sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Um péssimo dia para ser botafoguense




Imagem da internet
Péssimo dia para ser botafoguense - registro do torcedor Vitor (@Vhtavares1) ontem, no twitter, que bem resume o sentimento dos alvinegros após a porrada de quinta-feira.

Os jogadores do Botafogo se apresentaram na sexta em General Severiano depois do vexame que protagonizaram contra o Cruzeiro na derrota acachapante por 5 a 2, em plena Arena, que praticamente eliminou as possibilidades do clube seguir na competição. Esse resultado desastroso, incompreensivo sobre todos os aspectos e que envergonhou sobremaneira o torcedor alvinegro é mais um episódio pra engrossar a lista de vexames do clube na Copa do Brasil. E esse foi só o primeiro compromisso contra o time de Mano Menezes, dos três programados para setembro. Dois deles pela CdoB e um terceiro pelo Brasileirão que, nas atuais circunstâncias, se tornou muito mais importante do que os outros dois.

Depois de duas vitórias à frente da equipe contra SP e Sport, o técnico Jair Ventura já coleciona duas derrotas seguidas, a última delas, muito preocupante, pelo placar dilatado e também pela forma como ela se deu. Uma derrota que deve ter minado muito da convicção que o técnico parecia ter no início do trabalho sobre o rumo a ser seguido para permanecer na primeira divisão - agora mais do que nunca, o principal objetivo do clube na temporada.

Com duas partidas já cumpridas - duas derrotas, para CAP (1 a 0) pelo Brasileirão e Cruzeiro (5 a 2) pela CdoB - e uma terceira no domingo contra o Grêmio pelo Brasileirão no período de uma semana, não há tempo hábil pra lamentar o ocorrido e nem pra elaborar teorias sobre o fracasso. A ordem é recolher os cacos, fazer as mexidas necessárias na estruturas e torcer para que a equipe encontre forças pra superar o momento delicado. Precisamos continuar pontuando no Campeonato Brasileirão sob pena de voltarmos à zona de turbulência que já não tenho certeza se teríamos força pra superar.

Com um jogo a menos a ser cumprido contra o tricolor gaúcho no domingo, o Botafogo ocupa a 13a. posição na tabela com 23 pontos ganhos, a mesma pontuação de Cruzeiro (14o.), Vitória (15o.) e Coritiba (16o.).


Veja a sequência de jogos do Botafogo programados para o meio e fins-de-semana:

4/9 - Grêmio (Brasileiro)
7/9 - Fluminense (Brasileiro)
11/9 - Cruzeiro (Brasileiro)
14/9 - Santos (Brasileiro)
18/9 - Vitória (Brasileiro)
21/9 - Cruzeiro (Copa do Brasil)
25/9 - América-MG (Brasileiro)
1/10 - Corinthians (Brasileiro)

A noite fatídica até que começou bem, com a torcida animada e o time abrindo o placar com um gol de cabeça do artilheiro Sassá. Mas uma pixotada de Renan Fonseca anunciava o pesadelo que viria. Estabanado como sempre, o zagueiro cometeu um pênalti infantil sobre o meia Henrique que o atacante Ábila converteu, fechando o primeiro tempo em 1 a 1.

No começo do segundo, Sassá marcou novamente mas o bandeirinha, equivocadamente, assinalou impedimento. Seria o 2 a 1 que daria a tranquilidade necessária para que o Botafogo conduzisse a partida ao seu feitio. Mas o pior estava por vir e a virada cruzeirense veio com um gol contra do zagueiro Emerson que desviou de cabeça uma bola que sairia pela linha de fundo.

Daí pra frente foi uma sequência de lances bizarros da defesa alvinegra facilitando a vida da Raposa na Arena: tomamos mais um gol de Ábila, um de Robinho e outro de Henrique fechando o 5 a 2.

Como disse o amigo Opinião Botafoguense (@OpiniaoBotafogo) em 140 caracteres: Sem discussão sobre ser possível ou não reverter no 2º jogo. O foco deve ser no que realmente interessa: fugir das últimas posições no BR ao que acrescentei: Esse é o nosso compromisso de todos os dias, de hoje em diante... Tomara que essa derrota acachapante sirva de freio de arrumação para o time, técnico e direção. Foi muito dura...

Seguindo em frente, os reservas foram a campo ontem enquanto os titulares realizaram um trabalho regenerativo na academia. Todos foram convocados por Jair Ventura para uma conversa de ajustes no gramado que esperamos que dê resultados práticos nas partidas.

A torcida pede mudanças na equipe e elas possivelmente virão contra o Grêmio. Certo é que, sem poder contar com Diogo Barbosa e Leandrinho suspensos, Victor Luís deve reaparecer na lateral. Muito criticado, Renan pode ceder a vaga a Carli mas tudo vai depender da atividade técnica na manhã desse sábado na Arena, Ilha do Governador.

Quem treinou normalmente, recuperado de uma cirurgia no púbis, foi Damián Lizio que sequer jogou pelo Brasileiro e pode ser relacionado para o jogo na Arena Botafogo marcado para às 16h de domingo - partida adiada da 19ª rodada.


Clique e veja a tabela de classificação completa e os próximos jogos do Botafogo pelo Brasileirão: http://felipaodf.blogspot.com.br/p/classificacao-carregando.html


Saudações a todos e fiquem à vontade para comentar.


Por @FelipaoBfr/Botafogodeprimeira.com