sábado, 30 de julho de 2016

Sem Carli, Botafogo encara o Palmeiras em busca de mais uma vitória na Arena




Chamada para o confronto entra Botafogo x Palmeiras, na Arena (ArenaBotafogo)

Depois de bater o Bragantino na última quarta-feira pela Copa do Brasil, o Botafogo volta à Arena neste domingo para enfrentar o Palmeiras pela 17a. rodada do Brasileirão. A partida fecha a rodada às 18h30 na Arena que deve receber um bom público depois da vitória por 1 a 0 que classificou o time para as oitavas de final da Copa do Brasil.

Contra o Bragantino, ignorando a vantagem de jogar pelo empate para passar de fase, Gomes mandou a campo a força máxima disponível no momento evitando riscos desnecessários e pra dar rodagem ao time que pretendia escalar também no jogo de domingo.

Apesar da dificuldade em vencer a retranca bragantina - o gol da vitória alvinegra só saiu aos 36'do 2o. tempo marcado pelo jovem Vinicius Tanque no primeiro lance dele no jogo -, o Botafogo mostrou disposição desde o início da partida e só relaxou no finalzinho com a vitória garantida.


Veja o que escrevemos no post de pré-jogo: Botafogo recebe o Braga na Arena pra confirmar a classificação...


Sem Carli, poupado por sentir o desgaste do jogo contra a Chapecoense, o treinador lançou mão do contestado Renan Fonseca para montar a zaga titular no jogo de meio de semana. Manteve o trio de volantes com Airton, Lindoso e Bruno Silva; lançou Neilton ao lado de Canales e Camilo articulando as jogadas de ataque pelo meio. Essa formação ia bem até a intermediária mas pecava nas investidas mais agudas na área do adversário, revivendo o drama do começo de temporada.

Canales ainda não está pronto pro desafio. Se esforçou muito mas, ainda fora de ritmo, não produziu a metade do que se espera dele. A falta de sintonia no setor de ataque era tão marcante que em várias oportunidades os jogadores alvinegros foram flagrados em posição de impedimento. Temos que resolver isso para o jogo de domingo.

A vitória só veio com a entrada de Vinícius Tanque que, como elemento surpresa, surgiu livre de marcação na área e assinalou o gol único da partida vencendo o goleiro Felipe do Bragantino.


Veja o post de pós-jogo: Depois do Tanque detonar o Bragantino, Botafogo volta suas atenções para o Brasileirão...


Tabela do G-4 e G-4 do Brasileirão após à
16a. rodada 
(Gráfico Gazeta Esportiva)
Como o Palmeiras não é o Bragantino que nem na primeira divisão está, para domingo vamos precisar de uma dose extra de inspiração pra conter o ímpeto do ataque palmeirense e vencer a forte defesa deles mesmo que seja uma única vez, num lance fortuito como foi contra o Bragantino.

Apesar das dificuldades naturais em se bater o líder da competição, cujo investimento no futebol é infinitamente superior ao nosso e soma quase o dobro (32) dos nossos pontos na competição (17), as perspectivas são boas já que não tivemos nenhuma nova baixa no jogo de quarta-feira e poderemos repetir o time na nossa casa, diante da nossa torcida.

Dos jogadores entregues ao departamento médico, apenas Jefferson, que continua sua rotina diária de recuperação, não tem volta assegurada para as próximas rodadas. Sassá e Leandrinho estão na chamada fase de transição (que nunca termina), enquanto Carli e Pimpão, que tinha chances de voltar nessa rodada, foram vetados de última hora frustrando os alvinegros.


Infográfico de desempenho do Botafogo após a
 16a. rodada (Gazeta Esportiva)
Com isso, a expectativa é que tenhamos exatamente a mesma escalação do jogo de quarta para tentar a segunda vitória na Arena e fazer valer o fator casa no novo caldeirão alvinegro. No jogo inaugural da revitalização do estádio promovida pelo clube há duas semanas, o Botafogo empatou com o Flamengo em 3 a 3 num jogo emocionante pra torcida.

Uma vitória será fundamental para as nossas pretensões na competição. Qualquer outro resultado seria desastroso uma vez que, com a derrota para a Chape no último fim de semana, permanecemos com 17 pontos e voltamos à zona de rebaixamento na 17a. posição enquanto os nossos concorrentes diretos - Figueirense e Sport - iniciaram a rodada com vitórias e só o Santinha não venceu.

Transcorridas 16 rodadas, vencemos quatro jogos, empatamos cinco e fomos derrotados em outros sete o que dá um índice de aproveitamento de 35%, bem abaixo do necessário para se manter na elite ano que vem.

Precisamos melhorar rapidamente esse rendimento: o ideal seria virar o primeiro turno com 23 pontos, o que não será fácil já que teremos pela frente, além do líder Palmeiras, mais duas equipes que estão lutando na primeira parte da tabela - Ponte Preta (9o.), Grêmio (3o.).

O Botafogo fez o seu último treino na manhã de sábado em General Severiano, sem a presença da imprensa e o técnico não revelou a escalação. Mas é provável que entre em campo com Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson e Diogo Barbosa; Airton, Lindoso, Bruno Silva e Camilo; Neilton e Canales.

Já o Palmeiras, além do técnico Cuca suspenso, não poderá contar com o meia Tchê Tchê que levou o terceiro cartão amarelo e nem com os destaques na temporada, o jovem atacante Gabriel Jesus e o goleiro Fernando Prass convocados para as Olimpíadas no Rio. Mas o elenco do Porco é tão qualificado que as ausências podem ser facilmente minimizadas com os seus substitutos. Do jeito que vierem, precisamos vencer!


FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X PALMEIRAS


Local: Arena Botafogo - Estádio Luso-Brasileiro (RJ)
Data: 31 de julho, domingo
Horário: 18h30
Arbitragem: Heber Roberto Lopes (Fifa)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa) e Carlos Berkenbrock

BOTAFOGO: Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Santos e Diogo Barbosa; Aírton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso e Camilo; Neilton e Gustavo Canales
Técnico: Ricardo Gomes

PALMEIRAS: Vagner; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Moisés e Cleiton Xavier; Roger Guedes, Dudu e Lucas Barrios (Erik)
Técnico: Cuquinha


Saudações a todos e fiquem à vontade para comentar.


 Por @FelipaoBfr/Botafogodeprimeira.com