sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Arrocha, Fogão! O time enCAIXA e vence mais uma na Arena




Em grande fase, Neilton e Sassá dividem a artilharia
 
do Botafogo no Brasileirão (Arena Botafogo)
O Botafogo treinou na manhã de sexta-feira em General Severiano de olho no confronto escamado contra o Cruzeiro, domingo, em Belo Horizonte, pela 24a. rodada do Brasileirão.

Sem poder contar com a totalidade do elenco - alguns dos titulares não subiram para o campo -, o técnico Jair Ventura deixou para definir a equipe no treino marcado para manhã deste sábado, dessa vez, longe das vistas da imprensa. Além de Airton que deixou o último jogo sentindo a coxa e é dúvida para domingo, Carli, Dudu Cearense e Sassá também não participaram das atividades. Os jogadores fizeram trabalhos específicos na academia e devem voltar aos treinos com o grupo hoje. Além de Airton, Jefferson, Rodrigo Lindoso, Luis Ricardo e Fernandes, cada um num estágio de recuperação, continuam sem condições de jogo.

O Botafogo vem de uma vitória magra, mas muito importante no clássico contra o Fluminense na Arena. Somou 32 pontos, se afastou ainda mais da zona de rebaixamento (5 pontos) e colou no adversário que permaneceu com 34 pontos, na 8a. posição.


Veja o que escrevemos sobre a partida na resenha de pré-jogo: Blog do FelipaoBfr: Com o moral elevado, Botafogo recebe o Flu na Aren...


Primeira página da tabela do Brasileirão após
a 23a. rodada com o 
Botafogo na 10a. posição
 

No primeiro tempo, as duas equipes produziram muito pouco, com poucas oportunidades de gol, e terminaram essa etapa com igualdade no placar (0 a 0) e nas bolas que acertaram a trave e travessão - uma para cada lado. Mas no começo do segundo, o Botafogo veio mais esperto e, empurrado pela torcida, abriu o placar com Neilton, após boa trama de Sassá e Bruno Silva na área tricolor. Daí até o fim do jogo foi uma trocação de golpes entre as equipes mas, mesmo sentindo o desgaste das últimas partidas, o Glorioso conseguiu segurar o resultado e somar mais três pontos na tabela. Após o gol que deu a vitória ao Alvinegro, Sassá e Neilton dançaram o "arrocha" comemorando o bom momento que a dupla atravessa do Brasileiro.

Vencido essa batalha, chega a vez de ir ao Mineirão encarar o time de Mano Menezes pela segunda vez no prazo de dez dias. O Cruzeiro, assim como o Botafogo, deixou recentemente a zona do rebaixamento e está em franca ascensão técnica, subindo na tabela.

Na primeira partida entre eles (01/09) das três previstas para esse mês de setembro, fomos goleados em casa por 5 a 2 num jogo atípico pela Copa do Brasil. O rendimento do time foi muito abaixo do esperado e a nossa defesa - Renan Fonseca e Emerson Santos -, facilitou sobremaneira a vida dos adversários praticamente decretando nosso destino na competição antes mesmo do jogo da volta (o terceiro), dia 21 em Belo Horizonte.

O jogo de domingo é o segundo dessa série e, de longe, o mais importante já que é válido pelo Campeonato Brasileiro e representa uma briga direta por posições. O Alvinegro está em 10o. lugar, com 32 pontos, enquanto a Raposa ocupa a 12a. posição, com 29.


MARATONA ALVINEGRA 
29/8 - Atlético-PR
1/9 - Cruzeiro (Copa do Brasil)
4/9 - Grêmio
7/9 - Fluminense
11/9 - Cruzeiro (Brasileiro)
14/9 - Santos
18/9 - Vitória
21/9 - Cruzeiro (Copa do Brasil)
25/9 - América-MG
1/10 - Corinthians

Provando o bom momento dos times, de 15 pontos possíveis o Bota fez 12 nas últimas cinco rodadas pelo Brasileirão. Venceu o São Paulo (1x0) e o Sport (3x0), perdeu para o Atlético-PR (1x0) e, na sequência, voltou a vencer o Grêmio (2x1) e Fluminense (1x0) no clássico de fim de semana. Já o Cruzeiro, de 15 fez 11 pontos. Empatou com o Corinthians (1x1) e o Coritiba (2x2) e venceu o Figueirense (2x1), o Santa Cruz (2x0) e o América-MG (2x0) no clássico do fim de semana.

Pelo primeiro turno (01/06) recebemos o adversário no Mané Garrincha, em Brasilia, em jogo válido pela 5a. rodada e fomos derrotados por 1 a 0. O time escalado por Gomes naquela noite chuvosa de quarta-feira nos envergonhou a todos - os que estavam no estádio como eu e os amigos de camisa que viram o jogo pela TV. O mando era nosso mas quem tomou conta da partida foi a Raposa, principalmente no primeiro tempo quando o Alvinegro levou um vareio e só não saiu para o intervalo com uma goleada histórica por pura sorte. Esse era o panorama da equipe descrita por nós na resenha após o jogo. Veja: Blog do FelipaoBfr: Nos perdoe, Mané...

Com tantos problemas médicos depois de uma calmaria no DM que durou apenas duas semanas, Jair deve resolver o problema das ausências de Lindoso, Fernandes e Airton, com Dudu Cearense e Diérson como volantes ou Diogo Barbosa deslocado pela meia esquerda com Vitor Luis entrando em sua posição, na lateral, como fez em parte do 2o. tempo contra o Flu. A outra opção seria a entrada de Leandrinho o que tornaria o time "perigosamente" mais ofensivo como fez no jogo pela Copa do Brasil e deu no que deu. Não acredito que ele lance mão dessa opção, pelo menos no inicio da partida.

Pelo treino de ontem, a tendência é que Ventura mande a campo no domingo, a seguinte formação: Sidão, Diego, Joel Carli, Emerson Santos e Victor Luís; Diogo Barbosa (Diérson), Dudu Cearense, Bruno Silva e Camilo; Neilton e Sassá.

Vamos aguardar o treino deste sábado para ver o que se apura sobre as idéias de Jair para o jogo. Mais ousado ou cauteloso, contra o ajustado Cruzeiro jogando em seus domínios e com o apoio de sua torcida? O que você faria, torcedor?

Clique e veja a tabela de classificação completa e os próximos jogos do Botafogo pelo Brasileirão: http://felipaodf.blogspot.com.br/p/classificacao-carregando.html


Uma pergunta: Será que a CAIXA finalmente encaixa com o Fogão e vai estampar a sua marca na Mais Gloriosa do Brasileirão?


Saudações a todos e fiquem à vontade para comentar.


Por @FelipaoBfr/Botafogodeprimeira.com