quarta-feira, 12 de outubro de 2016

O Botafogo de Sassá encara o Inter de Vitinho. Quem vai se dar bem?




O Fogão segue rumo a Libertadores e dessa
 vez o jogo é contra o Inter na Arena. 
#VaiPegarFogo (@ArenaBotafogo)
Com dois dias de treinos após a vitória sobre o Figueirense em Floripa, o Botafogo se preparou pra encarar o Internacional nesta quarta-feira na Arena da Ilha, em jogo válido pela 30a. rodada do Brasileirão.

Apesar do horário impróprio à maioria dos torcedores (21h45), a Arena deve receber um bom número de alvinegros - a prévia bateu os 6 mil ingressos vendidos. Antes do jogo, a Torcida promete fazer uma grande festa na chegada do time ao estádio em retribuição à boa campanha do grupo na competição.

O curto intervalo de tempo entre as partidas contra o Figueira e Inter certamente vai influenciar a estratégia de jogo proposta pelo Jair. Sem tempo para ajustes táticos e a recuperação plena dos jogadores, o treinador deve optar, mesmo jogando em casa, por um jogo menos agressivo do que aquele contra o Corinthians quando vencemos o adversário com supremacia técnica e física no primeiro tempo e mais dinâmico do que aquele contra o Figueirense fora, quando a paciência e perseverança foram fundamentais para a conquistar dos três pontos.

Registrávamos na resenha de pré-jogo (clique e veja: Blog do FelipaoBfr: Domingo é contra o Figueira: Pra cima deles Fogão!... ) que os resultados do início da rodada na quarta-feira nos obrigava a vencer o jogo no domingo pra nos mantermos à frente dos concorrentes diretos pelo G-6 e foi isso que aconteceu... 


Tabela atualizada após o encerramento da 29a. rodada. 
O Botafogo em 7o., ganhou duas posições (SporTV)
Com mais essa vitória, o Bota subiu duas posições na tabela. Superou Corinthians (42) e Grêmio (43) e atingiu a sétima posição com 44 pontos - um ponto a menos do que o CAP, sexto colocado.

Sob o comando de Jair Ventura, jogando na casa dos adversários, o Botafogo já venceu o São Paulo no Morumbi, o Cruzeiro no Mineirão, o Vitória no Barradão e agora, o Figueirense em Florianópolis num jogo difícil com direito a gol improvável de Bruno Silva nos acréscimos (46'). Agora chegou a hora de voltar a vencer na Ilha diante de nossa torcida até porque nas duas últimas partidas em casa, perdemos uma para o Santos (1 a 0) e vencemos a outra, contra o Corinthians (2 a 0). Mas o saldo é muito bom. Em seis jogos no nosso Caldeirão, vencemos quatro. Adversários como o líder Palmeiras, e concorrentes que buscam o G6 como Grêmio, Fluminense e Corinthians sucumbiram na Ilha.


Infográfico com o desempenho do Botafogo em 
29 rodadas no Brasileirão (Gazeta Esportiva)
Apesar de ter chegado a 70% de aproveitamento (rendimento de campeão) e ostentar a terceira melhor campanha do segundo turno (21 pontos), esse índice cai para 50% considerando-se os 29 jogos disputados até aqui. Veja no gráfico: 13v, 5e, 11d.

Com os 44 pontos conquistados até aqui ficam faltando dois em 27 possíveis para garantirmos a permanência na elite, objetivo proclamado por Jair como o mais importante do ano mas desprezado pela torcida diante das reais possibilidades (47%) de alcançarmos uma vaga na Libertadores. 

Clique e veja a tabela de classificação completa e os próximos jogos do Botafogo pelo Brasileirão: http://felipaodf.blogspot.com.br/p/classificacao-carregando.html


A última vez que os adversários se cruzaram foi no dia 26 de junho pela 11a. rodada do Brasileirão. O Alvinegro, treinado por Ricardo Gomes, obteve uma vitória expressiva sobre o Inter em peno Beira-Rio, por 3 a 2, diante de mais 25 mil colorados, na estreia de Camilo. O novo camisa 10 alvinegro foi o destaque da partida enquanto esteve em campo e passou o bastão ao goleiro Sidão que, com defesas espetaculares no terço final do jogo, ajudou o time a segurar o importante resultado. Veja o que escrevemos na oportunidade: Blog do FelipaoBfr: Depois de vencer o Inter no sul, o Bota vai à BH e...



Para o jogo desta quarta, o curto tempo entre as partidas não permitiu a recuperação do lateral Diogo Barbosa para o difícil compromisso diante do Inter. O time colorado ocupa a 17a. posição com 33 pontos, vem de duas vitórias seguidas em casa mas ainda luta pra deixar a zona de rebaixamento. O ala, que vinha sendo um dos maiores destaques da equipe jogando improvisado pelo meio mais próximo de Camilo, fica de fora por tempo indeterminado já que a lesão no tornozelo esquerdo do atleta é mais grave do que parecia na primeira avaliação.

Bruno Silva também não joga. Levou o terceiro cartão amarelo da segunda série e fica de fora do jogo. Com isso, a tendência é que o treinador promova a entrada de Dudu Cearense na posição e mantenha o esquema com três volantes utilizado contra o Figueira. O restante do time deve ser o mesmo que iniciou o jogo de domingo, com grandes possibilidades de Sassá ocupar a vaga de Vinícius Tanque.

Esse é o panorama para a partida com perspectivas reais de mais uma vitória alvinegra em casa mesmo que o Inter venha animado com Vitinho voltando a ser o matador colorado ao marcar os gols das últimas duas vitória dos gaúchos na competição.


FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-RJ X INTERNACIONAL-RS


Local: Arena Botafogo, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 12 de outubro de 2016, na quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA-SC) e Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG)

BOTAFOGO:
 Sidão; Alemão, Joel Carli, Emerson Santos e Víctor Luís; Aírton, Rodrigo Lindoso, Dudu Cearense e Camilo; Neilton e Sassá.
Técnico: Jair Ventura

INTERNACIONAL:
 Danilo Fernandes; William, Paulão, Eduardo e Ceará; Rodrigo Dourado, Anselmo, Valdívia, Alex e Gustavo Ferrareis; Vitinho.
Técnico: Celso Roth


Saudações a todos e fiquem à vontade para comentar.