sábado, 18 de fevereiro de 2017

Botafogo visita o Boavista em Saquarema pensando na batalha contra o Olímpia em Assunção




Botafogo briga por vaga na Fase de Grupo da
Libertadores contra o Olímpia na próxima
quarta-feira (Arte da FoxSports)
O Botafogo vai a Saquarema neste domingo para enfrentar o time do Boavista no estádio Elcy Resende de Mendonça, encerrando a sua participação na Taça Guanabara já sem chances de classificação.

Os dois mais bem colocados do Grupo B - Flamengo e Madureira - fazem as semifinais contra os classificados do outro grupo (C) - Fluminense e Vasco.

Por questões óbvias (Libertadores), o Alvinegro utilizou o 1o. turno do competição para dar rodagem aos seus jogadores nesse começo de temporada. Tanto é assim que o técnico Jair Ventura utilizou os titulares apenas uma vez na competição. Foi no jogo de estreia, contra o Madureira, que perdeu por 2 a 0. Nas outras três vezes, mandou a campo um time de reservas, incluindo o clássico contra o Flamengo na semana passada. E será assim também no jogo de hoje apesar da necessidade de acumular pontos para a sequência da competição.

Foi aproveitando as chances dadas no Estadual que o zagueiro Marcelo ganhou a posição de titular e jogou as três partidas pela Liberta. Jogadores como o volante Rodrigo Lindoso (que parecia descartado) e o próprio atacante Roger (que pediu para jogar o clássico contra o Flamengo para ganhar confiança e marcou seu primeiro gol com a camisa alvinegra) também tiveram oportunidades na Liberta após boas atuações nesses jogos.


Arte Blog do Mario Alberto/ GloboEsporte
Sendo assim, os titulares ganharam uma semana inteira para recuperação e repor energias visando o jogo decisivo contra o Olímpia que vale vaga na fase de grupos da Liberta. O Botafogo venceu a primeira batalha no estádio Nilton Santos e vai ao Defensores del Chaco buscar a classificação. Pela vitória por 1 a 0 em casa, sem levar gols, o Glorioso joga com a vantagem do empate.

Conforme a nossa análise da vitória sobre os paraguaios publicada no meio de semana (Clique e veja: Blog do FelipaoBfr: Botafogo bate o Olimpia, abre vantagem e segue treinado para a batalha em Assunção...) dessa vez, a vantagem é um pouco mais confortável do que aquela conseguida sobre o o Colo-Colo pela segunda fase quando levamos um gol do visitante. Além do empate, a situação ficaria mais tranquila caso o Alvinegro carioca marque um ou mais gols na casa do adversário. De qualquer forma, não vai ser fácil voltarmos ao Rio classificados.

Como visto, o time paraguaio não se intimidou mesmo jogando fora de seus domínios. Mostrou força e vendeu caro a derrota diante de um Niltão lotado de alvinegros.

O gol salvador de Pimpão (de bicicleta) saiu quando já eram decorridos 37 minutos do 1o. tempo e não conseguimos ampliar o placar até o fim do jogo, até porque o árbitro preferiu ignorar três pênaltis a nosso favor em faltas claras sobre Roger (2) e Guilherme (que entrou no 2o. tempo) nos tirando essa possibilidade.

Na etapa derradeira, o Olímpia veio pra cima em busca do empate usando a sua melhor característica: a bola trabalhada pelos flancos com o cruzamento alto para seus atacantes, quase sempre, bem postados no meio da área. Nem mesmo a entrada do veterano Roque Santacruz foi o bastante para abalar a firmeza da nossa dupla de zaga formada por Marcelo (o melhor em campo) e Emerson Silva (que se impôs pelo alto).


Infográfico com o rendimento do Botafogo no
1o. turno do Campeonato Carioca - TaçaGB 
(Gazeta Esportiva)
Voltando ao Estadual: estamos fora da disputa e vamos cumprir tabela contra o time do Papai Joel com os reservas, preservando, dessa maneira, a maioria dos titulares para o jogo de meio de semana pela Liberta.

Com quatro partidas jogadas nesse turno, o Glorioso atingiu apenas 33% de rendimento. Ocupa a quarta posição do Grupo B com 4 pontos (1v, 1e, 2d), atrás de Flamengo (1o.) e Madureira (2o.) que somam 12 e 10 pontos respectivamente, e estão classificados para a fase decisiva da TGB. O terceiro colocado é o Nova Iguaçu que já encerrou a sua participação no turno, com 6 pontos e pode ser ultrapassado.

A novidade na formação do time será a presença do zagueiro Joel Carli, que ficou no banco contra o Olímpia e deve fazer a sua primeira partida do ano contra o Boavista. Reintegrado ao grupo e com sede de gol, Sassá deve pintar no banco de reservas depois de muito tempo sem jogar.

Suspenso no torneio continental por ter levado o terceiro cartão amarelo, o lateral Jonas dará vaga a Marcinho que terá, contra o Boavista, a grande chance para confirmar presença no time titular que enfrenta o Olímpia. Por outro lado, com a contusão de Bruno Silva no último último jogo, Matheus Fernandes entrou com personalidade e deu conta do recado. Hoje o garoto terá nova chance de mostrar suas qualidades e garantir uma vaga na delegação que vai à Assunção. Na concorrência direta por uma vaga no avião, aparecem os veteranos Dudu Cearense e Rodrigo Lindoso que não foram relacionados para o primeiro jogo, estão escalados contra o Boavista, e tem chances de serem relacionados para a viagem.

Finalmente, diminuindo a desconfiança generalizada entre os torcedores, o goleiro Helton Leite foi muito bem na quarta-feira, está escalado contra o Boavista e parece ter a preferência de Jair também para o jogo em Assunção, mesmo que Gatito Fernández, com desconforto muscular, seja liberado para treinamento.

Sendo assim, o time provável que enfrenta o Boavista deve formar com Helton Leite; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Matheus Fernandes, Dudu, Lindoso e Leandrinho; Pachu e Joel (Sassá)


FICHA TÉCNICA
BOAVISTA X BOTAFOGO


Local: Estádio Elcyr Resende de Mendonça, em Saquarema (RJ)
Data: 19 de fevereiro de 2017 (Domingo)
Horário: 17h(de Brasília)

Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro (RJ) e Flávio Manoel da Silva (RJ)

BOAVISTA: Felipe, Lucas Rocha, Antônio Carlos e Gustavo; Maicon, William Maranhão, Thiaguinho, Erick Flores e Pedro Botelho; Mosquito e Marcelo Nicácio
Técnico: Joel Santana

BOTAFOGO:
Helton Leite, Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Matheus Fernandes,  Rodrigo Lindoso, Dudu Cearense e Leandrinho; Guilherme e Joel
Técnico: Jair Ventura


Saudações a todos e fiquem à vontade para comentar.