo, o Botafogo só teve dificuldades para conter o ímpeto do adversário no começo do jogo. Empurrado pela torcida local, o Luverdense levou algum perigo ao gol de Helton Leite mas acabou saindo para o intervalo com a desvantagem no placar, com o gol marcado pelo atacante Ronaldo, o seu primeiro com a camisa do Botafogo. Na etapa final o time da casa não se acertou e facilitou as coisas para o Alvinegro que ainda teve um pênalti a favor no final do jogo desperdiçado por Neilton.


Assista os bastidores da vitória que assegurou o Fogão na primeira divisão em 2016!

  


Aos 42', recuperado do desgaste com a parada técnica dada pela arbitragem em razão do forte calor que fazia em Lucas do Rio Verde, Daniel Carvalho foi lançado pela direita e cruzou rasteiro para a área onde encontrou Ronaldo que, mais rápido que os zagueiros, finalizou para a rede.


O Botafogo passou aperto mas também teve chances de ampliar o placar. Numa delas, Diego Jardel que havia entrado no lugar de Daniel Carvalho, colocou Neilton na cara do gol mas o atacante finalizou em cima do goleiro. No finalzinho, já nos acréscimos, o atacante teve a chance de deixar o seu mas cobrou pra fora o pênalti sofrido por ele.


Atacante Ronaldo comemorando o seu
1o. gol pelo Alvinegro. O gol do Acesso


Com uma defesa bem postada e conseguindo se safar nos momentos mais críticos da partida, inclusive com a volta de Helton Leite ao gol alvinegro depois de muito tempo sem jogar, o destaque da partida ficou com os homens lá da frente. Daniel Carvalho voltou a fazer uma boa partida e foi um dos destaques do jogo depois de jogar abaixo de suas possibilidades na derrota para o Criciúma, inclusive na jogada que resultou no gol único da partida. Neilton depois de começar o jogo a mil por hora confundindo a defesa adversária com a sua velocidade, foi caindo de produção até perder um gol feito e o pênalti batido sem capricho. Depois de acertar a trave seguidas vezes no jogo em Criciúma, Ronaldo desencantou e voltou a mostrar qualidade ao fazer o gol único da partida, o seu primeiro no Botafogo, o gol da classificação. Como ele mesmo disse após a partida, o gol da sua vida.


Com o apito final, os jogadores eufóricos com o dever cumprido, foram comemorar o acesso junto a galera que apoiou o time o tempo todo. Ricardo Gomes, muito emocionado, agradeceu a chance de viver esse momento depois de tudo que ele passou desde que teve o grave problema de saúde e convocou o grupo a focar no título.


Esse final de campeonato promete, agora com muito menos pressão já que o grande objetivo foi alcançado. Foi num dia 10 de novembro do ano de 2015, na cidade de Lucas do Rio Verde-MT que o Botafogo subiu para a Série A pra nunca mais voltar!


Parabéns aos jogadores, ao Jefferson que não pode estar nesse momento, a comissão técnica e ao Presidente e sua Diretoria que, com as maiores dificuldades do mundo, trouxeram com competência o time até aqui.


Valeu muito e um salve a todos!