domingo, 28 de agosto de 2016

Jair define o time e Botafogo segue confiante para enfrentar o Furacão




Chamada para o jogo entre o CAP e Botafogo, hoje,
 às 20h, na Arena da Baixada (Botafogo Oficial)
O Botafogo já está na cidade de Curitiba onde enfrenta o Atlético Paranaense hoje à noite (20h), na Arena da Baixada, encerrando a 22a. rodada do Brasileirão.

No sábado, na Arena da Ilha do Governador-RJ, Jair Ventura fez um trabalho específico preparando o grupo para a maratona de jogos que o clube tem pela frente com a Copa do Brasil e o Brasileirão que começa hoje contra o CAP, atravessa o mês de setembro inteiro e segue até o início de outubro com o jogo contra o Corinthians.


MARATONA ALVINEGRA (Lancenet)

29/8 - Atlético-PR
1/9 - Cruzeiro (Copa do Brasil)
4/9 - Grêmio
7/9 - Fluminense
11/9 - Cruzeiro (Brasileiro)
14/9 - Santos
18/9 - Vitória
21/9 - Cruzeiro (Copa do Brasil)
25/9 - América-MG
1/10 - Corinthians


O BOTAFOGO já chegou em Curitiba! Agora é 
descansar e manter a concentração para o jogo 
desta segunda! 👊🏻⚫️⚪️ #BotafogoDigital
Livre do ciclo de lesões que atordoou o clube no primeiro turno do Brasileirão e nas fases iniciais da Copa do Brasil, Jair teve a oportunidade de trabalhar com todo o elenco desde a sua efetivação como treinador alvinegro há duas semanas - exceção feita ao goleiro Jefferson e o meia Damian Lizio que estão em fase de transição após passarem por cirurgias.

E o treinador trabalhou duro, mostrando um estilo mais agressivo de cobranças como pedia a maioria da torcida botafoguense nas redes sociais, comparando-se ao estilo mais moderado e pacato do antigo treinador. Essa energia demonstrada por Jair, nos dias de treinamentos e nos jogos à beira do campo, tem feito diferença na boa sequência do time nesse começo de returno. As duas vitórias seguidas e a possibilidade de uma terceira no próximo jogo, são frutos da repetição da equipe, da aplicação tática aprimorada no dia-a-dia e da manutenção do esquema herdado dos tempos de Ricardo Gomes.


Veja o que escrevemos sobre o jogo durante a semana: Mantendo a coerência, Jair Ventura define a equipe...


Quanto à escalação para o compromisso contra o Furacão, Jair Ventura não fez mistério e deve repetir a equipe que iniciou o returno, promovendo a volta de Bruno Silva na vaga ocupada por Fernandes contra o Sport, mantendo, dessa forma, o esquema com três volantes, um meia e dois atacantes.

O time deve ir a campo com Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva, Lindoso e Camilo; Neilton e Sassá.

Dependendo das circunstâncias, no decorrer da partida, o treinador pode lançar mão de Salgueiro e/ou Leandrinho nas vagas dos volantes tornando a equipe muito mais ofensiva para os casos de necessidade já que privilegia a dupla de atacantes formada por Neilton e Sassá confirmada para a partida.

O entrosamento da dupla de ataque é tão grande que, com três gols nos últimos dois jogos, Sassá chegou a nove e já ocupa a vice-artilharia da competição com um gol a menos do que o palmeirense Gabriel Jesus.

Canales e Dudu Cearense treinaram à parte e só foram aproveitados no time reserva ao final das atividades, assim como Pimpão que entrou bem no final do jogo contra os pernambucanos e pode ter nova chance contra o CAP.



Infográfico de desempenho do Botafogo após a
21a. rodada (Gazeta Esportiva)
Transcorridas 21 rodadas e com um jogo a menos, o Botafogo venceu sete, empatou cinco e foi derrotado oito vezes o que dá um índice de aproveitamento de 43% - ainda abaixo do necessário para que o clube se afaste de vez do fantasma do rebaixamento.

Restando 18 jogos para os alvinegros, o que equivale a 54 pontos a serem disputados até o final, o Glorioso soma 26 pontos e ocupa a 13a. posição, lembrando que são necessários cerca de 46 para um time se manter na primeira divisão.


Veja a classificação completa e os próximos jogos do Fogão pelo Brasileirão em: http://felipaodf.blogspot.com.br/p/classificacao-carregando.html


No primeiro turno, enfrentamos o Furacão em Juiz de Fora e vencemos por 2 a 1. Clique e veja o post de pré-jogo naquela oportunidade: Botafogo encara o Furacão em Juiz de Fora em busca de sua primeira vitória...


Com gols de Ribamar e Neilton, o Botafogo fez valer a sua condição de mandante e conquistou os três pontos apesar de não ser brilhantes e levar sufoco no primeiro tempo. Foi a primeira vitória alvinegra na competição.

As condições da revanche do turno são muito duras para o Botafogo mas, com equilíbrio e a repetição da escalação utilizada nas últimas rodadas, o clube tem plenas condições de voltar de Curitiba com um bom resultado, mesmo que esse seja um empate. E, se os jogadores estiverem numa noite inspirada e seguirem à risca as orientações de Jair, é possível que a terceira vitória seguida venha. Seria ótimo para a tabela e para a autoestima de jogadores e torcida, pensando-se nos próximos compromissos.

O time treinado por Paulo Autuori está com viés de baixa. Perdeu jogadores importantes, como o atacante Walter, e vem de quatro derrotas e uma única vitória nos últimos cinco jogos e mesmo assim, em razão do bom desempenho no primeiro turno, soma 30 pontos e ocupa a 9a. posição na tabela.

É difícil arrancar pontos do Furacão na Baixada, ainda mais no novo piso sintético implantado na Arena onde eles, naturalmente, levam vantagem sobre os visitantes. No caso específico do Botafogo, pouquíssimos jogadores tem experiências nesse tipo de piso e as dificuldades certamente aparecerão durante o jogo. Com tudo, ainda é possível sonhar com uma vitória e vamos torcer para que ela aconteça.


FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-PR X BOTAFOGO


Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 29 de agosto de 2016, segunda-feira
Horário: 20 horas
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

ATLÉTICO-PR:
 Santos; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Nicolas; Otávio, Hernani e Rafael Galhardo; Luan, Lucas Fernandes e André Lima
Técnico: Paulo Autuori

BOTAFOGO: Sidão, Luís Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Santos e Diogo Barbosa; Airton, Rodrigo Lindoso, Bruno Silva e Camilo; Neilton e Sassá
Técnico: Jair Ventura


Saudações a todos e fiquem à vontade para comentar.


 Por @FelipaoBfr/Botafogodeprimeira.com