domingo, 25 de junho de 2017

Não podemos dar mole, precisamos desses três pontos contra o Avaí





Pra cima, Fogo! Fortes e unidos pela afirmação no G4 do 
Campeonato Brasileiro! #VamosGanharFogo 
Depois de uma vitória contundente por 3 a 1 sobre o Vasco na última quarta-feira, o Botafogo passou o fim de semana inteiro treinando para o jogo contra o Avaí nesta segunda (20h), no Nilton Santos.

O jogo fecha a 10a. rodada do Campeonato Brasileiro e a novidade fica por conta da presença do lateral Luis Ricardo que foi relacionado depois de quase 10 meses afastado dos gramados por lesão.

Em entrevista após o treinamento de sábado, o zagueiro Igor Rabello, um dos destaques do time no Brasileirão, resumiu o sentimento do grupo para este confronto: - Não podemos dar mole, precisamos desses três pontos.

O Botafogo vem duas vitórias seguidas (uma fora, contra a Chape por 2 a 0 e outra no clássico contra o Vasco por 3 a 1) interrompendo uma sequência de quatro jogos sem vencer na competição. A retomada do caminho das vitórias deixou o ambiente em General Severiano mais leve já que o time saiu da parte baixa da tabela (12o. colocado) e ocupa agora a sétima posição com um jogo a menos. Se vencer hoje, chega a terceiro.

A dupla de ataque, Roger e Pimpão, que vinha sendo muito questionada na fase sem vitórias, desencantou contra a Chape com um gol cada. No clássico contra os cruzmaltinos, Roger voltou a marcar, duas vezes, e Victor Luis deixou o dele com um tirambaço que Martin Silva está procurando a bola até agora.


Roger abriu o placar de cabeça e fez mais um num chute
certeiro de dentro da área  na vitória de 3 a 1 sobre o Vasco
 no Nilton Santos (Canal FoxSports)
A façanha foi conseguida três dias após o excelente resultado em Chapecó (a primeira vitória do time fora de casa) compensando o empate frustrante diante do Vitória (2 a 2) em Salvador quando o time vencia por 2 a 0 no primeiro tempo (dois gols de Bruno Silva) e deixou escapar os três pontos que pareciam certos.

Com a terceira vitória em casa, o Botafogo, que estava na sétima posição com 12 pontos, somou 15 e ocupa agora a mesma posição com um jogo a menos. O aproveitamento que era de 50% passou para 55%, com quatro vitórias (três em casa e uma fora), dois empates (um fora e outro em casa) e duas derrotas fora.

O rendimento do nosso ataque que era muito baixo em relação aos dez primeiros colocados (5 gols, saldo de -2) agora se aproxima da média com 12 gols e saldo de 4. A esperança é que mantenha a performance hoje contra o Avaí e melhore esses números.


Tabela atualizada com a abertura da 10a. rodada do Brasileiro.
O Botafogo ocupa a 7a. posição com 15 pontos e um jogo 
a menos. (Arte: SporTV)
Clique e veja a tabela completa com todas as rodadas até o fim do Brasileirão: TABELA DO BRASILEIRÃO 2017 (JOGOS DO BOTAFOGO)


Classificados para a próxima fase da Libertadores e da Copa do Brasil quando enfrenta o Atlético-MG no dia 29, o Botafogo segue a maratona de jogos, quartas e domingos e segunda, pelo Brasileirão. Nesta semana teve um refresco nas viagens ao jogar em casa contra o Vasco na quarta-feira e hoje, novamente, contra o Avaí - lanterna da competição.


Veja:

04/06 CAMPEONATO BRASILEIRO (11:00)
FLA  0×0  BOT

07/06 CAMPEONATO BRASILEIRO (21:00)
SAN  1×0  BOT

11/06 CAMPEONATO BRASILEIRO (11:00)
BOT  2×2  CFC

14/06 CAMPEONATO BRASILEIRO (19:30)
VIT  2×2  BOT

18/06 CAMPEONATO BRASILEIRO (16:00)
CHA  0×2 BOT

21/06 CAMPEONATO BRASILEIRO (21:00)
BOT  3×1  VAS

26/06 CAMPEONATO BRASILEIRO (20:00)
BOT  ×  AVA

29/06 COPA DO BRASIL (19:30)
CAM  ×  BOT


Contra o Vasco, dizíamos no nosso post de pré-jogo (veja: Depois de bater a Chape em grande estilo e com Jefferson relacionado para o jogo, Botafogo encara o Vasco de olho no G-4... ) que íamos precisar de atenção dobrada, empenho e personalidade para nos impor diante do adversário, vencer e chegar ao G-4 e foi isso que aconteceu. O Botafogo jogou com tranquilidade, deu a posse de bola para o rival e assegurou a vitória como quis.


A alegria dos artilheiros do clássico é a mesma do torcedor 
alvinegro hoje? Com mais uma vitória no Niltão, o Glorioso 

não para de subir no Brasileiro! (@CanalPremiere)
O Bota mostrou força e foi cirúrgico contra o rival. Abriu o placar logo no início com Roger (4'/1o.T) escorando de cabeça um lançamento primoroso de Bruno Silva pela direita e moldou o jogo a seu feitio a partir daí. Deu a posse de bola para o adversário e esperou em seu campo as investidas cruzmaltinas. Empolgado com o falso domínio, os comandados de Milton Mendes pressionaram em busca do empate mas esbarraram na muralha defensiva armada por Jair.

Os alvinegros ampliaram no fim da etapa inicial com Victor Luís acertando um chute de rara felicidade em cobrança de falta ensaiada na entrada da área (49'/1o.T) que o goleiro vascaíno não viu onde passou.

No segundo tempo o panorama pouco se alterou. Roger marcou seu segundo gol na partida (15'/2o.T), o terceiro da vitória marcante dos donos da casa. Os cruzmaltinos ainda diminuíram no fim do jogo (39'/2o.T), com Caio Monteiro escorando um cruzamento de Luis Fabiano após o polêmico atacante cometer falta grosseira em Igor Rabello dentro da área, vergonhosamente ignorada por Vuaden, o soprador de apito da partida.

Para o duelo que fecha a décima rodada do Brasileirão nesta segunda-feira, o técnico Jair Ventura contará com a volta de Luis Ricardo no banco de reservas. O lateral fraturou o tornozelo em setembro do ano passado, passou por duas cirurgias e desde então vem lutando para retornar aos gramados. Voltou a treinar com bola há dois meses e participou de um jogo-treino contra a Portuguesa-RJ na última quinta-feira sem problemas e vem pro jogo.

Jefferson, Camilo e Leandrinho, que figuraram no banco no último jogo mas não foram utilizados, devem seguir como opção assim como Guilherme, que esteve fora por quase um mês e mas vem entrando no decorrer das partidas. Já o meia Marcos Vinícius, vem treinando com o grupo, assinou contrato até 2020, foi apresentado pelo clube mas só deve ganhar uma chance na semana que vem.

Sem poder contar com o zagueiro Joel Carli e o meia João Paulo que cumprem suspensão por terem levado o terceiro cartão amarelo, Jair Ventura deve promover as entradas de Marcelo e Montillo em suas vagas. Lindoso e Matheus Fernandes deixaram o jogo sentindo dores musculares e serão monitorados até a hora do jogo para saber se reúnem condições. A tendência é que participem da partida sem problemas. O restante do time deve ser o mesmo que começou o clássico do meio da semana apesar dos compromisso importantíssimo contra o Galo pela Copa do Brasil na quinta-feira.


FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X AVAÍ


Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 26 de junho de 2017 (Segunda-feira)
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Flávio Gomes Barroca (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN)

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Marcelo, Igor Rabello e Víctor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Matheus Fernandes (Dudu Cearense) e Walter Montillo; Rodrigo Pimpão e Roger
Técnico: Jair Ventura

AVAÍ:
Douglas, Leandro Silva, Betão, Gustavo e Capa; Judson, Luan, Pedro Castro e Juan; Rômulo (Joel) e Junior Dutra
Técnico: Claudinei Oliveira


Saudações a todos e fiquem à vontade para comentar.


 Por @FelipaoBfr/Botafogodeprimeira.com