sábado, 19 de agosto de 2017

BOTAFOGO foca no Brasileiro e busca vitória contra a Macaca em Campinas




Domingo tem Brasileirão, tem Botafogo lutando por mais uma 
vitória! #PraCimaFOGO (Botafogo de Futebol e Regatas)
Depois de empatar em 0 a 0 com o Flamengo na última quarta-feira, no Nilton Santos, no jogo de ida pelas semifinais da Copa do Brasil, o Botafogo volta a campo às 16h deste domingo para o confronto contra a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, em Campinas, em jogo válido pela 21a. rodada do Brasileirão.

Se na Copa do Brasil as coisas continuam indefinidas e o empate levou a decisão para o segundo jogo no Maraca, no Brasileirão o time vai trilhando o caminho que lhe é possível na busca do G-6. Digo "caminho possível" porque o time está lutando em três frentes distintas desde o início da temporada - Libertadores, Copa do Brasil e Brasileiro - e, mesmo com um elenco de baixo investimento, segue com chances de êxito em todas elas.

A vitória sobre o Tricolor gaúcho na estreia do returno mostra o acerto de Jair em utilizar um time misto nos jogos que antecedem as partidas decisivas pelos torneios de mata-mata. Um dos segredos desse time alternativo é a manutenção da estrutura tática da equipe e a vontade extra daqueles que buscam uma vaga no time principal. Agora, comandado pelo jovem Leandrinho que marcou o gol da vitória contra o Grêmio, terá, no desafio contra a Macaca no domingo, mais uma chance de confirmar essa tese e o bom momento vivido pelo grupo.


Tabela atualizada após a 20a. rodada. Com a vitória sobre o 
Grêmio, o Botafogo soma 28 pontos, na 8a. posição. 
(Arte: SporTV
O Glorioso voltou a vencer no Brasileiro depois de uma sequência muito ruim nos últimos cinco jogos. Foram três empates fora e duas derrotas em casa, ora interrompida com a vitória magra sobre o Grêmio.

Jogando mais recuado do que de costume, Leandrinho voltou ao time com nova função e fez uma excelente partida flutuando pelo meio como um terceiro volante que chegava de surpresa na área do inimigo.

Com a vitória na estreia do returno contra o Grêmio, o Botafogo chegou aos 28 pontos. Saiu da 11a. posição na segunda parte da tabela e alcançou a 8a., a um ponto do G-6 que dá vaga na Libertadores, nosso grande objetivo na competição.

O aproveitamento subiu de 43,9% para 46%, ainda abaixo do esperado mesmo com o time lutando em três frentes de disputa: Liberta, CdoB e Brasileiro. Foram sete vitórias (cinco em casa e duas fora), sete empates (dois em casa e cinco fora) e seis derrotas (três em casa e três fora) no primeiro turno.



Veja a maratona de jogos programados para esse mês:

02/08 - CAMPEONATO BRASILEIRO (21:45)
BOT 1×2 PAL

06/08 - CAMPEONATO BRASILEIRO (16:00)
CRU 0×0 BOT

10/08 - TAÇA LIBERTADORES (19:15)
BOT 2×0 NAC

13/08 - CAMPEONATO BRASILEIRO (19:00)
BOT 1×0 GRE

16/08 - COPA DO BRASIL (21:45)
BOT 0×0 FLA

20/08 - CAMPEONATO BRASILEIRO (11:00)
PON  ×  BOT

23/08 - COPA DO BRASIL (21:45)
FLA  ×  BOT


Clique e veja a tabela completa com todas as rodadas até o fim do Brasileirão: TABELA DO BRASILEIRÃO 2017 (JOGOS DO BOTAFOGO)


Veja quais eram as nossas expectativas para a partida de ida contra o Flamengo no Niltão: Chegou a hora: confiante, Botafogo encara o Flamengo no jogo de ida pelas semifinais da Copa do Brasil...


Já no clássico de meio de semana contra o Flamengo, o Botafogo respeitou o adversário em demasia. Pareceu que o foco de Jair na preleção antes do jogo carregou demais no item "não levar gols", detalhe que era importante na estratégia da partida, pode nos dar o título na próxima quarta-feira com um novo empate com gols, mas tirou muito do brilho do time diante da nossa torcida que voltou a fazer uma bela festa no Nilton Santos e apoiou a equipe do início ao fim do jogo.

Esperávamos mais do time, ainda mais depois das exibições convincentes diante do Galo mineiro pela mesma CdoB (3 a 0), do Nacional do Uruguai pela Libertadores (2 a 0) e do Grêmio, mesmo com o alternativo na semana passada, pelo Brasileirão (1 a 0).

Faltou emoção. O Botafogo não arriscou em nenhum momento e fez uma das exibições mais sem graça dos últimos tempos. Pior até do que em certas derrotas na temporada. Priorizou a marcação em seu próprio campo e, sem nenhuma inspiração do meio para frente, teve pouquíssimas chances de gol.

Animado com a estreia do técnico Reinaldo Rueda, o rival começou o jogo com mais disposição sem, no entanto, ameaçar o gol defendido por Gatito. O Bota equilibrou o jogo no  meio do primeiro tempo mas, assim como o adversário, criou pouquíssimas oportunidades de gol.


Instante em que o goleiro rubro-negro entra de sola no zagueiro 
Carli do Botafogo em disputa de bola na grande área do 
adversário. Daronco expulsou os dois jogadores.
O empate parecia inevitável diante da inoperância dos ataques dos times e da estratégia adotada por cada um deles. Mesmo assim Daronco pisou na bola por volta dos 34 minutos da etapa complementar. Expulsou Alex Muralha e Joel Carli num lance de disputa por espaço na grande área rubro-negra. O razoável seria advertir o goleiro rubro-negro com cartão amarelo pela ação temerária na disputa de bola e um pedido de desculpas ao zagueiro alvinegro que foi a vítima no lance. Agindo dessa forma, interferiu diretamente no resultado da partida, já que as equipes recuaram mais ainda para segurar o resultado assim como na próxima já que os jogadores são desfalques consideráveis para o segundo jogo decisivo.

Lembro de uma tentativa de voleio de Bruno Silva em cobrança de escanteio no primeiro tempo e de um chute de Matheus Fernandes que raspou o angulo do gol de Muralha. O Flamengo assustou aos 44 minutos na melhor chance deles no primeiro tempo. Rodinei cruzou rasteiro pela direita, Gatito Fernández soltou a bola no pé de Berrío mas se recuperou no momento seguinte.


Qual Alvinegro levará os três pontos do Moisés Lucarelli?
(Canal Premiere)
O segundo tempo foi bem parecido com o primeiro. Começou com os flamenguistas tendo mais posse de bola e o Botafogo bem posicionado na defesa, sem dar brechas para os atacantes rubro-negros. Eles mandaram uma bola no travessão em cobrança de falta de Diego e Matheus Fernandes, novamente arriscou a batida em gol. Dessa vez, rasteira, no canto esquerdo de Muralha que fez boa defesa. No final, com a disposição das duas equipes após as expulsões, o empate era inevitável.

Sem poder contar com Carli (expulso) e Pimpão (levou o terceiro cartão amarelo) na segunda partida contra Flamengo no Maraca, Jair deve confirmar os jogadores no time alternativo que enfrenta a Macaca no Domingo em Campinas.

Na história dos confrontos entre as equipes no Brasileirão, Botafogo e Ponte Preta já se enfrentaram 22 vezes com vantagem para o time carioca. São 11 vitórias para o Alvinegro contra apenas 6 dos Campineiros, e 5 empates. O Glorioso marcou 31 gols enquanto a Macaca, 19.

O Fogão treinou hoje no Nilton Santos antes de viajar para Campinas. Jair não definiu a equipe mas o deve entrar em campo com: Gatito (Jefferson), Arnaldo, Carli, Emerson Silva (Renan Fonseca ou Marcelo) e Gilson; Dudu Cearense, Leandrinho, Marcos Vinícius e Leo Valencia; Rodrigo Pimpão e Brenner.



Saudações a todos e fiquem à vontade para comentar