sexta-feira, 20 de maio de 2016

Botafogo trabalha duro, de olho no Sport




Infográfico com a posição do Botafogo
no Brasileirão (Gazeta Esportiva)
Depois de vencer o Juazeirense na noite de quinta-feira em Los Lários por 1 a 0 e se classificar para a terceira fase da Copa do Brasil, o Botafogo voltou aos treinamentos na tarde desta sexta, se preparando para encarar o Sport, em Recife, em jogo válido pela segunda rodada do Brasileirão. O Alvinegro perdeu na estreia (1 a 0) para o São Paulo e ocupa a 15a. posição na tabela, pela simples formalidade de listar os sete clubes que não pontuaram na 1a. rodada em ordem alfabética.


O Botafogo encarou o Juazeirense com um time misto e não teve grandes dificuldades para garantir a classificação apesar de se enrolar em alguns momentos na partida. O gol único foi marcado por Neilton no final do segundo tempo (40') depois de receber um passe açucarado de Ribamar, em assistência precisa de Octávio pela direita. É importante ressaltar que os três construtores da jogada que originou o gol vieram do banco. Na comemoração, o meia Octávio, que estava sendo hostilizado pela torcida desde que entrou em campo, foi tomar satisfações num ato desesperado e sem sentido. Mais calmo depois da partida, o jogador foi repreendido pelo técnico e postou um pedido de desculpas nas redes sociais.


Apesar do time misto lançado contra os baianos não ter reproduzido em campo as principais características do Botafogo na temporada - força do sistema defensivo e a organização tática -, podemos ressaltar algumas participações que podem refletir numa melhoria técnica para o grupo. Além de Neilton que entrou com vontade, marcou o gol único da partida e já merce uma vaga no time titular, destaco: a volta do zagueiro Emerson, que atuou com desenvoltura mesmo sem ter forçado o jogo; o lateral-esquerdo Vitor Luís, que foi um dos destaques da partida e se firma a cada jogo na posição; e a presença do meia Marquinho, que na sua primeira chance como titular, se movimentou com inteligência, atuando tanto na marcação pelo meio como nas situações de ataque e mostrou que pode ser útil para o restante da temporada na medida em que adquirir o entrosamento necessário com o grupo.


Leia mais: Botafogo vai com time reserva contra o Coruripe

Leia mais: Agora é Copa do Brasil


Diogo e Airton em trabalho leve na fase
de transição (Botafogo Oficial)
Hoje, quem enfrentou o Juazeirense ficou na academia enquanto os demais jogadores foram para as atividades em campo. Os polpados no jogo de quinta ( Luis Ricardo, Lindoso, Leandrinho e Ribamar) se juntaram a Gegê e Carli, que foram liberados pelo DM, e fizeram um trabalho técnico em campo reduzido. Ricardo Gomes comandou o treino mas não deu pistas sobre a formação que entra em campo no domingo.


Amanhã, pela manhã, está previsto um treino apronto em General Severiano e depois a viajem para Recife.


A melhor aposta para a formação que enfrenta o Sport seria Helton Leite, Luis Ricardo, Carli ou Renan Fonseca, Emerson, Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Fernandes ou Gegê e Leandrinho; Neilton ou Salgueiro e Ribamar.


Quem marcou presença em campo foi Airton, recém operado da coxa e Diogo Barbosa, em fase final de recuperação. A dupla fez uma movimentação leve e tem previsão de volta apenas para o mês que vem.


Saudações a todos e fiquem à vontade para comentar.



Por @FelipaoBFR / Botafogodeprimeira.com