segunda-feira, 11 de julho de 2016

De volta à Copa do Brasil, Botafogo encara o Bragantino em São Paulo




Agora é Copa do Brasil: Botafogo pega o
Braga em São Paulo
Depois de empatar em 0 a 0 com o Coxa no último sábado, em Curitiba, pela 14a. rodada do Brasileirão, o Botafogo vira a chave para a Copa do Brasil e vai à Bragança Paulista onde enfrenta o Bragantino no Estádio Nabi Abi Chedid, às 19h30 da próxima quarta-feira.

O jogo é válido pela 3a. fase da competição e, diferentemente das duas primeiras, uma vitória do time carioca não elimina a partida de volta, já marcada para o próximo dia 27/07 possivelmente na remodelada Arena Botafogo, na Ilha do Governador-RJ.

Curiosamente o Estádio Nabi Abi Chedid onde o Bragantino vai mandar o seu jogo, tem configurações e capacidade similares à Arena (Estádio Luso-Brasileiro), que, por acordo com a Portuguesa carioca, será utilizada pelo Alvinegro como casa oficial em todas as competições nacionais a partir do próximo sábado quando será inaugurada oficialmente com o clássico contra o Flamengo.

Depois de um começo desastroso no Campeonato Brasileiro, com o time frequentando a zona de rebaixamento desde o começo da competição, Ricardo Gomes parece ter encontrado o equilíbrio da equipe após o retorno de alguns titulares liberados pelo DM e a estreia de jogadores que chegaram com a abertura da janela internacional como o meia Camilo e os atacantes Pimpão e Canales. Nesse estágio, só precisamos de alguns ajustes finos e a definição de qual esquema utilizar a cada jogo: o 4-3-3, 4-4-2 ou o 4-2-1-3 utilizado no 1o. tempo do jogo contra o Coritiba e mudado no intervalo, com a saída de Neilton e entrada de Leandrinho, que tornou o time mais equilibrado.


Resultado de imagem para estádio nabi abi chedid
Estádio do Bragantino em Bragança
 Paulista-SP
Isso serve de base para a sequência da temporada mas não significa que dará certo contra o Bragantino já que a tendência é que tenhamos em campo um time alternativo recheado de reservas como fez o treinador nas duas primeiras fases da competição já que no próximo sábado o bicho pega no jogo pelo Brasileirão.

Vamos receber o time rubro-negro como mandante no clássico que inaugura a nova Arena diante de nossa torcida. Um jogo que, pela rivalidade histórica, pela busca por um melhor posicionamento na tabela e pelas tretas do começo do ano, não podemos dar mole e precisamos vencer a qualquer custo por todas as circunstâncias envolvidas nesse jogo.

Pra chegar até aqui, o Botafogo enfrentou o Coruripe-SE na 1a. fase, vencendo o jogo de ida por 1 a 0 (05/04) e empatando o de volta por 1 a 1 (28/04), em Los Larios-RJ. Na 2a. fase enfrentamos o time do Juazeirense da Bahia. Vencemos o jogo de ida em Juazeiro por 2 a 1 (12/05) e voltamos a vencer no Rio, por  1 a 0 (19/05), novamente em Los Larios-RJ. Foi no primeiro jogo contra o time baiano que perdemos o goleiro Jefferson que sofreu uma contusão rara que o mantem afastado do time desde então. Depois de uma cirurgia reparadora do tendão interno do ombro esquerdo, o goleiro segue sua recuperação diária com previsão de retorno ao time em meados do mês que vem.


Leia mais: Botafogo vai com time reserva contra o Coruripe


Arena Botafogo, Estádio Luso-brasileiro na Ilha do
Governador-RJ
Como dito, Gomes escalou times mistos tanto nos jogos da primeira fase como nos dois jogos contra o Juazeirense tentando preservar os titulares envolvidos com a decisão do Campeonato Carioca e com a estreia no Campeonato Brasileiro.

Pra variar, o Alvinegro teve dificuldades para passar pelo Coruripe-AL. Venceu o primeiro jogo e empatou o segundo na base do sufoco. Veja o que escrevemos na oportunidade: Agora é Copa do Brasil 


Leia o que escrevemos antes da partida decisiva contra o Coruripe, em Los Lários: Botafogo vai com time reserva contra o Coruripe


Já na segunda fase, o Botafogo venceu o Juazeirense e por pouco não eliminou o jogo de volta já que vencia por 2 a 0 até os 21 minutos do 2o. tempo e controlava o jogo quando Helton Leite, que havia entrada no lugar de Jefferson, falhou feio ao ser surpreendido numa cobrança de falta de Tony Galego. Veja as expectativas para esse jogo da classificação: Um jogo para espantar a zica que baixou em General...


Como preparação, nesta terça-feira teremos um treino-apronto em General Severiano quando Ricardo Gomes deve definir a equipe que viaja para Bragança Paulista. Pela lógica adotada nas partidas anteriores, o treinador deve lançar mão de jogadores como Helton Leite, Diego, Emerson Santos, Vitor Luis, Fernandes, Salgueiro, Yaca e Luís Henrique que estão, em sua maioria, sem ritmo de jogo mas reúnem plenas condições de buscarem um bom resultado contra o Bragantino em casa e nos dê tranquilidade para o segundo jogo no Rio. Vamos aguardar e ver o que o treinador vai decidir sobre o assunto.


Saudações a todos e fiquem à vontade para comentar.



 Por @FelipaoBFR/Botafogodeprimeira.com