sábado, 20 de agosto de 2016

Botafogo está pronto pra engatar, contra o Sport, a segunda vitória seguida na competição




Chamada do Jogo entre Botafogo e Sport,
em #JuizDeFogo (Botafogo Oficial)
O Botafogo já está em Juiz de Fora onde enfrenta neste sábado, às 21h, no Estádio Mário Helênio, o time do Sport em partida válida pela 21ª rodada do Brasileirão.

Com um jogo a menos na tabela - a partida contra o Grêmio pelo 1º turno foi remarcada para o dia 04/09, às 18h30, na Arena Botafogo-RJ - o alvinegro carioca tem 23 pontos e ocupa a 13ª posição enquanto o rubro-negro pernambucano tem 26, e está na 11ª. Uma simples vitória do Botafogo já deixaria os adversários de sábado numa mesma faixa de pontuação, muito mais confortável do que a que frequentamos no 1o. turno do campeonato.


Veja a classificação completa e os próximos jogos do Fogão em: http://felipaodf.blogspot.com.br/p/classificacao-carregando.html


A última vez que escrevi aqui no blog foi na resenha de pré-jogo contra a Ponte (Clique e veja: Botafogo vai à Campinas em busca de uma vitória co...) quando acabamos derrotados pela Macaca por 2 a 0 com extrema facilidade (04/08). Vínhamos de uma vitória homérica contra o líder Palmeiras por 3 a 0 na Arena Botafogo, com direito a show de Neilton, na nossa melhor partida na temporada (31/07) e esperávamos um bom resultado em Campinas, mas o time não fluiu. Vimos o melhor e o pior do Botafogo na temporada, no curto espaço de uma semana.

De lá pra cá o Botafogo ficou dez longos dias sem jogar em razão do adiamento da partida contra o Grêmio pela última rodada do 1º turno, perdeu o técnico Ricardo Gomes para o São Paulo que aceitou treinar a equipe paulista no restante do campeonato; efetivou o auxiliar Jair Ventura - filho do grande Jairzinho, o Furacão da Copa de 70 - como técnico do clube até o final da temporada; venceu o próprio São Paulo por 1 a 0, no Morumbi, com gol de Sassá no finalzinho (48'); e deu uma boa estilingada na tabela deixando a 18ª posição na zona de rebaixamento para assumir a 13ª no meio da tabela.

Coincidentemente, eu tirei uma semana de folga e fui pescar, me recuperando do desgaste que causa acompanhar o Glorioso nesse sobe e desce na tabela. Contudo, cheguei à tempo de ver o jogo contra os paulistas e gritar gol de Sassá no finalzinho do jogo na importante vitória no Morumbi que serviu também pra dar moral ao novo técnico Jair que, após oito anos no clube, inicia seu trabalho como comandante do time principal.


Chamada do Jogo entre Botafogo e Sport,
em #JuizDeFogo (Botafogo Oficial)
Com moral em alta após a estreia vitoriosa na casa do adversário devolvendo a derrota por 1 a 0 do primeiro turno, o técnico Jair Ventura teve uma semana inteira pra iniciar o processo de adaptação do time à sua concepção de jogo. Contra o SP, repetiu o esquema e as últimas escalações de Ricardo Gomes mantendo os três volantes, um meia e dois atacantes. O time não fez um bom jogo. Suportou uma pressão descomunal do adversário durante os dois tempos de jogo fazendo o goleiro Sidão trabalhar mais do que o normal e garantisse o resultado com defesas decisivas. Numa proposta mais defensiva, o Alvinegro teve três chances reais de abrir o placar e na última delas foi premiado com um gol do oportunista Sassá já no tempo de acréscimo em grande jogada do lateral Diogo Barbosa pela esquerda que deu bela assistência ao nosso artilheiro. Antes, Canales e Pimpão tiveram perto de marcar mas desperdiçaram as oportunidades.

Para encarar o time de Oswaldo em Juiz de Fora, que está invicto por seis rodadas e vem de vitória sobre o Flamengo em Recife, Jair Ventura não deve promover grandes mudanças no time e esquema de jogo, pelo menos para o começo da partida.

Na zaga, Renan Fonseca será mantido ao lado de Emerson apesar de Carli estar liberado pro jogo. Do meio pra frente, Jair trabalhou duas ou três variações: pode manter o esquema lançando Fernandes na vaga de Bruno Silva que cumpre suspensão, com Camilo pelo meio e os dois atacantes (essa, sem dúvida, a opção mais rejeitada pela torcida); entrar com dois volantes e utilizar o meia Leandrinho ao lado de Camilo na armação com os dois atacantes (a opção preferida entre os torcedores); ou ainda, manter Camilo no meio e lançar um terceiro atacante como fez no final do jogo contra o São Paulo, utilizando Pimpão e Neilton pelos flancos com Sassá enfiado mais à frente (uma opção ousada que também agrada aos torcedores).

Pela disposição demostrada contra o São Paulo, que culminou no gol da vitória no final, o atacante Sassá já havia tomado a posição de titular de Canales que não foi bem contra os paulistas e ainda demonstra falta de ritmo e desentrosamento com os companheiros. Mesmo fora do jogo contra os pernambucanos, - o jogador foi dispensado para prestar assistência à sua esposa que foi hospitalizada no Chile - o gringo seria barrado nesse jogo.


Infográfico de desempenho do Botafogo após a
 17a. rodada (Gazeta Esportiva)
Transcorridas 21 rodadas e com um jogo a menos, o Botafogo venceu seis vezes, empatou cinco e foi derrotado oito vezes o que dá um índice de aproveitamento de 40%, ainda abaixo do necessário para que o clube se afaste de vez do fantasma do rebaixamento.

Restando ainda 19 jogos para cumprir até o final, conseguimos somar 23 pontos no primeiro turno - teoricamente, a metade dos pontos necessários pra se manter na primeira divisão em 2017 - e ocupamos a 13a. posição na tabela.

No primeiro turno, as duas equipes se enfrentaram em Recife e empataram por 1 a 1. O meia Diego Souza, que não joga hoje, abriu o placar para os pernambucanos enquanto Fernandes, que pode ganhar nova chance hoje, garantiu a igualdade para o Alvinegro.

Com o apoio expressivo da torcida alvinegra em Juiz de Fora, que fez festa ontem com a chegada do time à cidade e com a presença dos ídolos Túlio Maravilha e Dionizete do time master que fazem a preliminar do jogo principal hoje, o Botafogo vai confiante pra cima do Sport buscar a sua segunda vitória em sequência pela primeira vez na competição.



FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO-RJ X SPORT-PE


Local: Estádio Municipal Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG)
Data: 20 de agosto de 2016 (Sábado)
Horário: 21h
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Mauricio Coelho Silva Penna (RS)

BOTAFOGO: Sidão, Luis Ricardo, Emerson Santos, Renan Fonseca e Diogo Barbosa; Aírton, Fernandes (Leandrinho, Pimpão), Rodrigo Lindoso e Camilo; Neilton e Sassá
Técnico: Jair Ventura

SPORT: Magrão, Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Matheus Ferraz e Renê; Paulo Roberto, Rithely, Everton Felipe, Gabriel Xavier e Rogério; Edmilson
Técnico: Oswaldo de Oliveira


Saudações a todos e fiquem à vontade para comentar.


 Por @FelipaoBfr/Botafogodeprimeira.com