segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Retrospectiva 2015: O ano da redenção alvinegra - Top 5 das matérias do Blog




Caros amigos alvinegros, estamos em contagem regressiva para o encerramento de mais um ano. É comum nessa época, as pessoas e instituições fazerem um balanço de suas atividades avaliando o que deu certo e o que não deu para corrigir rumos e planejar ações futuras. Com a gente aqui do blog não poderia ser diferente.

Dois mil e quinze foi um ano de recuperação para o Botafogo depois de viver, em 2014, um dos anos mais negros de sua história recente pelos motivos sabidos por todos. Partimos do zero e conseguimos montar um elenco (quase) todo novo a partir da permanência de Jefferson que resolveu encarar o desafio de voltar à Série A quando tinha mercado para jogar em qualquer time da 1a. divisão. Com a presença marcante do goleiro, convocamos alguns talentos da base e fomos atrás dos destaques da série B do ano anterior para formar um grupo capaz de encarar o desafio de voltar à elite sem grandes sustos. No princípio, com René Simões e depois com Ricardo Gomes - com breve passagem de Jair Ventura na interinidade -, conseguimos o feito com sobras.

Fizemos um bom Campeonato Carioca. Conquistamos a Taça Guanabara com o melhor ataque e a melhor defesa da competição. Chegamos à final e deixamos o título escapar nos dois jogos contra o Vasco. Caímos na Copa do Brasil ainda na fase de classificação com uma derrota inesperada para o Figueirense em pleno Nilton Santos. Marcão fez o gol da vitória no último ato da partida, aos 47' do segundo tempo. Uma derrota tão doída que derrubou o técnico René Simões. Após esse revés, o time passou por uma fase de incertezas mas conseguiu se aprumar no Brasileirão onde liderou a competição em 30 das 38 rodadas. Conseguimos o acesso com três rodadas de antecedência com uma vitória contra o Luverdense, em Mato Grosso e o título, antes de encerrar a participação contra o América-MG, em Brasília.

O Blog do Felipaodf não é uma uma empresa que visa lucros e nem tanto uma instituição que deve prestar contas aos seus associados ou investidores. Somos apenas um veículo de comunicação amador, dirigido por um torcedor alvinegro que resolveu manifestar o seu amor pelo clube escrevendo. E foi com esse propósito que criamos esse espaço alvinegro: para acompanhar, descrever e opinar sobre os assuntos que envolvem o Glorioso, mantendo sempre o respeito à instituição e interagindo com os nobres leitores.

Veja a retrospectiva de 2014 e relembre o que foi destaque aqui no blog no ano passado: Blog do Felipaodf: Retrospectiva 2014: Top 5 das matérias do blog

No ar desde 19.03.13, colecionamos mais de 1.909 posts publicados ao longo desse tempo abordando o dia-a-dia do clube e propondo temas para discussão entre os torcedores. Já são quase 105 mil visitas desde a primeira publicação o que dá bem a dimensão que o espaço tomou nesse curto espaço de tempo. Agradeço a todos por isso.

Em homenagem aos leitores que acessaram o blog nesse último ano, resolvemos publicar o TOP 5 com as matérias mais acessados em 2015, como fizemos no ano passado com sucesso:

1- O campeão delas, com 914 acessos, foi publicado em 11.10 e tratava da confusão na tabela do Campeonato Brasileiro da série B com o adiamento de jogos do Botafogo. Com isso o Glorioso completaria quatorze dias sem jogar, período que foi utilizado para descanso, aprimoramento técnico e definição do time para a restante da competição. O Botafogo liderava o campeonato com 56 pontos e vinha de uma boa sequência de seis vitórias e dois empates nos últimos oito jogos. O Alvinegro tinha 99% de chances de subir com 64,4% de aproveitamento. Essa mexida na tabela foi promovida pela CBF pra preservar o clube quanto ao prejuízo técnico que teria com a ausência de Jefferson que esteve a serviço da Seleção Brasileira convocada para os dois jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo. Pois bem, enquanto o Líder descansava os concorrentes corriam atrás do prejuízo.  Clique no link e veja a matéria na íntegra:



Análise da 30ª RODADA, sem a presença do BOTAFOGO e com a volta de JEFFERSON


Com o jogo do Vitória contra o Boa Esporte no Barradão vencido pelos baianos por 2 a 1, encerrou-se a 30a. rodada da série B - só que não!

Como assim? Se esqueceram de chamar o dono da festa, o líder, o Glorioso de General Severiano pra jogar? Explico: essa rodada, que teve início na terça-feira (06/10), prosseguiu com vários jogos na sexta seguinte e foi "encerrada" no sábado com o jogo do Barradão, ficou muito confusa para os botafoguenses e promete ficar mais ainda nas duas próximas semanas. Tudo porquê houve uma inversão na ordem dos confrontos contra o Ceará e Bragantino além da mudança das datas desses jogos.... mais »




2- O vice (não é o Vasco) dos mais lidos, com 741 acessos, foi publicado em 02.01 e tratava da permanência do goleiro Jefferson para a disputa da Série B em 2015. O post fez grande sucesso pois confirmava a notícia que todos queriam ouvir depois de um fim de ano tenebroso com o rebaixamento e a absoluta falta de perspectiva da torcida para o ano que se iniciava. O post tratava ainda da transparência administrativa implantada pela nova diretoria que passou a dar publicidade às suas decisões por meio de Notas Oficiais veiculadas no site do clube. Atitude muito elogiada por todos por ser um caminho seguro e democrático para informar à torcida sobre a vida do clube nos livrando das incômodas especulações veiculadas na imprensa todo santo dia, típicas do início de temporada. Clique no link e veja:


Só uma reviravolta tira Jefferson do Botafogo



Depois de uma passagem de ano sem perspectivas quanto a formação do elenco para a disputa da próxima temporada - Campeonato Carioca, Copa do Brasil e Brasileirão da Série B -, o primeiro dia útil do ano no Botafogo ainda não foi de contratações. O que se vê na imprensa são especulações sobre a chegada de jogadores que defenderam times de menor projeção em 2014 e nada mais.

A boa notícia de hoje ficou por conta do aniversário do goleirão Jefferson, o mais importante jogador do elenco, ídolo da torcida e símbolo da filosofia de trabalho da nova gestão. O presidente CEP tem dado reiteradas declarações de que o esforço da nova diretoria está direcionado para a permanência de Jefferson até 2017.... mais »



3- O 3o. colocado, com 681 acessos, foi publicado em 04.11. Era uma análise criteriosa da rodada 34a. rodada e o Botafogo liderava com 5 pontos de diferença para o 2o. colocado, o América-MG. Depois de vencer o Bahia no Rio, o Alvinegro iria a Criciúma enfrentar o time local com possibilidades matemáticas de conseguir o acesso antecipado já nesse jogo. Não foi nesse mas no próximo, contra o Luverdense, em Lucas do Rio Verde-MT, bem longe da torcida do Rio. A comemoração do acesso foi no Nilton Santos, contra o Santa Cruz e a conquista do título se deu contra o ABC, em Brasília, na penúltima rodada da competição. O encerramento foi dentro de casa, contra o América-MG, novamente diante da torcida. Acesse o link e veja a sequência de partidas e o caminho percorrido até à conquista do título:


Botafogo aguarda fechamento da 34a. rodada para comemorar o acesso à série A


A 34a. rodada da Série B foi aberta na noite dessa terça-feira com dois jogos. Em Bragança Paulista, o Bragantino venceu o já rebaixado Mogi Mirin por 3 a 1 com facilidade, enquanto em Belo Horizonte, o América-MG bateu o Paysandu pelo mesmo placar num jogo de bom nível técnico e que valia vaga no G-4. Os mineiros mostraram consistência e estão quase lá. Com os resultado do jogo em São Paulo, o Bragantino somou 54 pontos, subiu da 9a. para 4a. posição e desbancou o Bahia do G-4 que tem a mesma pontuação mas perde feio no número de vitórias... mais »


4- O 4o. post mais acessado - 585 vezes - foi publicado em 07.09. Era a análise da grande vitória do Botafogo (líder) sobre o Vitória (vice-líder) em pleno Barradão - uma espécie de final na competição de pontos corridos. Jogamos cautelosamente com um olho no campo e outro na tabela. Mesmo com sérios desfalques, conseguimos manter o padrão demonstrado contra o Atlético-GO - focado e atento pra não levar gol no começo do jogo - e fizemos frente mesmo jogando no Barradão. Mostrando raça e personalidade quando a técnica não ajudava, a equipe se superou e trouxe pro Rio mais três pontos marcantes nessa trajetória. Uma vitória daquelas pra guardar e comemorar no final da jornada. O "nome do jogo" foi Sassá que mais uma vez mostrou força vindo do banco. Foi dele o gol da vitória. Rápido como um azougue, Sassá atropelou o marcador na velocidade e marcou com estilo um gol que ele deve estar comemorando até hoje. Acesse o link e veja se não temos razão:


Refazendo o #PactoAlvinegro


Quem leu o post de pré-jogo contra o Vitória (Blog do Felipaodf: Depois de abater o Dragão no Rio, vamos encarar um Leão em Salvador), lembra como terminamos o nosso texto: "Vamos ver quem vai se dar bem no confronto do líder contra seu vice. Sou mais o Bota desde que encare o adversário baiano com cautela". E foi exatamente o que aconteceu. O Botafogo veio fechado no começo do jogo, respeitando o time da casa. Morcegando aqui e acolá, tentando iludir o adversário como quem não quer nada. O time carioca agiu talqualmente um bom baiano que não tem pressa que as coisas aconteçam. Por medo? Não. Por pura estratégia de Ricardo Gomes que surpreendeu na escalação. Quase sempre cauteloso, mandou a campo um time mais mexido do que o convencional. Giareta apareceu improvisado na lateral esquerda, Fernandes na armação e Lulinha na ponta, deixando Jean, Elvis, Jardel e Sassá (substitutos naturais dos titulares ausentes) como opções no banco... mais »


5- Fechando o Top 5 dos posts mais acessados do ano (532 acessos), temos a matéria publicada em 27.08 que tratava da derrota frustrante do Botafogo diante do Paysandu por 3 a 2, em pleno Nilton Santos. Era o jogo de abertura do returno do campeonato. O misto de impeto e afobação do time na busca do gol a todo custo influenciado pela boa presença de público no jogo, contrastou com as bobeiras do setor defensivo que nos custaram a derrota. A chamada Avenida Carleto, inaugurada ainda no começo da temporada, continuava a nos causar prejuízos enormes. Apesar do alerta de R. Gomes para que os jogadores não se impressionassem com a torcida que viria em massa para o jogo, alguns sentiram o peso da camisa ao se apresentarem para o maior público do Alvinegro no campeonato. Outros sentiram o fato de jogar às 11 horas da manhã, com o sol a pino sobre suas cabeças. Clique e sinta a dimensão dessa pequena catástrofe ocorrida em nossa casa:


Hoje não, hoje não, hoje sim...


Hoje não, hoje não, hoje sim... É inacreditável... Se eu tivesse apostado todo o meu dinheiro, eu teria perdido! Quem não lembra da indignação do narrador Cléber Machado no Grande Prêmio da Áustria de Fórmula 1, ocorrido há 13 anos, com a ordem da Ferrari obrigando Rubens Barrichello a deixar Michael Schumacher ultrapassá-lo na reta final da prova?

A narração se presta perfeitamente para descrever a decepção dos torcedores botafoguenses com o desempenho do Botafogo em campo ao levar três gols do Paysandu em situações consideradas bizarras quando o esperado era uma vitória em casa que o levaria à liderança isolada do campeonato, conforme pedia o #pacto, conforme merecia a festa armada pela torcida... mais »


De lambuja, resolvemos acrescentar mais duas publicações que tiveram uma quantidade de visitas similares aos anteriores, com 501 e 485 acessos respectivamente, e que valem a pena a leitura. Cliquem e vejam:


Mesmo com preços salgados, torcida basiliense está empolgada com o jogo do título


Diante do Santa Cruz, no último sábado, o Botafogo foi um time apático e decepcionou a torcida que compareceu em grande número ao estádio Nilton Santos. Com a derrota por 3 a 0 para os pernambucanos, o clube adiou o sonho de ser campeão da Segundona depois de ter garantido o acesso na semana passada, contra o Luverdense, com três rodadas de antecedência.
Fomos facilmente batidos pelo adversário sem que tenhamos esboçado uma reação convincente e isso chocou os Alvinegros presentes ao estádio. Com o resultado inesperado no Nilton Santos, a possibilidade de título foi transferida para Brasília onde o time encara o ABC já rebaixado, no Mané Garrincha (a segunda casa do Botafogo), bastando para isso uma vitória simples do Alvinegro.
A torcida de Brasília está eufórica com a possibilidade inédita de ver o nosso capitão JEFFERSON, depois de todas as agruras que passou no ano passado defendendo o clube, ganhar um título nacional com a camisa alvinegra e dar a volta olímpica no Mané Garrincha - estádio que homenageia um dos maiores ídolos da gloriosa história alvinegra..... mais »


Iluminado, Sassá fez torcida sassaricar no Niltão. Que venha o Mogi...




Jogando em casa, na última terça-feira, o Botafogo defendia a liderança do campeonato contra o bom time do Paraná e perdia o jogo até os 26' do 2º tempo quando o iluminado Sassá, que havia entrado dez minutos antes no lugar de Lulinha, marcou o gol de empate na base da raça. A torcida alvinegra explodiu em delírio no Niltão ao ver o atacante "porrar" pra dentro uma bola que insistia em não entrar, rebatendo seguidamente na parede de cinco zagueiros paranistas que se entrincheiraram debaixo da baliza. Dessa forma, o atacante Sassá, rotulado como o talismã alvinegro da nova geração, fazia a torcida sassaricar* nas arquibancadas do Nilton Santos como havia feito três dias antes, no Barradão, ao marcar o gol da vitória sobre o Rubro-negro baiano no chamado choque de titãs da Série B.... mais »


Pelo balanço das matérias, acreditamos ter feito um trabalho digno. Agradecemos o apoio de cada um dos mais de 105 mil visitantes do blog e dos amigos que comentaram e compartilharam nossas matérias nas redes sociais. Isso nos incentiva a prosseguir no projeto que tem como principal objetivo exercer o nosso amor incondicional pelo clube da Estrela Solitária. De antemão, abro esse espaço para que os amigos torcedores possam expressar o seu amor pelo alvinegro por meio de textos próprios e publicá-los aqui, aumentando a interação.


Um grande Ano de 2016 a todos os torcedores, com votos de muita saúde e realizações. Que Deus ilumine nossos dirigentes para que conduzam, ao lado da comissão técnica e jogadores, o querido Botafogo a um lugar de destaque na campanha do próximo ano. Mesmo sem grandes perspectivas de investimentos e contratações, estou confiante de que continuaremos recuperando a credibilidade da instituição tão aviltada pela administração passada - a pior da nossa história.

Pessoalmente, espero poder retornar ao Rio com brevidade para acompanhar o Glorioso no Campeonato Carioca, Copa do Brasil e Brasileirão, como em oportunidades anteriores. Te amo Fogo!

Saudações aos Amigos!

Por @Felipaodf/Botafogodeprimeira.com