sábado, 12 de março de 2016

BOTAFOGO pronto pra encarar o Flu na estreia da TAÇA GUANABARA




Montagem LH9
O BOTAFOGO viajou para Volta Redonda onde encara o Fluminense no clássico de abertura da Taça Guanabara - segunda fase do confuso Campeonato Carioca. O jogo está marcado para o Estádio Raulino de Oliveira, na Cidade do Aço, com início previsto para às 18h30 deste domingo.


O Alvinegro terminou a primeira fase invicto e com a melhor campanha entre todos os participantes do campeonato. Com um time modesto mas ajustado, somou 22 pontos nas oito rodadas desta fase. Foram sete vitórias e um empate - no clássico contra o Vasco -, com aproveitamento 91,7 %. Mesmo assim, o clube não leva nenhum tipo de vantagem para a próxima fase - os participantes começam com a pontuação zerada e em igualdade de condições -, provando o quanto é esdrúxulo o regulamento aprovado pela FERJ.


Pelo menos, o primeiro turno serviu para que Ricardo Gomes formatasse o time partindo praticamente do zero, e desse um padrão de jogo à equipe. Veja o que escrevemos sobre as condições do time depois das modificações introduzidas por Gomes antes dos Clássicos: Botafogo ganha personalidade e equilíbrio após os ...


Ao invés de vantagens, o Glorioso foi contemplado com um clássico fora de "casa" logo na sua estreia na Taça Guanabara. A disputa começa com os oito clubes mais bem classificados na fase anterior  - quatro de cada um dos grupos A e B - que passaram a integrar o Grupo C. São eles: o Vasco (20), Boavista (15), Fluminense (13) e Bangu (11) vindos do Grupo A; e Botafogo (22), Flamengo (19), Volta Redonda (13) e Madureira (12) pelo Grupo B. Os oito clubes restantes dos dezesseis que disputaram a primeira fase, se juntaram no Grupo D e brigam tanto pela Taça Rio como para fugirem do descenso.


Montagem do Premier Futebol Clube
Os oito clubes de cada grupo (C e D) jogam entre si dentro do respectivo grupo, em turno único, totalizando sete jogos para cada. O primeiro colocado do grupo de elite (C) será declarado Campeão da Taça Guanabara. Na sequência, os quatro mais bem classificados desse mesmo grupo fazem as semifinais e decidem quem ficará com o título de Campeão Carioca. Essas semifinais serão disputadas também em turno único e os dois primeiros colocados da TGB terão, agora sim, a vantagem do empate. Já as finais, serão disputadas em dois jogos sem vantagens para nenhum dos times. Em caso de dois resultados iguais, teremos disputa de pênaltis para saber quem é o campeão.


O último compromisso do Botafogo na fase preliminar, contra o Boavista, serviu para que o técnico Ricardo Gomes observasse os jogadores que não vinham sendo aproveitados e quem melhor aproveitou a chance foi o meia Fernandes. Além de ter marcado o gol único da partida, o meia mostrou qualidades nos desarmes e nos chutes a gol de fora da área. Com a atuação, Fernandes se credencia como a principal opção de Gomes caso queira mexer na primeira linha de defesa formada pelos três volantes - Airton, Bruno Silva e Lindoso.


Veja o que escrevemos sobre esse jogo e as perspectivas do time para a sequência do campeonato e da temporada: Depois de ir bem nas preliminares, Botafogo define...


Infográfico do site Gazeta Esportiva
Todos começam do zero. 
Ainda sobre o jogo passado, Salgueiro e Neilton, que começavam uma partida pela primeira vez na temporada, ficaram devendo. Ressalto que, ainda fora de forma e visivelmente desentrosado com os companheiros, Salgueiro começou muito ativo na partida mas sucumbiu ao calor que fazia em São Januário. O meia foi murchando na medida que o fôlego foi se esvaindo com o decorrer da partida. O desgaste se evidenciou quando ele cobrou, sem muita convicção e ao alcance do goleiro, um pênalti sofrido pelo jovem Ribamar quando a partida ainda estava 0 a 0. Definitivamente, Salgueiro não era a melhor opção para cobrar a penalidade estando Neilton em campo. Mas, vida que segue.


Veja qual era a expectativa para esse jogo depois de confirmada a escalação de um time alternativo após os Clássicos: Com Salgueiro e Neilton confirmados, Botafogo enca...


Neilton, que ainda procura a melhor forma, também não foi bem e sucumbiu no meio de um time muito modificado. A atuação sem brilho e uma leve torção de tornozelo nos treinamentos da semana lhe custaram a vaga no time titular. Gomes sinalizou que deixará o atacante no banco preferindo começar a partida com Salgueiro ao lado de Gegê no meio, e Ribamar na frente.


Provável escalação do Botafogo para o Clássico
 contra o Fluminense
Leia também a reflexão após os jogos contra Flu e Vasco: Depois de se dar bem nos clássicos, Botafogo busca...


No treinamento recreativo de sábado, Ricardo Gomes definiu a equipe mas não divulgou à imprensa. O rival vem de técnico novo e de vitória sobre o Figueirense no meio de semana pela Primeira Liga. Levir Cupi assumiu o cargo depois de Eduardo Batista ser demitido logo após a derrota para o próprio Botafogo (2 a 0) no primeiro turno. 


Com a defesa consolidada com Carli e Emerson da base, o treinador deverá manter o time que começou os clássicos contra Flu e Vasco, com uma única modificação: Salgueiro no lugar de Luis Henrique, flutuando com o jovem Ribamar lá na frente. Vamos aguardar pra ver se esse esquema vai funcionar.

O time mais provável deve começar com Jefferson, Luis Ricardo, Carli, Émerson, Diogo Barbosa, Airton, Bruno Silva, Lindoso, Gegê, Salgueiro e Ribamar.



VEJA O JOGO COM A GENTE:



   Por @felipaodf/Botafogodeprimeira.com