sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Todos ao Niltão para abraçar o Jefferson e matar a saudade do time contra o Bragantino (Atualizado)




Montagem da VAVEL
O Botafogo volta a campo neste sábado, às 16h, para enfrentar o Bragantino em jogo antecipado da 31o. rodada, depois de ficar quinze dias só treinando em razão da paralisação do campeonato por conta dos jogos da Seleção.

O jogo servirá também para que os torcedores alvinegros matem a saudade do goleiro Jefferson que volta a defender nossa camisa nesse jogo. E o Capitão chegou com tudo no primeiro dia de treinos e convocou seus soldados: "Vamos pra guerra" 

Anteriormente, o clube já havia parado outros dez dias antes de enfrentar o Sampaio Corrêa, em São Luiz, no último dia 02/10. Porém, mesmo com essa parada a qualidade do futebol apresentado não foi das melhores como já não havia sido nos quatro jogos anteriores, apesar dos bons resultados. Isso foi alvo de análise do post anterior e os pontos levantados na discussão estão à disposição do torcedor para que opine. Veja: Blog do Felipaodf: Análise da 30ª RODADA, concluída sem


Olhando-se a tabela abaixo, vemos que o Botafogo ficou com um jogo a menos em relação a maioria de seus concorrentes e dois, em relação ao Vitória, que é o vice-líder; ao Paraná, a quem os baianos enfrentaram ontem e empataram em 1 a 1; e à dupla Boa Esporte e Sampaio, que também se enfrentaram abrindo a 31a. rodada e empataram em 2 a 2.

Tabela atualizada com os jogos de ontem
que abriram a 31a. rodada
Essa situação só vai se regularizar na 32ª rodada quando o Alvinegro for a Recife para pegar o Náutico, dia 24/10, e já terá enfrentado o Ceará na terça-feira (20/10), em jogo adiado da 30ª rodada. É confuso, né? Mas é o que vai acontecer.

Com o empate de ontem, o Vitória, somou mais um ponto, somou 56 e igualou a mesma pontuação do Botafogo que tem dois jogos a menos mas continua líder pelos critérios de desempate. O resultado foi favorável ao time carioca que, caso vença o Bragantino hoje no Niltão, abre frente de três pontos sobre o time baiano, podendo ampliar essa vantagem para seis, caso vença também o Ceará na próxima terça, quando volta a jogar em casa. Só depende do Botafogo fazer o dever de casa (de novo).


Mas a confiança do time em manter a liderança é grande assim como a confiança da torcida num bom resultado. O último revés do time sob o comando de Ricardo Gomes foi para o CRB, no longínquo dia 28 de agosto. Desde então, são seis vitórias e dois empates, série invicta que foi fundamental pra criarmos uma folga razoável na liderança.


Mesmo com dois jogos a menos, continuamos com 99% de chances de subir. O aproveitamento é de 64,4%, índice mais do que suficiente para o retorno. Como mandante, o aproveitamento é de 73,8% com expressivos 26 pontos somados fora de casa de um total de 56 já conquistados. Continuamos a ser o melhor visitante com 57,1% de aproveitamento.


A boa campanha até agora nos credencia a sonhar também com o título da competição. A probabilidade de o Alvinegro ser campeão da Segundona antes da rodada era de 79%, conforme cálculos dos matemáticos de plantão. O número mágico para o feito gira em torno dos 74 pontos. Faltam, portanto, 18 pontos em 27 possíveis até o final da competição. ë é um bom dia pra nos aproximarmos do objetivo.


Imagem da Internet: créditos para essa figura aí
 
em baixo (escudo) que não consegui identificar
Pois bem, o Botafogo teve tempo mais do que suficiente pra treinar e descansar, período que foi muito festejado pelos jogadores e comissão técnica que, espera-se, reflita em um bom futebol em campo. Mas o que catalizou a atenção do torcedor alvinegro nesse período foi a presença do nosso Capitão na Seleção do Dunga. Depois de ser eleito anos seguidos como o melhor goleiro do Campeonato Brasileiro, de ter feito exibições magistrais defendendo o Botafogo na atual série B e de ter consolidado o seu espaço também na Seleção, Jefferson teve uma semana de cão ao virar símbolo do fracasso do "time amarelão" no jogo de estréia das eliminatórias contra o Chile. De forma orquestrada, a imprensa jogou sobre o goleiro todo o peso da má atuação coletiva da equipe. A perseguição deu certo, tanto que o enfraquecido treinador cedeu ao clamor dos urubus carniceiros de plantão e barrou Jefferson dando oportunidade ao goleiro Alisson do Internacional, clube com o qual o técnico e o coordenador tem fortes relações. A mesma imprensa que levantou a bola de que um jogador da série B não poderia defender a seleção se mostrou estarrecida com a ousadia do técnico em barrar um jogador, até então, dedicado, experiente e regular como Jefferson. As especulações sobre os motivos tortos que o levaram a tomar essa atitude "subiram" nas redes sociais e as explicações pobres e pouco convincentes do treinador aumentaram a fervura da discussão.


Ao torcedor alvinegro, que se manifestou veementemente nas redes ao defender o seu capitão, só resta uma saída: comparecer em massa ao Niltão para matar a saudade do time e recepcionar o Ídolo maior dessa campanha, no que chamei o dia do #AbraçoAoJefferson. É o mínimo que se espera da torcida. E pelo que eu conheço dela, os que forem vão homenagear o jogador à altura como tem feito em outras oportunidades festivas. O dia é bom, o horário melhor ainda e nada justifica ficar de fora dessa festa-recepção. Uns 10 mil a mais do que os 7 mil mais assíduos das outras jornadas, já serviria para dar a dimensão do quanto respeitamos nosso ídolo. Vamos ver no que vai dar essa mobilização...


No campo, o Botafogo não vai contar Fernandes e Roger Carvalho mas teremos o retorno de Jefferson, Luis Ricardo, Carleto e Daniel Carvalho. Desses, apenas Daniel, que se recuperou da contusão no tornozelo mas ainda está inseguro, não tem volta garantida ao time titular. O jovem Diego, autor dos dois cruzamentos certeiros que resultaram em gols contra o Sampaio, estava cotado para começar o jogo mas deve ficar como opção no banco.


Com os testes feitos do decorrer desse período sem jogos, Ricardo Gomes deu indícios que teremos mais mudanças no time. Tomas e Octávio treinaram bem e estão cotados para substituir os meias ausentes, enquanto Giaretta deve compor a dupla de zaga com Renan Fonseca.


Na proteção a zaga não há surpresas. Lindoso e Arão devem permanecer no time assim como a dupla de ataque, Neilton e Navarro que voltou com tudo no último jogo. Sendo assim, a escalação para enfrentar o Bragantino deve ser: Jefferson; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Giaretta e Carleto; Lindoso e Willian Arão; Tomas e Octávio; Neilton e Navarro.


Por sua vez, o Bragantino, que ocupa a nona posição com 45 pontos e briga pra se aproximar do G-4, venceu o Criciúma na última rodada e não deve facilitar as coisas para o Alvinegro. O time comandado pelo técnico Wagner Lopes deve formar com : Douglas, Alemão, Gilberto, Eder Lima e Moisés; Everton Dias, Bruno Formigoni, Alan Mineiro e Jocinei; Rodolfo e Bruno Corrêa. Técnico: 


Queremos uma vitória com casa cheia e se possível, com um bom futebol para agradar aos torcedores, ainda mais agora que o Vitória chegou junto e certamente a pressão vai crescer pra cima dos jogadores que precisarão de muito apoio desses mesmos torcedores pra vencerem a partida. A medida que as horas passam, sobe a ansiedade em relação ao jogo. Eu, pessoalmente, estou uma pilha...


Por @felipaodf/Botafogodeprimeira.com

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

BOTAFOGO NO AR - ENTREVISTA LOCO ABREU.


Fala Tudo El Loco...


Estamos na escuta, direto aqui de Brasília (ontem, ao vivo).

Parabéns galera da RÁDIO DE BOTAFOGO pelo GOLAÇO DE CAVADINHA com essa entrevista ao vivo, direto de Montevidéu, com o nosso ÍDOLO eterno LOCO ABREU!!!

Tomara que o Botafogo pense num projeto sustentável pra trazê-lo de volta, já na próxima temporada, nem que seja pra encerrar a carreira no clube. Há margem segura pra que isso aconteça diante do apoio que ele tem da torcida alvinegra. CARIOCÃO com EL LOCO seria tudo de bom. Ele é muito identificado com o clube e merece isso da Instituição. Falei!


Para se ter uma ideia do carinho da torcida com ele, se ligue nos comentários deixados no Blog aí embaixo:

monique machado franco
- Como é bom ver meu ídolo novamente! Não canso de imaginar ele voltando a jogar no Botafogo. Volta logo Loco!!!

Felipao df
- Tomara que o Botafogo faça um projeto pra trazê-lo de volta, nem que seja pra encerrar a carreira no Botafogo. Ele é muito identificado com o Clube e merece isso.

monique machado franco
- Tomara mesmo, ele merece terminar sua carreira conosco. Uma despepedida condizente com o talento, a dedicação e o amor que ele nos proporcionou.





Veja a entrevista na íntegra, com os papas da comunicação alvinegra da RB





Por felipaodf/Botafogodeprimeira.com.br

domingo, 11 de outubro de 2015

Análise da 30ª RODADA, sem a presença do BOTAFOGO e com a volta de JEFFERSON




Imagem da Internet: créditos para essa figura aí
 em baixo (escudo) que não consegui identificar
Com o jogo do Vitória contra o Boa Esporte no Barradão, vencido pelos baianos por 2 a 1, encerrou-se a 30a. rodada da série B - só que não!

Como assim? Se esqueceram de chamar o dono da festa, o líder, o Glorioso de General Severiano pra jogar? Explico: essa rodada, que teve início na terça-feira (06/10), prosseguiu com vários jogos na sexta seguinte e foi "encerrada" no sábado com o jogo do Barradão, ficou muito confusa para os botafoguenses e promete ficar mais ainda nas duas próximas semanas. Tudo porquê houve uma inversão na ordem dos confrontos contra o Ceará e Bragantino além da mudança das datas desses jogos. A partida contra o Ceará, inicialmente válida pela 30a. rodada, foi reprogramada para a terça-feira (20/10) enquanto a partida contra o Bragantino, válida pela 31a. rodada, foi antecipado para o próximo sábado (17/10), ambas marcadas para o Nilton Santos.

Além disso, tomando-se o vice-líder Vitória como exemplo (esqueça os outros integrante do G-4 para não se complicar mais), o Botafogo vai ficar dois jogos atrasados em relação ao time baiano que jogou sábado (10/10) e vai jogar na próxima sexta (16/10), de novo em Salvador, antes mesmo do time carioca entrar em campo para o jogo contra o Bragantino no Rio. Imagine como vai ficar essa tabela na cabeça do torcedor alvinegro no caso do time da boa terra vencer também o jogo contra o Paraná. Pense!

Com tudo isso o Glorioso, que enfrentou o Sampaio Corrêa no último dia 02/10, completará quatorze dias sem jogar, período que está sendo utilizado para descanso, aprimoramento técnico e definição do time para a próxima partida - Bragantino, dia 17/10.

Essa mexida na tabela foi promovida pela CBF pra preservar o Botafogo quanto ao prejuízo técnico que teria com a ausência de Jefferson no time durante esse período, lembrando que o goleiro está à serviço da Seleção Brasileira convocada para os dois jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo disputados nessa semana.

Pois bem, enquanto o Líder descansava os concorrentes corriam atrás do prejuízo. O Vitória, que já era vice antes da rodada, não só confirmou a posição como também encostou no líder ao vencer o Boa Esporte no Barradão. O rubro-negro baiano soma agora 55 pontos, um a menos do que o Botafogo, que soma 56 com um jogo a menos.

O terceiro colocado agora é o América mineiro, que venceu o Macaé na terça-feira e atingiu 51 pontos. A última posição do G-4 pertence ao Santa Cruz que, mesmo perdendo para o CRB por 3 a 2, conseguiu manter-se à frente da dupla Paysandu (5º) e Bahia (6º) que não saíram do 0 a 0 no tira-teima travado entre eles. Ambos permaneceram com 48 pontos. Ainda com chances de jogar a Primeirona em 2016, Náutico (46), Sampaio Corrêa (46), Bragantino (45) e a surpreendente Luverdense (45), travam uma luta ferrenha pra ver quem chega lá na frente.

Antes de prosseguir, vale a pena registrar uma "suspeita" que chega direto do "Centro de conspirações contra o Alvinegro" (instituição instalada em vários pontos do território nacional), sobre a montagem e constantes manipulações da tabela promovidas pela CBF/RedeBoBo, dessa vez para beneficiar o Vitória. Nada escandaloso mas vale a pena refletir sobre a possível intervenção pra recuperar o time baiano na tabela com a marcação de quatro jogos seguidos para Salvador onde o time joga com o apoio da sua torcida. Depois de empatar em 0 a 0 com o ABC em Natal, no dia 18/09, uma sexta-feira, o Vitória enfrentou na sequência-prêmio as seguintes equipes: venceu o Paysandu por 3 a 1 no Barradão; em 26/09 (sáb), venceu o Bahia por 3 a 1 na Fonte Nova; em 03/10 (sáb), venceu o Boa Esporte ontem no Barradão, 10/10 (sáb); e vai enfrentar o Paraná dia 16/10 (sex) no mesmo estádio. Só depois dessa sequência de Rei é que o time baiano sai da boa terra pra dar um pulinho ali do lado. Vai a Maceió pra encarar o CRB, no sábado, dia 24/10. Vale o registro ou não, torcedor alvinegro?

Esse é o panorama sobre a pontuação, lembrando que a nossa grande prioridade na temporada é garantir a volta à série A. Para que isso aconteça, temos que monitorar a diferença para o quinto colocado, posição ocupada hoje pelo Paysandu. Mesmo com um jogo a menos, essa diferença já é de oito pontos, podendo chegar a onze em caso de vitória sobre o Bragantino. Isso significa que podemos conseguir o acesso com três ou quatro rodadas de antecedência se esse panorama atual se confirmar nas próximas rodadas. Pelas nossa contas, precisamos de mais duas vitórias para conseguir o feito (62 pontos), que poderiam vir já nos dois próximos jogos em casa.

Tabela atualizada com os jogos da 30a. Rodada.
Botafogo continua com hum jogo a menos

Com seis vitórias e dois empates nos últimos oito jogos, o Alvinegro continua com 99% de chances de subir. Antes do jogo contra o Bragantino, o aproveitamento era de 64,4%, índice mais do que suficiente para o retorno à elite. Como mandante, o aproveitamento é de 73,8% e como visitante, chegou a 57,1%.

Além do acesso, a probabilidade de o Alvinegro ser campeão da Segundona era de 79%, conforme o cálculos dos matemáticos antes do início dessa rodada. O número mágico para o feito gira em torno dos 74 pontos. Faltam, portanto, 18 pontos em 27 possíveis até o final da competição.

Mesmo assim, o Botafogo continua sendo o melhor visitante da competição com expressivos 26 pontos somados fora de casa, de um total de 56 já conquistados. Foram sete vitórias e cinco empates.

Confira a tabela completa e os próximos jogos  do Botafogo e de todos os concorrentes em>http://felipaodf.blogspot.com.br/p/carregando-tabela-do-brasileirao_21.html


Navarro e Neilton, artilheiros do Botafogo na série B
Com o empate em 2 a 2 com o Sampaio no Castelão, a artilharia alvinegra continua em alta e a dupla Navarro/Neilton voltou a se destacar marcando um gol cada. Temos o melhor ataque ao lado do Vitória com 48 gols marcados. Com 23 gols sofridos, continuamos com a defesa menos vazada e um saldo positivo de 25 gols, seis a mais do que o Vitória (19) - segundo colocado na competição e nesse quesito.

Contra o time maranhense, então 5º colocado e melhor mandante da competição, o Botafogo esteve muito perto de conseguir uma vitória que seria importantíssima para a sequência do campeonato. Mas erros grosseiros da arbitragem não permitiram. O juiz validou dois gols irregulares com os jogadores adversário em completo impedimento, o último deles aos 50' do tempo adicional. Alô CBF, alô comissão de arbitragem! Ninguém aguenta mais perder pra soprador de apito.

Tecnicamente a partida deixou a desejar. O Botafogo voltou a mostrar lentidão na saída de bola como já havia acontecido contra o Oeste, Macaé e Boa Esporte e isso irritou muito a torcida. E olhe que o time teve dez dias inteiros pra descanso e treinamentos mas, como visto, não conseguiu produzir nada de novo em campo. Veja nosso post de pós-jogo que já alertava pra isso: Blog do Felipaodf: Ou, ou, ou, ou nada mudou

Jogar mal, ou não apresentar um bom futebol, virou marca desse time apesar dos bons resultados na tabela. Para Ricardo Gomes, seria um sintoma decorrente do desgaste excessivo provocado pela maratona de jogos mas ele ainda não conseguiu provar a sua tese em campo. O time levou sufoco do bravo Sampaio e Jefferson teve que se desdobrar fazendo defesas importantes pra no final do jogo, um vacilo geral colocar tudo a perder .

Agora é aguardar que a semana seja produtiva e passe depressa para que possamos matar a saudade do time. O dia (sábado) e o horário (16h) são favoráveis e pede a presença maciça da torcida no Nilton Santos. Queremos uma vitória com casa cheia e se possível, com bom futebol que possa agradar aos torcedores, ainda mais agora que o Vitória colou na gente e certamente a pressão vai subir pra cima dos jogadores.

Veja a lista de jogos que vamos encarar daqui pra frente até o fim do campeonato e faça sua projeção (e comente) em qual deles vamos subir!

Confira a tabela completa e todos os detalhes em>http://felipaodf.blogspot.com.br/p/carregando-tabela-do-brasileirao_21.html

Não vamos contar com Daniel Carvalho, Fernandes e Roger Carvalho mas teremos o retorno de Luis Ricardo e Carleto às laterais e de Jefferson ao gol do Botafogo. O goleiro volta ao clube depois de ser barrado inexplicavelmente pelo técnico Dunga no jogo de ontem, contra a Venezuela. O rabugento treinador preferiu escalar o novato Alisson, do Internacional, uma decisão que ainda vai dar muitos panos pra manga, não só pela forma como foi feita, mas pelas justificativas dadas: "A Venezuela joga muito na bola aérea. Alisson tem boa estatura. Tentamos aproveitar isso." quando a diferença entre os dois goleiros é de apenas 4 cm - Jefferson mede 1,89 cm enquanto Alisson, 1,93 cm. Vamos aguardar os desdobramentos. O importante agora e a torcida comparecer em peso ao Niltão para o #AbraceOJefferson

Em relação ao restante do time, com os testes feitos do decorrer da primeira semana sem jogos, Ricardo Gomes deu indícios que pode surpreender na escalação. Tomas e Octávio treinaram bem e estão cotados para substituir os meias ausentes, enquanto Giaretta deve compor a dupla de zaga com Renan Fonseca.

Na proteção a zaga, Lindoso e Arão devem permanecer assim como a dupla de ataque, Neilton e Navarro que voltou com tudo no último jogo. Sendo assim, a escalação para enfrentar o Bragantino pode ter: Jefferson; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Giaretta e Carleto; Lindoso e Willian Arão; Tomas e Octávio; Neilton e Navarro.

Vamos aguardar pra ver como essa formação evolui nos treinos da semana. Antes de terminar uma pergunta: você lembra como foram os jogos contra o Bragantino e Ceará no 1o. turno? Clica e veja: Blog do Felipaodf: O que vamos encontrar pela frente



Por @felipaodf/Botafogodeprimeira.com