sexta-feira, 21 de abril de 2017

Depois da batalha em Guayaquil, o Botafogo mede forças contra o rival rubro-negro no Estadual





(Canal Premier)
Depois de empatar com o Barcelona de Guayaquil em 1 a 1 na última quinta-feira, na disputa da liderança do Grupo 1 da Copa Libertadores, o Botafogo desembarcou no Rio na manhã de sábado e encara o Flamengo hoje no Maracanã, numa das semifinais do Campeonato Carioca.

Na chegada, os jogadores foram dispensados para descanso e se reapresentaram à tarde no Nilton Santos para um treino fechado comandado por Jair.

Não bastasse a maratona de jogos e viagens das últimas semanas (*), os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil foram definidos pela CBF tendo o início programado para a próxima quarta-feira. O Botafogo recebe o Sport Recife no Estádio Nilton Santos e depois visita o adversário na Ilha do Retiro.

(*) Segundo informações do GE, nos últimos 30 dias, foram oito jogos e trajetos desgastantes pela Libertadores – só para voltar do Equador a viagem teve mais de 10 horas.

Veja o calendário dos os próximos compromissos do Fogão:

23/04 (domingo) - Flamengo x Botafogo - Semifinal do Carioca - Maracanã
26/04 (quarta-feira) - Botafogo x Sport - Copa do Brasil - Estádio Nilton Santos
02/05 (terça-feira) - Botafogo x Barcelona-EQU - Conmebol Libertadores Bridgestone - Estádio Nilton Santos

Isso se não passarmos pelo Flamengo e formos para decisão do Carioca no próximo domingo (30) contra o Fluminense que bateu o Vasco por 3 a 0 ontem no Maraca. A dupla Fla Flu joga com a vantagem do empate nesta fase.


(SporTV)
Na Libertadores, o Botafogo visitou dois de seus adversários de grupo (colombianos e equatorianos) e voltou ao Rio com quatro pontos na bagagem. Três, da excelente vitória sobre o Atlético Nacional de Medellín (2 a 0) na semana passada e mais um do empate (1 a 1) conseguido contra o Barcelona de Guayaquil, na noite da última quinta-feira.


Veja os detalhes da partida em Medellín: Deu onda! Botafogo bate o Campeão da Liberta e a euforia toma conta do torcedor...


Agora, é fazer o dever de casa nos dois próximos jogos e encaminhar a classificação à próxima fase. O primeiro, diante do Barcelona no dia 02/05 e o segundo, contra o Atlético Nacional, em 18/05. Até lá, já teremos estreado no Campeonato Brasileiro contra o Grêmio na Arena, em jogo programado para o dia 14/05. 

Depois de três rodadas na fase atual, o Fogão soma sete pontos e lidera o chamado "Grupo da Morte" com a mesma pontuação dos equatorianos. Perto da classificação para as oitavas de final e com uma sequência de jogos em casa, basta uma vitória para que o time alcance os 10 pontos e facilite ainda mais essa passagem.

Nos jogos fora, o bom desempenho contra os colombianos na semana passada se repetiu na quinta contra o Barcelona reforçando a tese de que o Alvinegro aprendeu a jogar esta competição. Veja o que escrevemos sobre o tema: Pela Libertadores, BOTAFOGO encara o Barcelona na briga direta pela liderança do Grupo 1...


Com a mesma escalação, o mesmo esquema e a mesma disposição do jogo em Medellín, o Botafogo encurralou o adversário e teve um pênalti assinalado a seu favor já no comecinho do jogo. Roger foi aguarrado na área e o árbitro não hesitou em marcar. Camilo, encarregado da cobrança, bateu mal e permitiu a rebatida do goleiro que fez uma segunda defesa no rebote que João Paulo não aproveitou. A perda do pênalti perturbou Camilo que se esforçou muito na partida mas não reeditou a atuação do jogo anterior. Mesmo assim, foram muitas as chances criadas pelos alvinegros. Porém, a maioria delas esbarrou nas defesas do goleiro Banguera em noite de "paredão". Quando não, a trave salvou os equatorianos de uma derrota que parecia iminente, principalmente no primeiro tempo.

Mas, como quem não faz, leva..., o time local abriu o placar com Alemán. O meia tabelou com Álvez, passou por entre os zagueiros, driblou Gatito, e marcou.


(Botafogo Oficial)
Atrás no placar, o técnico Jair Ventura colocou o time mais à frente no segundo tempo sacando Lindoso e Roger para as entradas de Guilherme e Sassá. Parecia que não ia dar tempo mas o empate veio no final coroando o esforço alvinegro. Em novo pênalti assinalado pelo árbitro - o zagueiro cortou um cruzamento com a mão dentro da área -, Sassá cobrou com estilo, venceu o goleiro e foi sarrar no ar diante da torcida. Este foi o sexto gol do artilheiro na temporada e o primeiro dele na Copa Libertadores, competição da qual ficou ausente das fases preliminares. Para a maioria dos torcedores, o jogador já está merecendo uma vaga no time titular. É esperar e ver.

Após o treino-apronto de sábado, Jair Ventura não revelou a escalação. Porém, garantiu força máxima para o clássico. Além do desgaste natural da partida disputada na quinta-feira à noite e da longa viagem de retorno ao Rio (14h), havia a possibilidade de se preservar o time titular para o confronto contra o Sport pela Copa do Brasil. Este confronto está marcado para a próxima quarta-feira e é muito mais importante do que o jogo pelo Estadual, apesar do clássico contra o rival valer vaga na final do Carioca. Mas Jair não pensa assim e tem o time na mão.

Com exceção de Marcelo e Bruno Silva expulsos no jogo contra o Vasco, de Emerson Santos que não está inscrito no campeonato e Airton que voltou a treinar mas será preservado para o próximo compromisso, veremos o time titular brigando por vaga na final. Podem pintar em campo: Gatito Fernandez; Fernandes, Carli, Emerson Silva e Victor Luis; Lindoso, Matheus Fernandes (Dudu Cearense) João Paulo e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger (Sassá). 


FLAMENGO X BOTAFOGO (Fonte: Globo Esporte)


Prováveis escalações de Flamengo e Botafogo têm três volantes de cada lado (Foto: Arte Esporte)


Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Data e horário: domingo, às 16h (horário de Brasília)

Escalação provável (Flamengo): Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz, Trauco; Márcio Araújo, William Arão, Romulo; Gabriel (Renê), Everton e Guerrero.

Escalação provável (Botafogo): Gatito Fernández, Fernandes, Carli, Emerson Silva, Victor Luis; Lindoso, Dudu Cearense, João Paulo, Camilo; Pimpão e Roger (Sassá).

Desfalques (Flamengo): Conca em estágio final de recuperação de cirurgia no joelho esquerdo. Diego em início de tratamento de artroscopia no joelho direito. Recuperado de cirurgia, Thiago Santos está entregue à preparação física.

Desfalques (Botafogo): Gustavo Bochecha, Jonas, Marcinho e Leandrinho estão no departamento médico. Jefferson, Luis Ricardo e Montillo estão em transição, enquanto Airton, já recuperado, só volta na quarta-feira. Bruno Silva e Marcelo estão suspensos, e Emerson Santos não está inscrito.

Arbitragem: Leonardo Garcia Cavaleiro apita, com os auxiliares Luiz Claudio Regazone e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha



Saudações a todos e fiquem à vontade para comentar.


Por @FelipaoBfr/Botafogodeprimeira.com